Skip to main content
Roteirices

Roteirices

By Carlos Alberto Jr.
Podcast de entrevistas do jornalista Carlos Alberto Jr. sobre temas da atualidade.
Where to listen
Apple Podcasts Logo

Apple Podcasts

Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Overcast Logo

Overcast

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

PodBean Logo

PodBean

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

Stitcher Logo

Stitcher

Currently playing episode

118 - "Apesar de vocês", com James Green

Roteirices

118 - "Apesar de vocês", com James Green

Roteirices

118 - "Apesar de vocês", com James Green

Roteirices

Loading…
1x
197 - A geopolítica da OTAN, com Muniz Ferreira
Desde o início da invasão da Ucrânia pela Rússia, temos testemunhado o surgimento de especialistas em todos os temas relacionados ao conflito: em Rússia e Ucrânia, claro, em nazismo, batalhão Azov, história da Rússia medieval, marxismo cultural, mercado global de fertilizantes, como o Bolsonaro e o exército brasileiro podem interferir nos destinos dessa guerra, alexander dugin, e até milicianos brasileiros se integrando a grupos de mercenários ucranianos. Mas tem outro nome que todo dia aparece na mídia: é a OTAN, sigla de Organização do Tratado do Atlântico Norte. Mas por que a Otan está no meio dessa confusão. E é sobre a geopolítica da Otan, suas origens e seus reflexos na crise com a Rússia, que Carlos Albert Jr. entrevista Muniz Ferreira, professor de História Contemporânea da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ). Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX celular: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
01:34:29
June 25, 2022
196 – A Justiça que não promove justiça, com Luís Carlos Valois
Luís Carlos Valois é juiz da execução penal no estado do Amazonas. Na semana passada, o Conselho Nacional de Justiça, o CNJ, abriu um processo administrativo disciplinar contra ele alegando falhas de gestão e condutas irregulares. A decisão provocou uma onda de apoio ao juiz. E quem vai contar essa história, mas não apenas ela, é o próprio Luís Carlos Valois, nessa entrevista a Carlos Alberto Jr. Afinal, quem ainda acredita que a Justiça promove justiça? Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX celular: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
01:13:03
June 18, 2022
195 – Rol taxativo, ou a morte como negócio, com Andréa Werner
Na semana passada, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que os planos de saúde têm a obrigação de cobrir apenas os procedimentos incluídos numa lista definida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS, que recebeu o nome de rol taxativo. Ou seja, qualquer coisa que o usuário precisar e não estiver nessa lista, os planos de saúde não são mais obrigados a ressarcir ou autorizar o atendimento. Na prática, foi uma retirada de direitos dos pacientes, e muita gente passará a ter um gasto extra para garantir os mesmos serviços já previstos no plano. Essa decisão também trouxe uma série de questionamentos, e aqui eu faço algumas delas: por que a ANS, uma agência que, em tese, deveria lutar pelos direitos do consumidor, faz uma lista que beneficia apenas os planos de saúde? E por que o Judiciário decide a favor das empresas? Para falar sobre o assunto, Carlos Alberto Jr. entrevista a jornalista, ativista Andréa Werner, fundadora do Instituto Lagarta Vira Pupa, que oferece apoio para famílias de pessoas com deficiência. Perfil de Andréa Werner no Twitter: https://twitter.com/andreawerner_?s=20&t=S2uJsYoc8sq10nZRK8t0BQ Link para textos da Andréa Werner: https://linktr.ee/andreawerner Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX celular: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
42:48
June 13, 2022
194 – Bolsonarismo, o gozo pela morte e a estética do nazismo à brasileira, com Michel Gherman e Adilson Paes de Souza
Provavelmente você já escutou a expressão "o problema é o guarda da esquina”. Essa frase é atribuída ao Pedro Aleixo, que foi vice-presidente do ditador Arthur da Costa e Silva, e teria sido dita por ele numa tentativa de amenizar suas supostas resistências ao ato institucional número 5, o famoso AI-5, que deu início ao período mais brutal da ditadura brasileira.  O problema, para Pedro Aleixo, não era a decisão do ditador, mas o que faria o guarda da esquina, legitimado por uma decisão que basicamente suspendia os direitos individuais de todos os brasileiros. Pois foi mais ou menos isso o que aconteceu há algumas semanas, quando assistimos, entre estarrecidos e paralisados, à tortura e ao assassinato de Genivaldo de Jesus Santos por agentes da polícia rodoviária federal.  Parado por dirigir sua moto sem capacete, Genivaldo foi agredido, algemado, colocado na traseira de um carro da polícia, e asfixiado com gás. As imagens feitas por telefones celulares de dezenas de pessoas que acompanharam a cena mostraram as duas pernas de Genivaldo se batendo para o lado de fora da viatura, enquanto um dos policiais segurava a porta para impedir que ela se abrisse. Pois bem, esses agentes da polícia rodoviária federal são os guardas da esquina.  Mas não os guardas criados pela imaginação do Pedro Aleixo. Esses são os guardas da esquina na ponta de uma cadeia de comando, legitimados por um discurso de ódio, pela incitação à violência e por uma espécie de gozo pela morte, tão presentes e constantes nos discursos oficiais dos militares que governam o país há quase quatro anos. Mas não é só isso. Dizer que Genivaldo foi asfixiado com gás é pouco.  É impossível não associar aquela imagem que correu o mundo às câmaras de gás em que os nazistas executaram judeus, ciganos, homossexuais e quem mais eles consideravam inferiores. E não bastasse isso, dias depois da execução de Genivaldo, o presidente da República, além de declarar apoio aos policiais, exibe-se em público pilotando uma moto sem capacete, a mesma infração que levou ao extermínio de Genivaldo. Para falar sobre o que tudo isso representa hoje no Brasil, Carlos Alberto Jr. entrevista o historiador Michel Gherman e Adilson Paes de Souza, tenente-coronel aposentado da Polícia Militar de São Paulo e pesquisador da violência policial. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX celular: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
01:39:46
June 09, 2022
193 – Mapa dos conflitos, com Thiago Domenici
Nos últimos dez anos, mais de 100 mil famílias que vivem na região da Amazônia Legal tiveram suas vidas afetadas por algum tipo de conflito, seja relacionado ao garimpo ilegal, grilagem de terra, agronegócio e ou genocídio indígena. São cerca de 580 municípios afetados, com mais de sete mil ocorrências de conflitos, mais de duas mil vítimas e mais de 300 assassinatos. Esses números que eu acabei de citar fazem parte do Mapa dos Conflitos, uma plataforma criada a partir de um parceria entre a Agência Pública e a Comissão Pastoral da Terra. Quem vai falar sobre esse projeto é o Thiago Domenici, diretor e editor da Agência Pública, em entrevista a Carlos Alberto Jr. Link para o MAPA DOS CONFLITOS: https://mapadosconflitos.apublica.org/index.php Link para o fio escrito pelo Thiago Domenici no Twitter: https://twitter.com/thiago_domenici/status/1519364917832396800?s=20&t=sMaKV_pre7TbjCVdmNSwKA Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX celular: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
58:11
June 04, 2022
192 – Os bastidores de “Em busca de Anselmo – parte 5”, com Ferdinando Casagrande, Ñasaindy Barrett de Araújo, Fernando Bittencourt, Camilo Cavalcanti e Carlos Alberto Jr.
Essa é versão em podcast do quinto e último Spaces no Twitter sobre os bastidores da série "Em busca de Anselmo", disponível no canal a cabo HBO e na plataforma HBO Max. A série documental de cinco episódios conta a história de José Anselmo Santos, o ex-marinheiro que se tornou agente infiltrado da ditadura. Se você ainda não assistiu aos episódios e nem escutou os Spaces anteriores, eu sugiro que você pare agora, e faça isso antes de continuar aqui. Para esse último bate-papo, convidamos a Ñasaindy Barrett de Araújo, filha da Soledad e do José Maria. Também participam da conversa mediada pelo jornalista e escritor Ferdinando Casagrande com o produtor Camilo Cavalcanti, o montador Fernando Bittencourt e comigo, Carlos Alberto Jr., diretor e roteirista da série, a Maria José Willunsen, que foi amiga e sócia do Edgard de Aquino Duarte. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
01:33:36
May 24, 2022
191 – Os bastidores de “Em busca de Anselmo – parte 4”, com Ferdinando Casagrande, Fernando Bittencourt, Camilo Cavalcanti e Carlos Alberto Jr.
Essa é versão em podcast do quarto Spaces no Twitter sobre os bastidores da série "Em busca de Anselmo", disponível no canal a cabo HBO e na plataforma HBO Max. A série documental de cinco episódios conta a história de José Anselmo Santos, o ex-marinheiro que se tornou agente infiltrado da ditadura. Se você ainda não assistiu aos episódios e nem escutou os Spaces anteriores, eu sugiro que você pare agora, e faça isso antes de continuar a ouvir. Mas se você já assistiu aos quatro primeiros episódios, acompanhe a entrevista do jornalista e escritor Ferdinando Casagrande com o montador Fernando Bittecourt, o produtor Camilo Cavalcanti e comigo, Carlos Alberto Jr., diretor e roteirista da série. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
01:14:45
May 22, 2022
190 - "Operação banqueiro", com Rubens Valente
Em 2014 o jornalista Rubens Valente publicou o livro “Operação banqueiro", em que ele narra os bastidores de uma investigação da polícia federal sobre desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. As apurações levaram à prisão temporária do banqueiro Daniel Dantas, um dos investigados pela polícia federal, mas que foi colocado em liberdade por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, que atendeu ao pedido de habeas corpus feito pelo advogado do banqueiro. O que seria uma grande reportagem do Rubens Valente, acabou por se tornar um tormento. Incomodado com as referências no livro, Gilmar Mendes processou o jornalista. Rubens foi inocentado em primeira instância, mas o ministro do STF recorreu e a decisão foi revertida e mantida nos tribunais superiores. Com isso, o Rubens foi condenado a pagar multa que hoje ultrapassa os R$ 300 mil. Nessa entrevista a Carlos Alberto Jr., Rubens conta os detalhes dessa história. Chave PIX para apoiar o jornalista Rubens Valente: 52802744100 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 61994510183 Contato: roteirices@gmail.com
01:33:05
May 20, 2022
189 – As conexões “cibernéticas” do Exército com empresa de software israelense, com Paulo Motoryn
Não é surpresa para ninguém que a alta cúpula militar brasileira está muito preocupada com as próximas eleições. São declarações diárias, num revezamento entre os comandantes das três forças, colocando em dúvida o processo eleitoral, criando suspeitas sobre a segurança das urnas e mobilizando radicais da base de apoio do governo militar que hoje controla o país. Entre as ações, digamos assim, mais curiosas dos militares para atacar a democracia brasileira, por meio do seu porta-voz mais famoso e barulhento, o presidente da República Jair Bolsonaro, estão a exigência de contagem manual de todos os votos, e a contratação de uma auditoria privada para validar o resultado das eleições. Mas, afinal, o que querem os militares com essa confusão toda? Alterar o resultado das urnas, ou garantir que o resultado as urnas seja o que eles querem? Essa informação não está disponível, mas pode-se com segurança que, se há uma coisa que não é atribuição dos militares, é questionar o processo eleitoral. E isso nos leva a uma reportagem muito interessante que foi publicada no último dia 6 de maio no portal Brasil de Fato. Nela, o repórter Paulo Motoryn mostra como um general brasileiro que costuma questionar as eleições, fechou uma parceria com a empresa de tecnologia israelense Cysource, em que trabalha um outro militar que já foi chefe da área de tecnologia da informação do Palácio do Planalto. Não bastasse isso, um dos fundadores dessa empresa Cysource é um ex-funcionário de outra empresa israelense, a NSO, por coincidência, a fabricante do software espião pegasus, que o governo brasileiro está muito interessado em adquirir. Quem conta essa história a Carlos Alberto Jr. é Paulo Motoryn. Paulo Motoryn no twitter: @opaulomm O general que questiona eleições contratou empresa israelense de ex-chefe de TI de Bolsonaro: https://www.brasildefato.com.br/2022/05/06/general-que-questiona-eleicoes-contratou-empresa-israelense-de-ex-chefe-de-ti-de-bolsonaro Site Come Ananás: Empresa contratada pelo Exército foi fundada por ex-NSO Group, do spyware Pegasus: https://comeananas.news/empresa-contratada-pelo-exercito-foi-fundada-por-ex-nso-group-do-spyware-pegasus/ Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
55:04
May 16, 2022
188 – Os bastidores de “Em busca de Anselmo – parte 3”, com Ferdinando Casagrande, Camilo Cavalcanti e Carlos Alberto Jr.
Essa é versão em podcast do terceiro Spaces no Twitter sobre os bastidores da série "Em busca de Anselmo", em exibição na HBO. A série documental de cinco episódios conta a história de José Anselmo Santos, o ex-marinheiro que se tornou agente infiltrado da ditadura. Se você ainda não assistiu aos episódios e nem escutou os dois Spaces anteriores, é recomendável que você pare agora e faça isso antes de continuar a ouvir. Mas se você já assistiu aos três primeiros episódios, acompanhe a entrevista do jornalista e escritor Ferdinando Casagrande com o produtor Camilo Cavalcanti e com o diretor e roteirista Carlos Alberto Jr. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
51:37
May 10, 2022
187 – Lobby, mineração e militares, com Caio de Freitas Paes
No que você pensa quando escuta a palavra lobby? E quando a palavra lobby vem junto da palavra mineração? E quando as palavras lobby e mineração estão juntas da palavra militares, e, ainda por cima, na mesma frase? Pois foi por causa da proximidade entre essas palavras que Carlos Alberto Jr. entrevistou o jornalista Caio de Freitas Paes sobre reportagens que ele escreveu para a Agência Pública, sobre o lobby de um militar da reserva junto ao governo federal, que é comandado basicamente por militares, para favorecer mineradoras canadenses na Amazônia. “Como o lobby de um militar da reserva favoreceu mineradoras canadenses na Amazônia": https://apublica.org/2022/02/como-o-lobby-de-um-militar-da-reserva-favoreceu-mineradoras-canadenses-na-amazonia/ “Petrobras ignora suspeitas e vende refinaria a grupo por trás de Belo Sun”: https://apublica.org/2022/02/petrobras-ignora-suspeitas-e-vende-refinaria-a-banco-canadense-que-opera-a-mineradora-belo-sun/ Link para o portfolio de Caio de Freitas Paes: https://campsite.bio/cfpaes Perfil Caio de Freitas Paes no Twitter: https://twitter.com/cfpaes?s=20&t=4MGwODDeQ4Ix5GqmvU4ZNw Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
01:15:47
May 05, 2022
186 – Banido pelo Twitter, com André Serret
Você conhece alguém que já teve a conta no Twitter suspensa, ou banida? Para sempre? Talvez tenha acontecido com você, não sei. Você publicou alguma coisa que considerou normal e, de repente, recebe um e-mail do Twitter dizendo que você violou as regras e, por isso, está fora. Só que o Twitter não diz qual tuíte motivou o banimento, e nem quem fez a denúncia. Você recorrer, e o Twitter disse que não há o que fazer. Enquanto isso, personalidades e políticos publicam barbaridades e nada acontece. E aí, você, uma pessoa anônima como eu, começa a se questionar: afinal, o Twitter tem o direito de fazer isso? Ele alega que é uma empresa privada, com suas próprias regras. Sim, é uma empresa privada, mas que opera num espaço público. Seria o caso de uma regulamentação? Pois é sobre isso que Carlos Alberto Jr. conversa com o André Serret, um usuário anônimo do Twitter, como eu e você, que teve a conta banida. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
32:15
May 01, 2022
185 – Os bastidores de “Em busca de Anselmo – parte 2”, com Ferdinando Casagrande, Isabela Mota, Camilo Cavalcanti e Carlos Alberto Jr.
Essa é versão em podcast do segundo Spaces no Twitter sobre os bastidores da série "Em busca de Anselmo", em exibição na HBO. A série documental de cinco episódios conta a história de José Anselmo Santos, o ex-marinheiro que se tornou agente infiltrado da ditadura. Se você ainda não assistiu aos episódios e nem escutou o Spaces anterior, sugiro que faça isso antes de continuar aqui. Mas se você já fez o dever de casa, acompanhe a entrevista do jornalista e escritor Ferdinando Casagrande com o produtor Camilo Cavalcanti, a pesquisadora Isabela Mota, e o diretor e roteirista da série, Carlos Alberto Jr. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
01:15:44
April 27, 2022
184 – Os bastidores de “Em busca de Anselmo” - parte 1, com Ferdinando Casagrande, Camilo Cavalcanti e Carlos Alberto Jr.
Talvez você ainda não saiba, mas eu dirigi uma série documental sobre o cabo Anselmo para a HBO. São cinco episódios de uma hora, e o primeiro deles foi exibido na terça-feira, dia 12 de abril, às oito da noite, no canal a cabo. No dia seguinte, quarta-feira, o episódio fica disponível na plataforma HBO Max Brasil. Isso vai se repetir ao longo das cinco semanas em que a série está sendo transmitida. E toda quarta-feira, um dia depois da exibição, também às oito da noite, está acontecendo um Spaces no Twitter em que eu, Carlos Alberto Jr. e o Camilo Cavalcanti, da Clariô Filmes, Camilo é o produtor da série, o cara que fez o projeto acontecer, somos entrevistados sobre os bastidores de cada capítulo pelo jornalista e escritor Ferdinando Casagrande. Então esse episódio que você está ouvindo agora é o nosso bate-papo sobre o primeiro capítulo da série Em busca de Anselmo. Anselmo, que morreu no mês passado, aos 80 anos, foi um dos líderes da revolta dos marinheiros, em 1964, apontado como uma possível liderança de esquerda no país, mas que acabou se tornando um traidor e agente infiltrado da ditadura. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX CPF: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
57:22
April 16, 2022
183 - Política econômica nos anos de chumbo, com Pedro Campos e Rafael Brandão
Quantas vezes você já não ouviu frases do tipo: “bom era no tempo da ditadura”, “naquela época não tinha desemprego”, “o Brasil nunca cresceu tanto como na ditadura”, “o povo foi às ruas pedir a intervenção militar", e “na ditadura não tinha corrupção". Bom, nada disso é verdade. Para começar: ditadura não é bom, naquela época havia, sim, desemprego, uma pequena parcela da população foi às ruas pedir intervenção, mas a mídia nunca diz que o governo João Goulart tinha 70 % de aprovação popular às vésperas do golpe. O Brasil, sim, cresceu bastante, mas não distribuiu riqueza. A desigualdade social aumentou, os investimentos em saúde e educação diminuíram, e os militares deixaram o poder, em 1985, com a economia quebrada. A média de inflação anual entre 1964 e 1985 foi de 69,89%, com um pico de 235% no último ano do governo do ditador João Baptista Figueiredo. E, para fechar: mas é claro que havia corrupção. E não era pouco. Mas antes que você se confunda e ache essas informações referem-se ao atual governo, é preciso esclarecer que tudo o que foi mencionado refere-se aos 21 anos da ditadura militar, encerrada em 1985. Para desmontar todas essas lendas urbanas referentes a uma suposta excelência dos militares em tudo o que eles se metem, Carlos Alberto Jr. entrevista os historiadores Pedro Campos e Rafael Brandão, organizadores, ao lado de Mônica Martins, do livro “Política econômica nos anos de chumbo". Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código PIX para apoiar o Roteirices: 00719008700 Contato: roteirices@gmail.com
01:49:06
April 14, 2022
182 – Em busca de Anselmo
Esse episódio do Roteirices não é um episódio. É um convite para assistir a série documental que Carlos Alberto Jr. fez para a HBO sobre o cabo Anselmo. A série “Em busca de Anselmo” estreia amanhã, 12 de abril de 2022, às 20h, na HBO e na HBO max. São cinco episódios de uma hora. Depois da estreia, cada episódio entra na grade do canal e será reprisado em diversos horários. Link matéria UOL: https://noticias.uol.com.br/colunas/mauricio-stycer/2022/04/11/cabo-anselmo-maior-traidor-da-esquerda-brasileira-e-tema-de-serie-da-hbo.htm Link HBO: https://www.hbobrasil.com/br/series/detail/em-busca-de-anselmo--parte-01/14680/TTL718547 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
04:01
April 11, 2022
181 - Pânico institucional, com Lenio Streck
Quantas vezes você já não ouviu, diante de mais uma situação absurda, surreal, distópica, seja lá o adjetivo escolhido, a frase, geralmente dita em tom de ironia ou cinismo: “Mas o importante é que as instituições estão funcionando normalmente”? Afinal, as instituições estão funcionando normalmente? Carlos Alberto Jr. entrevista o jurista Lenio Streck, que essa semana escreveu um artigo intitulado “O Brasil em pânico institucional - dizer que as instituições funcionam pode ser apenas ficção da realidade.” Link para o artigo “O Brasil em pânico institucional”: https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2022/04/o-brasil-em-panico-institucional.shtml Link para o artigo “Ives Gandra está errado: o artigo 142 não permite intervenção militar": https://www.conjur.com.br/2020-mai-21/senso-incomum-ives-gandra-errado-artigo-142-nao-permite-intervencao-militar Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
48:43
April 08, 2022
180 - “O bolsonarismo como fascismo do século 21", com Demian Melo
Quantas vezes você já não ouviu, desde a campanha de 2018, alguém usar a palavra fascismo como sinônimo de extrema-direita, nazista, conservador e, claro, bolsonarista? Esse então é um clássico. Acusar alguém de fascista tornou-se a ofensa mais comum nos últimos anos. Muitas vezes, no entanto, a palavra fascista é usada fora de contexto. Daí surge a questão: Bolsonaro é fascista? E o governo Bolsonaro, é fascista? Estamos num regime fascista? Para falar sobre isso, Carlos Alberto Jr. Entrevista  o historiador Demian Melo, tendo como gancho um texto que ele escreveu chamado “O bolsonarismo como fascismo do século 21". Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
02:07:45
April 02, 2022
179 - Duplo Expresso na guerra híbrida - parte 3, com Romulus Maya e Piero Leirner
Na última parte da trilogia sobre o Duplo Expresso na guerra híbrida, Carlos Alberto Jr. conversa com Romulus Maya e Piero Leirner sobre, claro, guerra híbrida, o interesse dos militares nas eleições, nas urnas eletrônicas e sobre o áudio de uma conversa que o então candidato Jair Bolsonaro teria mantido com empresários durante a campanha. Essa gravação, que teria o potencial de cassar a chapa Bolsonaro/Mourão, e circulou por redações de jornal e comitês de campanha, e que muita gente achou que seria a bala de prata que garantiria a eleição de Fernando Haddad, no entanto, nunca apareceu. Playlist Duplo Expresso na guerra híbrida: https://open.spotify.com/playlist/4rRApAzhXsZXLsylItyZrA?si=DuzZbSRBQESWjfW-ZFNKww Site Duplo Expresso: https://duploexpresso.com Twitter Duplo Expresso: https://twitter.com/duploexpresso?s=20&t=-Ic8ysvldnXVCsZHdIeiIA Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
02:22:06
March 24, 2022
178 – Brasil Paralelo X Brasil para Lerdos, com Brasil para Lerdos
A produtora Brasil paralelo, que em poucos anos se tornou uma máquina produzir conteúdos que pesquisadores, historiadores, antropólogos e sociólogos consideram negacionista e revisionista, fechou recentemente parcerias com o estúdio Sony Pictures e com ONG G10 favelas. Por esse acordo, o conteúdo da Brasil Paralelo, reforçado pelo catálogo de filmes da Sony, será distribuído em mais de 300 favelas no Brasil. Desde o começo do ano, todas essas movimentações da Brasil Paralelo começaram a ser monitoradas e expostas por um perfil no Twitter chamado Brasil para Lerdos. Apesar de seus criadores permanecerem anônimos por questões de seguraça, em poucos meses a @brasilparalerdos alcançou mais de 20 mil seguidores. Nesse episódio do Roteirices, Carlos Alberto Jr. conversa com um dos responsáveis pela Brasil para Lerdos. Link para a Brasil para Lerdos no Twitter: https://twitter.com/brparalerdo?s=20&t=b3bG0x2o8gc_efBTpQOrmg Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:31:36
March 14, 2022
177 - Duplo Expresso na guerra híbrida - parte 2, com Romulus Maya e Piero Leirner
Nessa segunda parte da entrevista de Carlos Alberto Jr. com Romulus Maya e Piero Leirner falamos sobre eleições, impressão do voto, operações psicológicas, Centro de Cibernética do Exército, guerra híbrida e Rússia. Se você não escutou a entrevista anterior, vale ouvir. Link para o episódio anterior: https://open.spotify.com/episode/1z46hsKyWmaRjeAMpCBgFR?si=cf984d0c76e84d13 Link para episódio do Duplo Expresso sobre o caso Banestado: 🔥#BANESTADOleaks: a verdade (finalmente!) revelada! – D.E.5/jul/2020 Link para episódio do Duplo Expresso sobre o caso de fake news envolvendo o Duplo Expresso/Romulus Maya: https://duploexpresso.com/?p=101640 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
02:25:11
March 06, 2022
176 - Duplo Expresso na guerra híbrida - parte 1, com Romulus Maya e Piero Leirner
Se você é uma das poucas pessoas que nunca ouviu falar em Romulus Maya, essa é a sua chance de saber tudo sobre ele e o Duplo Expresso, o blog e canal no Youtube em que o Romulus, um advogado brasileiro autoexilado na Suíça, faz críticas, análises e provocações sobre a cena política brasileira e internacional. Entre os participantes fixos do Duplo Expresso está o antropólogo Piero Leirner, entrevistado aqui no Roteirices há algumas semanas, e que estuda assuntos como militares e guerra híbrida há mais de 20 anos. A conversa de Carlos Alberto Jr. com Romulus e Piero será dividida em pelo menos duas partes. Nessa primeira entrevista, falamos sobre guerra híbrida, militares, eleições e o escândalo do Banestado, das remessas irregulares de dinheiros para o estrangeiro. Link para a entrevista de Celso Três ao Duplo Expresso: https://youtu.be/Q24vZR3i6XE Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:53:43
February 24, 2022
175 - Laudêmio, enfiteuse e o metaverso da "família imperial brasileira”, com Sergio Tuthill Stanicia
A mais recente tragédia em Petrópolis trouxe para a pauta a figura do laudêmio, um termo jurídico que quase ninguém ouviu falar e que provoca uma enorme confusão, principalmente porque entre seus beneficiários está a autointitulada "família imperial brasileira”, apesar de a monarquia ter acabado em 1889. Junto com o laudêmio tem um outro termo também estranho para quase todo mundo: a enfiteuse. Apesar de o deputado federal Marcelo Freixo, do PSB do Rio de Janeir, ter feito um projeto de lei para transferir o laudêmio da “família imperial brasileira” para a prefeitura de Petrópolis, parece que a iniciativa já nasce errada, porque tanto o laudêmio como a enfiteuse não são taxas e nem impostos. Para explicar esse assunto e o absurdo de termos algo como isso nos dias de hoje, Carlos Alberto Jr. entrevista o advogado Sergio Tuthill Stanicia. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o podcast Roteirices: https://open.spotify.com/show/18ZOTUBCj6mE0AyUgDZcjH?si=f358843880b44829 Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
39:24
February 22, 2022
174 - Guerra de 4ª geração, o caso brasileiro, com Heraldo Makrakis
É melhor investir num porta-aviões, ou montar um grupo de hackers que faz desaparecer bancos de dados de um determinado governo, levando o caos à vida das pessoas em meio a uma pandemia? É mais interessante ter um submarino nuclear, ou criar grupos em aplicativos de troca de mensagens para espalhar mentiras, notícias falsas, desinformação e discursos de ódio? É melhor estreitar relações com um país vizinho, ou acusá-lo de ser uma ditadura prestes a nos atacar? Ou, melhor ainda, que tal tudo isso junto, acontecendo simultaneamente, de forma que a gente não tenha tempo de identificar o que é fato, o que é mentira e o que é o famoso balão de ensaio? Pois esse é o cenário ideal para a realização de uma guerra de 4ª geração, aquela que seus executores se utilizam de todos os meios para alcançar seus objetivos. E quanto mais bem conduzida essa guerra, menos a gente vai desconfiar de que está no meio dela. Para entender um pouco mais sobre esse assunto, Carlos Alberto Jr. entrevista Heraldo Makrakis, coronel da reserva do Exército, e Doutor em Ciências Militares. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:33:24
February 19, 2022
173 - Ecos do ORVIL num mundo delirante pós-Olavo de Carvalho, com Lucas Pedretti
Talvez você já tenha escutado a palavra ORVIL e expressões como Doutrina de Segurança Nacional, guerra híbrida, Partido Militar. E, com certeza, já ouviu falar em Olavo de Carvalho. Mas você sabe como tudo isso se relaciona? Para falar sobre o assunto, Carlos Alberto Jr. conversa com o historiador Lucas Pedretti. Delírios de Olavo de Carvalho aprofundam ideias surgidas nos quartéis brasileiros: https://theintercept.com/2022/01/29/olavo-de-carvalho-teorias-militares-esquerda-lucas-pedretti/ Os ecos do ORVIL em 2021, o livro secreto da ditadura: https://apublica.org/2021/08/os-ecos-do-orvil-em-2021-o-livro-secreto-da-ditadura/ Link para o episódio “Censura no Arquivo Nacional?”: https://open.spotify.com/episode/7z9d55Ln2F3Hlj6lv97cFs?si=8b9471ba848142b5 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:46:11
February 14, 2022
172 - “As razões de Olavo de Carvalho”, com Jorge Chaloub
Quase todo mundo sabe quem é, mas a grande maioria só conhece de ouvir falar. Ou de ter lido algum meme nas redes sociais, ou assistido a trechos de vídeos recheados de palavrões. Ou, talvez, alguns se lembrem de que o atual presidente da República tinha um dos livros dele sobre a mesa no primeiro pronunciamento que fez depois de eleito para o cargo. Eu estou falando, claro, de Olavo de Carvalho, falecido recentemente. Nessa primeira de uma série de entrevistas sobre o assunto, Carlos Alberto Jr. conversa com cientistas políticos, historiadores e pesquisadores de extrema-direita sobre as origens de Olavo de Carvalho, como ele conseguiu todo o espaço que teve em jornais e revistas de grande circulação, na TV, como seus livros foram repaginados e lançados por uma grande editora com o objetivo de atender a uma demanda, digamos assim, “conservadora”, com muitas aspas, do público brasileiro. A ideia é investigar também como Olavo se ligou aos militares, e passou a circular entre generais, a fazer palestras nos cursos de formação de oficiais, a editar livros para a editora da Biblioteca do Exército, e a ter seus livros estudados pelos cadetes. Essa primeira conversa é com o cientista político Jorge Chaloub, em cima de um texto que ele escreveu para a Revista Escuta, entitulado “As razões de Olavo de Carvalho". Link para o texto “As razões de Olavo de Carvalho”, de Jorge Chaloub, na Revista Escuta: https://revistaescuta.wordpress.com/2022/01/30/as-razoes-de-olavo-de-carvalho/ Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:50:19
February 10, 2022
171 – Algoritmos do ódio, com Marcelo Soares
Sabe quando você entra no Twitter, no Facebook ou no Instagram, e se depara com aquela publicação racista, homofóbica, fascista e ou bolsonarista, típica de um cidadão de bem raiz? Ou com aquele editorial daqueles jornais que fomentaram e apoiaram todos os golpes de Estado no país? Pois é. Pode admitir: você sente o sangue ferver, não é? Vem aquela sensação de ódio, e você nem pensa. O seu primeiro impulso é compartilhar a postagem, provavelmente acompanhada de um palavrão, na expectativa de que esse seu grito de alerta seja capaz de levar o jornal à falência. Só que toda vez que você faz isso, acontece exatamente o contrário. Principalmente se a sua publicação viralizar, receber milhões de curtidas, for compartilhada pelo Xico Sá ou pelo Franciel Cruz. Ou seja: aquela sua indignação legítima, que resultou num clique e num compartilhamento, serve, na verdade, para fazer aquele jornal ganhar ainda mais dinheiro, mais leitores e, em última instância, provavelmente, fazer um editorial ainda mais radical no dia seguinte. Quanto maior a sua raiva, mais ela se espalha. Então fica a pergunta: o que fazer quando uma publicação fascista aparece na nossa timeline? Não importa o que você fizer, as plataformas, os veículos de comunicação e os fascistas estarão ganhando dinheiro e visibilidade. Para falar sobre o os “algoritmos do ódio”, Carlos Alberto Jr. entrevista Marcelo Soares, jornalista especializado em análise de dados. Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:49:08
February 06, 2022
170 – Guerra híbrida, com Piero Leirner
Você talvez já tenha escutado a expressão guerra híbrida. Mas você sabe o que isso significa? Lembra um pouco filme de espionagem, teoria da conspiração, algumas frases de efeito tipo aquela clássica do estrategista militar chinês Sun Tzu, autor de “A arte da guerra”: “na guerra, prepare-se para a paz; na paz, prepare-se para a guerra”. Ou aquela outra tirada dos manuais de contra-insurgência da CIA: “a guerra híbrida ideal é aquela em que, teoricamente, as pessoas sequer notam que estão no meio de uma guerra”. Mas a realidade é um pouco mais complexa do que isso. E toda vez que tentamos simplificar coisas complexas, costumamos errar. Para falar sobre o tema, Carlos Alberto Jr. entrevista o antropólogo Piero Leirner, autor do livro “O Brasil no espectro de uma guerra híbrida: militares, operações psicológicas e política em uma perspectiva etnográfica". Piero tem se dedicado ao estudo desse tema há quase duas décadas, e conseguiu identificar, no momento que vivemos hoje no Brasil, exemplos muito precisos de como esses conceitos estão sendo aplicados de uma maneira muito lesiva ao país. Link para o livro “O Brasil no espectro de uma guerra híbrida": https://www.amazon.com.br/Brasil-Espectro-uma-Guerra-H%C3%ADbrida/dp/6586081025/ref=asc_df_6586081025/?tag=googleshopp00-20&linkCode=df0&hvadid=379708289001&hvpos=&hvnetw=g&hvrand=2186636900058021479&hvpone=&hvptwo=&hvqmt=&hvdev=c&hvdvcmdl=&hvlocint=&hvlocphy=1001541&hvtargid=pla-933629137886&psc=1 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:33:34
February 03, 2022
169 – O motoqueiro esterilizado, com Cláudio Deiró
Cláudio Deiró é um homem que não existe mais. Ele agora é o motoqueiro esterilizado, um Cláudio transmutado pela tragédia da pandemia de covid-19, enfurecido pelo genocídio implementado com requintes de crueldade por um desgoverno que nada tem a ensinar além do ódio, da divisão e do descaso com os invisíveis. Nessa entrevista a Carlos Alberto Jr., Cláudio Deiró conta como percorreu mais de 32 mil quilômetros pelas ruas de Salvador, distribuindo donativos a pessoas sem recursos e em situação de rua. E a jornada desse anti-herói baiano será contada no livro “O motoqueiro esterilizado e os invisíveis”, um projeto de financiamento coletivo que recebe doações até o dia 2 de feveiro. Para contribuir com o financiamento do livro, siga o link:  https://www.catarse.me/o_motoqueiro_esterelizado_e_os_invisiveis_39e8?ref=ctrse_project_share&utm_source=facebook.com&utm_medium=social&utm_campaign=ctrse_project_share&fbclid=IwAR2ptKxUnL6t0jaRQq0vBKQxsdfB9FPwSQCw9JJkN4vtVHswZe5qkrJwXLk Link para o Twitter de Cláudio Deiró: https://twitter.com/deiroclaudio1?s=20 Link para o Facebook de Cláudio Deiró: https://www.facebook.com/claudiodeiro.deiro.1 Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:21:20
January 30, 2022
168 - Brasil Paralelo, guerras culturais e ultraliberalismo, com Mayara Balestro
A historiadora Mayara Balestro tem estudado a movimentação da produtora Brasil Paralelo há alguns anos: quem são seus integrantes, fontes de financiamento e seus “intelectuais orgânicos”, as pessoas que definem a o viés ideológico dos vídeos produzidos pela empresa. A Brasil Paralelo foi, inclusive, tema da dissertação de mestrado da Mayara. O conteúdo da produtora, que pode ser assistido em plataformas on-line, é apontada por historiadores como negacionista e revisionista. No final de 2020, Mayara organizou com colegas um livro eletrônico com artigos que analisavam a ascensão de movimentos, grupos e organizações das direitas brasileiras. Entre as análises, estava a atuação da Brasil Paralelo. E recebeu uma notificação extrajudicial e a editora, para evitar um processo, aceitou incluir um direito de resposta da produtora no livro. Para falar sobre o tema, Carlos Alberto Jr. entrevistou Mayara Balestro. Link para o e-book gratuito “Nova direita, bolsonarismo e fascismo: reflexões sobre o Brasil": https://www.textoecontextoeditora.com.br/produto/detalhe/nova-direita-bolsonarismo-e-fascismo-reflexoes-sobre-o-brasil/45 Link para a dissertação de mestrado “Agenda conservadora, ultraliberalismo e ‘guerra cultural’: ‘Brasil Paralelo’ e a hegemonia das direitas no Brasil contemporâneo (2016-2020)”:  https://drive.google.com/file/d/1LyrjIHgQ8CJp8Y2NAZcm19IKAc1C8san/view Link para a entrevista de Mayara Balestro no YouTube: https://youtu.be/hs72ivGEPtE Link para o canal do Roteirices no YouTube:  https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:30:58
January 21, 2022
167 - Ditadura, memória e justiça de transição, com Caio Cateb
"Quem controla o passado, controla o futuro. Quem controla o presente, controla o passado". Essa frase do escritor inglês George Orwell está no livro "1984", e parece fazer cada vez mais sentido, principalmente com esse desgoverno que tomou conta do Brasil. Os arquivos da ditadura militar brasileira, por exemplo, poderiam esclarecer muito da história recente do país. Principalmente no que diz respeito ao desaparecimento de militantes de esquerda que lutaram contra o regime e pela volta da democracia. Poderiam, mas a resistência sistemática dos militares a qualquer tipo de investigação atrapalhou muito o trabalho da Comissão Nacional da Verdade (CNV), considerada pelo ex-comandante do exército uma “facada nas costas”. Quando hoje os militares se recusam a revelar os crimes da ditadura, eles estão tentando reescrever e controlar o passado. E ao controlar o passado, eles vão controlar o futuro. Para falar sobre as dificuldades enfrentadas pela comissão, a importância desses arquivos, e os problemas que a falta de uma justiça de transição causam à democracia brasileira, Carlos Alberto Jr. entrevista o historiador Caio Cateb. Link para a entrevista com Caio Cateb no YouTube: https://youtu.be/8OsoWALeWOY Link para o relatório final da Comissão Nacional da Verdade:  http://cnv.memoriasreveladas.gov.br Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:26:55
January 11, 2022
166 – Islamofobia e fascismo, com Felipe Puncha
Se tudo o que você acha que sabe sobre os muçulmanos e o Islã está baseado nos filmes e séries feitos em Hollywood, então é muito provável que você não faça a menor ideia do que é o Islã, e de quem são os muçulmanos. É claro que não é só isso, mas o sentimento de medo, repugnância e satanização da religião tem a ver com a desinformação e atuação de grupos de ódio supremacistas e de extrema direita que projetam nos muçulmanos uma ameaça a um estilo de vida que evoca um suposto passado glorioso. Mas, no fim das contas, esse sentimento de ódio é a famosa islamofobia, que está cada vez mais associada a células neofascistas em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil, onde esses grupos têm crescido de maneira preocupante. Para falar sobre o assunto, Carlos Alberto Jr. entrevista Felipe Puncha. Links Felipe Puncha escreve o primeiro capítulo do livro Religião, política e sociedade:  http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/book/680 Livro “O xá dos xás": https://www.amazon.com.br/xá-dos-xás-Ryszard-Kapuscinski/dp/8535920188/ref=sr_1_1?__mk_pt_BR=ÅMÅŽÕÑ&crid=QJ2ZCQRTUP0N&keywords=o+xá+dos+xás&qid=1641410205&sprefix=o+xá+dos+x%2Caps%2C235&sr=8-1 Felipe Puncha no ViraCasacas: https://viracasacas.wordpress.com/2021/10/05/243-tradicionalismo-isla-e-a-direita-com-muhammad-puncha/ Link filme Syriana: https://youtu.be/2txkFRKrlCk Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
02:08:13
January 05, 2022
165 - “Não. Ele não está.”, com Maíra de Deus Brito
"Não. Ele não está" é o título do livro de Maíra de Deus Brito. A obra é resultado da dissertação de mestrado dela, e um trabalho de extrema importância e atualidade pelo simples fato de dar voz a mulheres que não conseguem ser ouvidas. Mulheres negras que perderam seus filhos para a violência. Violência policial, da milícia, do tráfico. Para a violência. Uma violência que não para. Depois da perda, fica a dor, a dor solitária da mulher negra, como ela explica nessa entrevista a Carlos Alberto Jr. Links: Para assistir a entrevista com Maíra de Deus Brito no YouTube: https://youtu.be/8iYW0fl1dek Não. Ele não está.: https://www.amazon.com.br/Não-Está-Ma%C3%ADra-Deus-Brito/dp/8547321489 Mães de Manguinhos no Instagram: https://www.instagram.com/maes.de.manguinhos/?hl=pt Mães de Manguinhos no Facebook: https://www.facebook.com/maesdemanguinhos/ Link para o canal do Roteirices no YouTube: https://youtube.com/playlist?list=PLWcnLFszvII9KdvOv7I1zY483cDdw68Cv Link para o canal do Roteirices no Telegram: https://t.me/BfQzf4t_XI9kOTEx Link para o Roteirices no Twitter: https://twitter.com/Roteirices_pod Link para apoiar o Roteirices no Catarse: https://www.catarse.me/roteirices_podcast?ref=user_contributed&project_id=138437&project_user_id=178775 Código para apoiar o Roteirices no PIX: carlosalbertojr1569@gmail.com Contato: roteirices@gmail.com
01:34:13
December 28, 2021