Skip to main content
Direitos e Democracia

Direitos e Democracia

By Comunicação Afipea
Aqui, nós discutimos temas relevantes de interesse dos servidores públicos e da sociedade brasileira e vamos lutar pelos direitos do serviço público brasileiro.
Where to listen
Apple Podcasts Logo

Apple Podcasts

Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

Currently playing episode

Mundo Pós Pandemia - Episódio 9: Pandemia, Globalização e Nova Geopolítica Mundial e Regional.

Direitos e Democracia

1x
Mundo Pós Pandemia - Episódio 9: Pandemia, Globalização e Nova Geopolítica Mundial e Regional.
Seja bem-vinda(o) ao nono episódio da série AFIPEA – Mundo Pós-Pandemia. O tema agora é: Pandemia, Globalização e Nova Geopolítica Mundial e Regional. As dinâmicas globais tiveram significativas transformações com a intensificação do fenômeno da globalização. O multilateralismo e a integração econômica foram potencializadas, bem como o fluxo de informações e telecomunicações. A incorporação de novos atores na política internacional e a adoção de uma agenda de debates mais ampla veio na esteira do fim da bipolaridade característica do período da "guerra fria", com a consolidação dos Estados Unidos como potência hegemônica. Mas os ventos vêm mudando na geopolítica, recentemente, e a pandemia ajudou a tornar mais evidentes as fissuras na nova ordem mundial. Hoje é possível observar um desgaste do multilateralismo e dos processos de integração regional. O conflito na Ucrânia deu contornos bem claros sobre a mudança. De um lado, alguns poucos itens, commodities como petróleo, gás e fertilizantes, de volta ao centro de uma crise de abastecimento com consequências geopolíticas profundas. De outro, os limites do Conselho de Segurança da ONU expostos, bem como a incapacidade de atores como Estados Unidos, China, Rússia e União Europeia darem respostas eficientes sem recorrer ao conflito armado e às sanções. No meio disso, o Brasil vive um momento de encolhimento diplomático regional e globalmente. E para refletir sobre o cenário, os convidados deste episódio são Raphael Padula, professor de economia política internacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro e editor da Revista Oikos, Aline Contti, pesquisadora do Centro de Desenvolvimento Sustentável da UnB e do CNPQ e professora do Departamento de Relações Internacionais e do Programa de Pó-Graduação de gestão pública e cooperação internacional da Universidade Federal da Paraíba, Luciano Wexell Severo, professor da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, e Claudio Castelo Branco Puty, phd em economia pela New School for Social Research de Nova Iorque, professor do Programa de Pós-Graduação em economia da Universidade Federal do Pará, pesquisador associado da University of International Business and Economics de Pequim e secretário municipal de Planejamento e Gestão de Belém/PA. Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, ao longo de 10 episódios, você ouve a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, no canal do YouTube da AFIPEA você ouve o audiobook com íntegra das entrevistas de nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. ============================ Trilha sonora: https://uppbeat.io/t/filofihi/provide License code: LY0DTJIRHYYV8SXB https://uppbeat.io/t/danijel-zambo/last-breath License code: 9SFWVKVEQHMZPRR0 https://uppbeat.io/t/all-good-folks/curiosity License code: GFLOOIKHTLS5JSIC https://uppbeat.io/t/giulio-fazio/little-cuckoo-clock License code: LLAAY9QXOQZUMKV0 https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman License code: OQZ3769QOFB6UFQZ
33:52
August 17, 2022
Mundo Pós Pandemia - Episódio 8: Pandemia, Complexidade Econômica e o Futuro Mundo do Trabalho.
Seja bem-vinda(o) ao oitavo episódio da série AFIPEA – Mundo Pós-Pandemia. O tema agora é: Pandemia, Complexidade Econômica e o Futuro Mundo do Trabalho. O recente desenvolvimento de tecnologias da chamada 4ª Revolução Industrial vem reacendendo o debate em torno das consequências da automação para o mercado de trabalho. Aspectos positivos parecem perder relevância diante de consequências temerárias com a "uberização". E seja qual for o estudo, uma pergunta está sempre presente: os empregos vão diminuir com os avanços tecnológicos que permitem cada vez mais que máquinas realizem o trabalho feito até então por humanos? As respostas variam. Há pesquisadores mais otimistas, para quem a substituição do trabalho humano por tecnologias acontece de forma significativa desde a 1ª Revolução Industrial, sem que isso tenha provocado a diminuição geral dos empregos disponíveis, tendência que demonstra se manter agora. Para outros, o fenômeno atual pode ser diferente, pois as novas tecnologias, especialmente a inteligência artificial, teriam uma capacidade sem precedentes de automatizar tarefas humanas. As preocupações aumentam quando consideramos que essas mudanças chegam ao Brasil em um cenário de profundas instabilidades econômicas, com uma consequente deterioração do mercado de trabalho. O país que iniciou a década de 2000 como a 14ª maior economia do mundo, começou um processo de recuperação relativa impressionante, alcançando a 7ª posição em 2014. Contudo, as crises posteriores e o conturbado ambiente político institucional fizeram novamente o país perder participação na economia mundial, retornando em 2021 à 13ª posição no ranking das maiores economias. Em termos de postos de trabalho registrados, a evolução é bastante similar: o país saltou de 26,2 milhões de empregos registrados em 2000 para o pico de 49,5 milhões em 2014, mas retrocedeu novamente nos anos posteriores, fechando 2020 com 46,2 milhões. Sem falar que uma parte desses empregos já são influenciados pela Reforma Trabalhista de 2017, que afetou drasticamente o marco jurídico de proteção ao emprego no país, criando por exemplo a figura do “trabalho intermitente”, em que o trabalhador não tem nenhuma garantia de quantas horas no mês irá trabalhar nem qual será o seu salário, além de manter-se fora do sistema público de seguridade social. E para refletir sobre essas questões, os convidados deste episódio são Márcio Pochmann, economista, professor da Unicamp e ex-presidente do IPEA, Sandro Silva, pesquisador do IPEA, Ludmila Abílio, pesquisadora do Centro de Estudos Sindicais de Economia do Trabalho do Instituto de Economia da Unicamp, e André Roncaglia, professor de economia da Unifesp Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, ao longo de 10 episódios, você ouve a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, no canal do YouTube da AFIPEA você ouve o audiobook com íntegra das entrevistas de nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA. Trilha sonora: https://uppbeat.io/t/filofihi/provide LC: LY0DTJIRHYYV8SXB https://uppbeat.io/t/mountaineer/voyager LC: 21I8GJGUNOAA2ZKY https://uppbeat.io/t/ceridwen-mccooey/the-peacock LC: ZSXOHTFWYNKMBRQV https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman LC: OQZ3769QOFB6UFQZ
29:41
June 29, 2022
Mundo Pós Pandemia - Episódio 7: Pandemia, novas tecnologias, novos modos de produção e consumo.
Seja bem-vinda(o) ao sétimo episódio da série AFIPEA – Mundo Pós-Pandemia. O tema agora é: Pandemia, novas tecnologias, novos modos de produção e consumo. A pandemia impôs à humanidade novos hábitos e formas de se comportar com impactos socioeconômicos profundos. O “novo normal” levou, por exemplo, a uma corrida mundial por respiradores, máscaras e outros itens médicos de primeira necessidade em um momento de escassez de oferta e produção concentrada em poucos países. A guerra política e econômica por insumos evidenciou a gravidade da falta de acesso a tecnologias com efeitos ainda mais drásticos diante da desigualdade entre classes sociais e entre países. Desigualdade comprovado por números: os dez homens mais ricos do mundo dobraram sua fortuna somente na vigência da pandemia, enquanto a renda de 99% da humanidade caiu e mais de 160 milhões de pessoas foram empurradas para a pobreza. Desigualdade que desencadeou, também, efeito prático: muitas nações hoje trabalham em um movimento estratégico de “desglobalização” do setor produtivo. No Brasil, a tendência é oposta, de redução do setor produtivo nacional nas cadeias de valor e alguns defendem que justamente a Saúde, amparada pela demanda importante representada pelo SUS, possa ser um dos motores de reinserção do país no cenário global. Quem nos ajuda a refletir sobre essas questões são José Eduardo Cassiolato, professor do Instituto de Economia da UFRJ, Cristina Reis, professora de economia e relações internacionais da UFABC, Carlos Gadelha, coordenador do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, e Pedro Villardi, coordenador de Equidade em Saúde da Internacional dos Serviços Públicos. Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, ao longo de 10 episódios, você ouve a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, no canal do YouTube da AFIPEA você ouve o audiobook com íntegra das entrevistas de nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. ============================ Trilha sonora: Music from Uppbeat (free for Creators!): https://uppbeat.io/t/filofihi/provide License code: LY0DTJIRHYYV8SXB http://uppbeat.io/t/maciej-sadowski/march-2020 License code: AXKBDNGEULTQRJHY http://uppbeat.io/t/mountaineer/voyager License code: MIR3ATYPTPEELSAA https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman License code: OQZ3769QOFB6UFQZ
37:24
May 17, 2022
Mundo Pós Pandemia - Episódio 6: Pandemia, Educação, Cultura e Cidadania.
A pandemia de covid-19 deixou marcas profundas na educação brasileira. Dados da Pnad Contínua revelaram, por exemplo, que o analfabetismo entre crianças de 6 e 7 anos cresceu 66% durante os últimos 2 anos. Na Cultura, o impacto social da queda nas atividades do setor é mais difícil de medir, mas economicamente o efeito é bem claro: mais de 900 mil vagas de trabalho perdidas durante a primeira onda do vírus. Neste episódio, vamos tentar entender o estado das políticas de cultura e educação no Brasil antes da pandemia e como elas foram afetadas pelas restrições de circulação exigidas no combate à propagação do coronavírus. Como os agentes se comportaram ao longo dos 2 anos de pandemia? É possível falar em conquistas e avanços, apesar dos retrocessos notórios? O que esperar do futuro e o que é preciso para que recuperemos o tempo perdido e possamos dar conta dos desafios impostos ou desnudados pela covid-19? Quem nos ajuda a refletir sobre essas questões são Carlos Roberto Jamil Cury, professor emérito da UFMG e professor adjunto da PUC/MG, Juca Ferreira, ex-ministro da cultura e ex-secretário de cultura de São Paulo e Belo Horizonte, Luiz Miguel Garcia, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), e Bernardo Mata Machado, historiador, cientista político, pesquisador da Fundação João Pinheiro, ex-secretário de Cultura de Belo Horizonte e ex-secretário de Articulação Nacional do Ministério da Cultura. Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, ao longo de 10 episódios, você ouve a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, no canal do YouTube da AFIPEA você ouve o audiobook com íntegra das entrevistas de nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. ============================ Trilha sonora: Music from Uppbeat (free for Creators!): https://uppbeat.io/t/filofihi/provide License code: LY0DTJIRHYYV8SXB https://uppbeat.io/t/ceridwen-mccooey/the-peacock License code: KIMQYOHVAPWUJRZX https://uppbeat.io/t/ceridwen-mccooey/the-osprey License code: YPOTWZBQUFAXGMJV https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman License code: OQZ3769QOFB6UFQZ
25:52
March 25, 2022
Mundo Pós Pandemia - Episódio 5: Pandemias, Saúde, Novos Hábitos e Longevidade.
A partir da Constituição de 1988 e da universalização da saúde no Brasil, os indicadores do país nessa área melhoraram paulatinamente. Desde a queda na mortalidade infantil até a erradicação de doenças como a poliomielite, a democratização do acesso aos serviços de saúde pode ser considerada um sucesso, apesar do subfinanciamento do SUS e das dificuldades de implementação de uma gestão cada vez mais regionalizada. Obstáculos como esses, é bom destacar, que ainda nos deixam muito longe de uma situação confortável. A interação com o setor privado também impõe desafios. O crescimento da participação de serviços particulares tanto no suprimento de carências do sistema público, quanto na oferta de atendimento direto à fatia mais rica, com regulação precária do Estado, estão diretamente ligados à reduzida fatia do SUS no PIB da saúde brasileira. Mas como essa estrutura reagiu à chegada da Pandemia de Covid-19? Mais de 600 mil mortes depois, é possível refletir sobre acertos e erros com base no que a análise detida sobre dados nos diz. O que é possível concluir sobre o funcionamento das estruturas públicas e privadas de saúde a partir das respostas oferecidas à pandemia? Qual o impacto da covid-19 na mortalidade dos brasileiros e como isso será equacionado ao longo dos próximos anos? Como a pandemia mexe com a longevidade e nos faz pensar sobre a condição dos mais longevos? Quanto a pandemia nos obriga a pensar em conceitos mais amplos de saúde, com vistas a minimizar as chances de novos desequilíbrios como o representado pela introdução do novo coronavírus na sociedade humana? Quem nos ajuda a refletir sobre essas questões são Rosa Marques, professora titular da PUC São Paulo e ex-presidente da Associação Brasileira de Economia da Saúde e da Sociedade Brasileira de Economia Política; Paulo Lotufo, epidemiologista, professor titular da Escola de Medicina e diretor do Centro de Pesquisa Clínica e Epidemiológica da USP; Ana Amélia Camarano, pesquisadora sênior do IPEA, professora associada da UERJ e membro honorário da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia; Sandra Paulsen, economista do IPEA e doutora em meio ambiente. Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, em 10 episódios, você vai ouvir a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, no canal do YouTube da AFIPEA você ouve o audiobook com íntegra das entrevistas de nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. ============================ Trilha sonora: Music from Uppbeat (free for Creators!): https://uppbeat.io/t/filofihi/provide License code: LY0DTJIRHYYV8SXB https://uppbeat.io/t/arend/first-light License code: VLNR5XBRFAGJ2JDT https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman License code: OQZ3769QOFB6UFQZ
25:05
February 22, 2022
Mundo Pós Pandemia - Episódio 4: Pandemias e Cidades
A covid-19 desembarcou no Brasil no início de 2020. O cenário era mais ou menos o seguinte: um país com 213 milhões de habitantes e mais de 84% desses vivendo em cidades. 31% em cidades com mais de 500 mil pessoas. Cerca de 47% da população sem acesso ao serviço de esgotamento sanitário. 16% sem água tratada e 38% sofrendo algum tipo de vulnerabilidade de acesso ao recurso. Falando sobre moradia, quase 10% dos brasileiros viviam em imóveis com seis ou mais moradores e quase 20% viviam em imóveis com mais de dois moradores por dormitório. A posse era irregular em ao menos 8% dos casos. A renda familiar média per capita ficou em 1.349 reais em 2020, mas os proventos mensais dos 50% mais pobres ficam em 453 reais. Trabalhadores gastavam, em média, 32 dias do ano em deslocamento casa-trabalho. Ou seja, longe do local de trabalho. Mas também longe de serviços públicos em geral. Análises feitas pelo Ipea nas 20 maiores cidades do brasil, mostraram que em 12 delas os moradores de assentamentos precários, como favelas, levavam, em média, mais de 15 minutos caminhando pra conseguir atendimento no sistema público de saúde. Em 8, os moradores das favelas levavam, em média, mais de 15 minutos até a escola de educação infantil. Mas como chegamos a tal configuração de cidade, no Brasil? Como ela contribuiu para a propagação da covid-19? O que esta e outras pandemia ao longo da história nos ensinam sobre as limitações desse modelo de desenvolvimento urbano? Quem nos ajuda a refletir sobre essas questões são Evaniza Rodrigues, militante da União Nacional pela Moradia Popular, Fania Fridman, professora e pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional e coordenadora do Grupo de Estudos do Território e de História Urbana, Kazuo Nakano arquiteto, urbanista e demógrafo, professor do Instituto das Cidades da Universidade Federal de São Paulo, e Rafael Pereira, pesquisador do Ipea. . Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, em 10 episódios, você vai ouvir a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, no canal do YouTube da AFIPEA você ouve o audiobook com íntegra das entrevistas de nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. ============================ Trilha sonora: Music from Uppbeat (free for Creators!): https://uppbeat.io/t/filofihi/provide License code: LY0DTJIRHYYV8SXB https://uppbeat.io/t/ceridwen-mccooey/the-hoopoe License code: WMYPDJHIKAVXUGFC https://uppbeat.io/t/kevin-macleod/gregorian-chant License code: LTUGYZJRICAKWMQE https://uppbeat.io/t/kevin-macleod/texture-for-violincello-and-pianoforte-no-2 License code: P1KTK4TYXTRDUXD8 https://uppbeat.io/t/ceridwen-mccooey/the-patridge License code: WQETNFAXOPMVLUYR https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman License code: OQZ3769QOFB6UFQZ
31:04
December 28, 2021
Mundo Pós-Pandemia: Episódio 3: Pandemia, Planeta e Sustentabilidade.
Seja bem-vinda(o) ao terceiro episódio da série AFIPEA – Mundo Pós-Pandemia. O tema agora é: Pandemia, Planeta e Sustentabilidade. É chegada a hora de falar sobre outro consenso científico: o aquecimento global. A degradação do planeta Terra avança a olhos vistos e a chegada da covid-19 não deixa dúvidas sobre isso. Durante a pandemia, o mundo ainda observou com mais atenção uma maior ocorrência de eventos extremos como as enchentes na Europa e na China, a seca na América do Sul e o calor na América do Norte, para ficar em apenas alguns exemplos. O Painel Intergovernamental Sobre Mudanças Climáticas (IPCC) reconheceu: o ser o humano é o causador do aumento da temperatura no globo que desencadeia tais eventos. E foi além, se não tomarmos medidas profundas rapidamente, a vida do homem sofrerá com mudanças irreversíveis no funcionamento do ecossistema terrestre. O aviso parece se aproximar das palavras de sabedoria milenar traduzidas pela voz da jovem Txai Surui na abertura da COP-26, em Glasgow: o homem se alienou de sua morada. O resultado da Cúpula do Clima, no entanto, refletia outros discursos e demandas. Como pandemia e aquecimento global se relacionam e como a forma de organização social da humanidade promove esse cenário que castiga de forma desigual aos habitantes da Terra? Para entender essas e outras questões, aperte o play. Quem nos ajuda a refletir sobre isso são a Mercedes Bustamente, professora do Dpeartamento de Ecologia da Universidade de Brasília, o José Marengo, climatologista e coordenador-geral de pesquisa e desenvolvimento do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), o Moacyr Araújo, professor do Departamento de Oceanografia e vice-reitor da Universidade Federal de Pernambuco e coordenado da Rede Clima, além do Gustavo Luedemann, técnico de planejamento e pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, em 10 episódios, você vai ouvir a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, nas semanas subsequentes à publicação de cada episódio, também estarão disponíveis as entrevistas com nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.
29:52
December 14, 2021
Mundo Pós-Pandemia - Episódio 2: Política, Instituições e o Futuro do Estado e da Democracia.
Seja bem-vinda(o) ao segundo episódio da série AFIPEA – Mundo Pós-Pandemia. O tema agora é: Política, Instituições e o Futuro do Estado e da Democracia. Assim como o aquecimento global, o declínio da democracia no mundo é praticamente um consenso científico. Entre 2010 e 2020 a fatia da população mundial que vivia sob regimes autocráticos saltou de 48% para 68%. E o recuo das democracias tem um roteiro diferente do estereótipo, militares nas ruas como em Mianmar são a exceção na nova onda autoritária. Para entender o momento político atual e como ele influencia e é influenciado pela pandemia de covid-19, aperte o play. Quem nos ajuda a refletir sobre essas questões são o Leonardo Avritzer, professor titular do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais; o Fábio de Sá e Silva, técnico licenciado do IPEA, professor da Universidade de Oklahoma e ex-presidente da AFIPEA; a Vera Cepêda, cientista política e professora da Universidade Federal de São Carlos; e a Tânia Oliveira, jurista, historiadora, pesquisadora e membro da coordenação executiva nacional da Associação Brasileira de Juristas Pela Democracia. Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, em 10 episódios, você vai ouvir a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, nas semanas subsequentes à publicação de cada episódio, também estarão disponíveis as entrevistas com nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA… OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.
30:31
November 01, 2021
Mundo Pós Pandemia - Episódio 1: Pandemias e suas emergências.
A Pandemia de Covid-19 é, para muitos, o marco inicial do século XXI. O coronavírus parece ter tornado clara a fragilidade não apenas da carne humana, mas também de seu corpo social. Como a doença e suas consequências para o funcionamento da sociedade influenciam e influenciarão nossa forma de fazer política, economia, o modo como vivemos e o local de nossa existência: o planeta Terra? Essa é a série “AFIPEA: Mundo Pós-Pandemia”. Todo mês, em 10 episódios, você vai ouvir a reflexão de vozes brasileiras relevantes no debate nacional e internacional sobre o que é possível esperar ao final deste triste capítulo da história humana. E não perca, nas semanas subsequentes à publicação de cada episódio, também estarão disponíveis as entrevistas com nossos convidados. Este podcast faz parte do projeto “BICENTENÁRIO (1822/2022) DA INDEPENDÊNCIA... OU MORTE?! O FUTURO DO BRASIL EM DEBATE”, uma iniciativa da AFIPEA – Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Créditos: Criação: Afipea Edição: Lucas Scherer Arte: Henrique Euzébio  Divulgação: Maria Luíza Diniz e Marina Semeraro Rito Music from Uppbeat (free for Creators!): https://uppbeat.io/t/filofihi/provide License code: LY0DTJIRHYYV8SXB https://uppbeat.io/t/walz/student License code: UTO0XLQOIJUQMI4S https://uppbeat.io/t/braak/beginnings License code: AZYNISJAK4HPLAGQ https://uppbeat.io/t/mountaineer/ragtime License code: DS884VYUWKX7IVGF https://uppbeat.io/t/walz/redcar-jazz License code: UZRIRO9E6G5RZVUP https://uppbeat.io/t/hey-pluto/the-gentleman License code: OQZ3769QOFB6UFQZ
28:06
September 22, 2021
Episódio 2 - Reforma Administrativa
A Reforma Administrativa é tema do segundo episódio do podcast “Direitos e Democracia”.  A proposta apresenta contradições, tem fatos irreais na sua concepção e, caso aprovada, pode trazer sérias consequências para a sociedade brasileira.  O episódio conta com a participação do engenheiro Pedro Pontual, presidente da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (ANESP).   Roteiro e locução: Marina Rito  Edição: Raphael Viçoso  Direção jornalística: Humberto Leite  Direção geral: José Celso Pereira Cardoso Jr.
25:05
October 01, 2020
Episódio 1 - Assédio Institucional
O assédio institucional no serviço público é tema do primeiro episódio do podcast “Direitos e Democracia”. Editado pela Afipea, o programa ficará disponível no Youtube e em plataformas de áudio digital. Os conteúdos devem abordar temas como serviço público, sustentabilidade, políticas públicas, democracia, gestão pública e direitos. O tema Assédio Institucional no serviço público foi escolhido para o episódio de estreia por se tratar de fenômeno novo e perturbador, que pode vir a se tornar ainda mais comum caso a atual proposta de Reforma Administrativa seja aprovada. O episódio conta com a participação do advogado João Luiz Arzeno da Silva, membro fundador do Conselho Nacional de Advogados do Serviço Público – CNASP e Sócio-Fundador do Escritório Trindade & Arzeno Advogados.
18:48
September 16, 2020