Skip to main content
data_lábia

data_lábia

By data_labe
O data_lábia é um podcast sobre a favelas e seus moradores. Aqui levantamos problemas e soluções para imaginar cidades mais justas e felizes.
Listen on
Where to listen
Apple Podcasts Logo

Apple Podcasts

Breaker Logo

Breaker

Castbox Logo

Castbox

Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Overcast Logo

Overcast

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

PodBean Logo

PodBean

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

Stitcher Logo

Stitcher

Abordagem Policial
Quando se é negro no Brasil, levar dura da polícia faz parte da sua rotina. Mas por que rola sempre com a gente? No Data_Lábia #24 conversamos sobre o racismo nas abordagens policiais e as estratégias que estamos construindo para reduzi-lo. Uma delas é a campanha #PorQueEu?, uma parceria do data_labe com o IDDD, que busca gerar dados sobre as abordagens. Para entender melhor por que o padrão de enquadros no Brasil é um problema, trocamos ideia com a Marina Dias, advogada e diretora executiva do IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa) e com o Daniel Souza, jovem negro que colaborou na fase de entrevistas para elaboração do formulário da campanha #PorqueEu. É a partir dos relatos de quem passa por revistas sem motivo e com truculência no dia a dia que vamos qualificar o debate sobre racismo nas abordagens e pressionar o poder público pela fiscalização das ações policiais. Link do formulário: http://bit.ly/porqueeu
39:07
May 10, 2021
Violência Política
Nos últimos 4 anos a violência política aumentou diante dos nossos olhos. teve o assassinato de Marielle Franco até ameaças contra outras parlamentares. Os dados só ajudam a dizer que: a violência está aumentando. Mas e daí? O que podemos fazer? Neste episódio, o data_labe se apoia nos dados da plataforma digital de denúncias contra violência política “tretaqui” para discutir as origens dessa violência e como combatê-la. Duas super convidadas iluminam nosso caminho em direção a uma sociedade mais democrática: Roberta Eugênio do Instituto Alziras e Ana Carolina Lourenço do Mulheres Negras Decidem. Este episódio faz parte do Tramas Democráticas, um programa de intercâmbio do Goethe-Institut que busca ampliar o diálogo sobre inovações cívicas e democracia digital na América do Sul. Dá pra conferir todos os episódios produzidos no Tramas Democráticas no link https://www.goethe.de/ins/br/pt/m/kul/sup/trd/tdc.html Ficha técnica: Apresentação e roteiro: Gabriele Roza e Polinho Edição: Eloi Leones Artes e capa: Giulia Santos Convidadas: Roberta Eugênio e Ana Carolina Lourenço
01:12:27
April 20, 2021
Ay Kakyri Tama - Povos indígena nas cidades do Brasil
O data_lábia de agosto inicia um debate sobre os novos modos de vida inventados por pessoas que saíram de suas comunidades indígenas tradicionais para viver nas cidades. Os desafios são muito maiores  que as oportunidades. Nós ouvimos a poetisa Marcia Wayna Kambeba, autora do livro de poemas Ay Kakyri Tama: eu moro na cidade, que nomeia este episódio. Conversamos também com o Walter Kumaruara, morador de Santarém, comunicador popular e integrante do coletivo Jovem Tapajônico. Roteiro e produção: Elena Wesley e Gabriele Roza Narração: Eloi Leones e Gabriele Roza Edição de som e montagem: Eloi Leones Capa: Nícolas Noel
13:00
August 3, 2020
"Novo normal" pra quem?
No data_lábia #21, conversamos sobre novos caminhos para o pós-pandemia com o filósofo e doutor em bioética Wanderson Flor do Nascimento. Para ele, criar um ‘‘novo normal’’ pode ser o mesmo que criar novas condições para que os mesmos problemas continuem existindo. Mas, neste episódio, olhamos para o futuro com mais otimismo. Para inspirar novos rumos, Wanderson traz pra gente o conceito de mercado para os povos de origem Iorubá, o Mercado-Ojá, que tem por premissa o respeito pelo trabalho do outro e pelo seu próprio. Conversamos também sobre outras filosofias que nos ajudam a imaginar um futuro onde o bem estar coletivo seja priorizado. Todas essas ideias servem para você respirar fundo e lembrar que sim, existe saída para esse sistema tão desigual. Roteiro e produção: Elena Wesley, Gabriele Roza e Gilberto Vieira Narração: Gabriele Roza e Gilberto Vieira Edição de som e montagem: Eloi Leones Capa: PV Dias (@palovitu). Artista paraense que vive entre o Rio de Janeiro e o Pará, comunicólogo, mestrando em Ciências Sociais na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e com formação pela EAV Parque Lage no programa Formação e Deformação do ano de 2019.  Seu pesquisa pensa na estruturação das imagens de um território e em possíveis rasuras nessa estruturação.  Junto a essa frente, inicia-se também um trabalho sobre intervenções em violências coloniais dos lugares por onde o artista percorre captando registros, lugares que se dividem entre amazônia e o sudeste do Brasil. De 2013 a 2015, participou da organização do Festival de Audiovisual de Belém. Em Em 2019 foi destaque na revista eletrônica VICE; Participou de exposição coletiva ‘Arte Naif: Nenhum Museu a Menos’, no Parque Lage, Rio de Janeiro, com curadoria de Ulisses Carrilho; Foi entrevistado pela Revista Dobra, de Portugal; Assinou a capa da antologia poética ‘Poesias para se ler antes das notícias’ da Revista Cult;  Integrou a uma exposição coletiva no espaço Caixa Preta, com curadoria de Rafael Bqueer. Também expôs no Instituto Goethe da Bahia, com curadoria do Tiago Sant'Ana e no espaço Pence, com curadoria de Silvana Marcelina. Em 2020, participou da exposição Estopim e Segredo no Parque Lage, com curadoria de Ulisses Carrilho, Gleice Kelly e Clarissa Diniz.
23:50
July 5, 2020
Outra alimentação é possível
A pandemia que estamos vivendo é só um exemplo de que a nossa relação com os animais e a natureza acaba disseminando doenças. Não é só exploração e consumo de animais silvestres que podem prejudicar a nossa saúde, mas outras atividades humanas como desmatamento e ações que afetam as mudanças climáticas. Esses crimes geraram (e seguem gerando) outras doenças como malária, herpes, dengue, febre amarela, leishmaniose e muitas outras. No novo episódio do data_lábia, conversamos com a Ana Santos, representante do Centro de Integração da Serra da Misericórdia, no Complexo da Penha (RJ) e com o Dimas Gonçalves do Arrenda Horta, na Brasilândia (SP), iniciativas que trabalham a relação das pessoas periféricas com os alimentos naturais, pautam o cuidado com o ambiente, ajudam no combate à fome e conciliam geração de renda com alimentos saudáveis. Trocamos ainda uma ideia com a professora Ana Lúcia Tourinho, da Universidade Federal do Mato Grosso. Dá o play! Roteiro e produção: Gabriele Roza Narração: Gabriele Roza e Gilberto Vieira Edição de som e montagem: Eloi Leones Capa: Andressa Almeida // @euandressa.a "Sou filha de Catarina Almeida, neta de Iná Marisa Pia e Nelly Alves. O matriarcado foi quem me criou e me mantém viva. Sou estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Pampa (São Borja), bolsista do PET - História da África e participante do núcleo de comunicação do Museu Treze de Maio. Me aventurando com colagens digitais voltadas para o afrofuturismo e criando alguns produtos audiovisuais independentes. Apenas mais uma jovem, negra, periférica e sonhadora. ‘Vida me fez flor/ No mesmo corpo fez granada’”
20:48
May 31, 2020
Educação desigual em tempos de coronavírus
O episódio 19 do data_lábia faz parte da primeira série de conteúdos sobre educação que estamos produzindo durante a quearentena. Ouvimos a Beatriz, o Breno, a Carolina e o Raffael, personagens centrais na luta por educação inclusiva no Brasil. Elxs são estudantes, professores, coordenadores de cursos pré vestibulares e discutem com a gente os desigualdades que ficaram ainda mais marcadas para quem é pobre e sonha com o ingresso no ensino superior. -- Já são mais de 50 dias desde que a quarentena começou aqui no Brasil para conter o avanço do coronavírus. Desde o início, nós do data_labe, nos juntamos com a Gênero e Número, Énois e Revista Azmina para fazer uma cobertura da pandemia a partir do nosso olhar. Cobrindo as urgências do presente e lembrando do nosso passado desigual, começamos a refletir sobre o futuro. Por isso, a partir desse mês vamos produzir uma série de conteúdos sobre educação, alimentação, saúde e economia. Tudo baseado em dados e no histórico de política públicas. Vamos fazer perguntas para as quais ainda não temos respostas, contar histórias para adiar o fim do mundo e, quem sabe, ajudar a construir outros futuros. Produção, edição e narração: Eloi Leones e Gabriele Roza Capa: @semvogal. "Sou Lyz, tenho 21 anos, pisciana, jornalista e colagista. "Mexo com colagem analógica há 2 anos talvez e foi a vertente das artes visuais onde, na necessidade de me expressar, me encontrei. Uso ela pra autoconhecimento e pesquisa sobre os meus, por vezes mesclando com arte de rua e videoartes - tamo sempre experimentando o novo."
32:06
May 3, 2020
Rolé pelo Censo Maré
O episódio #18 do data_lábia é um pouco diferente. Neste episódio, você vai acompanhar o Eloi Leones e a Gabriele Roza num rolê pela Maré para conhecer as histórias dos moradores do Complexo a partir do Censo Populacional da Maré, da @redesdamare. Escolhemos alguns dados do Censo e fomos conhecer as pessoas que representam esse dados. Entrevistamos nordestinas, angolanas, empreendedoras, mulheres que lutam pelos direitos da Maré, um monte de gente que representa a diversidade da favela a partir das suas histórias. No final, conversamos com o coordenador do Censo, Dalcio Gonçalves, sobre como a ausência de dados sobre uma realidade, muitas vezes,  impede a existência de políticas públicas que garantam uma vida mais digna para os moradores. É potência que não acaba mais! Bora com a gente nessa? Coloca o fone de ouvido, dá o play e feche os olhos. Esqueça de tudo, agora você está na Maré! A arte da capa é da maravilhosa @steffs.silva do data_labe que tem 20 anos, é negra, filha de dois nordestinos e moradora da Rubens Vaz, na Maré. Ela usou de referência para criação da colagem sua mãe, que nasceu no interior da Paraíba, e a sua vivência como moradora do Complexo.  Roteiro e produção: Eloi Leones e Gabriele Roza. Captação e edição: Eloi Leones. Agradecemos todos os entrevistados deste episódio Músicas: Existencia - Nizaj Fogueira Doce - Mateus Aleluia Monplaisier
27:55
April 5, 2020
Racismo Ambiental
Existe racismo ambiental no Brasil? No episódio #17 do data_lábia conversamos sobre como as políticas e práticas ambientais afetam de maneira desproporcional comunidades com base na classe, na cor ou raça. Convidamos Andréia Coutinho, coordenadora de comunicação do Instituto Clima e Sociedade, para falar como as mudanças climáticas se relacionam com a justiça racial e Valéria Bastos, professora de Serviço Social da PUC-Rio e Integrante do Laboratório de Estudos Urbanos e Socioambientais, para contar sua experiência com aterros sanitários e catadores de materiais recicláveis no Brasil. Adriano Paraíso, assessor da Associação de Moradores do Morro da Babilônia, relata os casos de enchentes e desabamentos que aconteceram na favela nos últimos anos. Dá o play que o papo tá bom! Roteiro e produção: Gabriele Roza. Apresentação: Gilberto Vieira e Gabriele Roza. Edição e montagem: Eloi Leones. Capa: Felipe Bacelar, mais conhecido como Felipinho das Bikes, artista de colagens cria do Morro Agudo em Nova Iguaçu e atualmente residente na Maré  busca produzir em suas artes uma expressão visual que fale sobre afetividade, autoestima, aceitação e autonomia de pessoas negras.
53:00
February 18, 2020
Reforma da previdência: dados e narrativas
Um dos temas carro chefe do mandato do Presidente Bolsonaro é a PEC da Reforma  da Previdência. A aprovação representa uma vitória importante para o governo, mesmo com o os questionáveis usos dos dados para se justificar e a partir de um aparente consenso forjado pelos veículos de maiores audiências no país. A narrativa da diminuição de privilégios parece não se aplicar para mulheres e mais pobres, esquecidos nas narrativas oficiais. Nesse episódio #16 do data_lábia convidamos para o papo a socióloga Ana Carolina Lourenço e a .jornalista e coordenadora executiva do Intervozes Gyssele Mendes. Roteiro e produção: Clara Sacco. Apresentação: Clara Sacco e Gabriele Roza. Edição e montagem: Eloi Leones. Capa: Amora Moreira, sampleadora visual, por em seus trabalhos utilizar técnicas misturando foto e ilustração (total ou parcialmente), inserindo também contextos e elementos do que vê, vivencia e consome em seu cotidiano.
42:44
November 26, 2019
Masculinidades faveladas
Muito tem se discutido em algumas ~bolhas~ sobre masculinidades. A mobilização cada vez mais crescente e consistente das mulheres e das LGBTs vêm exigindo um novo padrão de comportamento masculino que interrompa o ciclo de violência causado pela masculinidade tóxica, por esse modelo masculino hegemônico e patriarcal que mata e oprime. No episódio #15 do data_lábia a gente convidou pra contribuir com o papo, o jornalista Jeff Delgado, o educador Pablo Poder e o geórafo e ativista Caio César. Dá o play! Roteiro e produção: Clara Sacco e Gilberto Vieira Apresentação: Eloi Leones, Gabriele Roza, Gilberto Vieira e Michel Silva Captação, edição e montagem: Eloi Leones Utilizamos trechos do filme “O Silêncio dos homens” de Ian Leite e Luiza de Castro e a música “Alguém segure esse homem” de Lineker. Capa: Mayk Brambilla
47:45
October 29, 2019
Corpo, tecnologia e funk
“Pretos, mulheres, favelados não estão considerados para pensarem o futuro. E as tecnologias são pautadas apenas por uma perspectiva de futuro.” No episódio de hoje trouxemos Amarela e a Andreza, duas super companheiras que somaram na #Criptofunk pra discutir corpo, vigilância, autocuidado e tecnologias.  Roteiro e produção: Clara Sacco e Gilberto Vieira Captação, edição e montagem: Eloi Leones Músicas: Dj Renan Vale e MC Cabelinho part. Filipe Ret Participação: Amarela e Andreza Jorge
28:24
September 24, 2019
Dados Ausentes
Por que alguns dados simplesmente ainda não existem? No episódio #13 do data_lábia, conversamos sobre a falta de dados que afeta os grupos mais vulneráveis e como as visões culturais influenciam na produção e coleta de dados. A decisão de não coletar dados é usada como estratégia política? Quem se beneficia com a ausência de dados? Para ajudar a gente a refletir sobre essas questões, convidamos para o papo Cecília Oliveira, do Fogo Cruzado, e Silvana Bahia, do Olabi/PretaLab, para contarem como trabalham a produção de dados em seus projetos. Roteiro: Gabriele Roza  Apresentação: Clara Sacco e Gilberto Vieira  Participaram deste episódio: Gabriele Roza, Juliana Marques, Michel Silva, Cecília Oliveira e Silvana Bahia.  Captação, edição e montagem: Eloi Leones  Capa: Giulia Santos designer e grafiteira  
29:41
August 27, 2019
Saneamento é básico!
O Episódio 12 do data_lábia é um especial gravado na rua! Nós fomos pra Praça do Rodo, no centro de São Gonçalo pra acompanhar o lançamento da 3º edição do Boletim da Agenda Rio 2030 sobre saneamento básico. Os desafios para superar os problemas de saneamento são gigantescos. Ainda mais pra quem mora nas periferias. Nós ouvimos o pessoal da Casa Fluminense, Larissa Amorim e João Pedro Martins, responsáveis pelo Boletim. Falamos também com a Thamiris Santos do Coletivo Por Gentileza e com o Adauri Souza do Instituto Baía de Guanabara. A gente também dá o papo sobre o Cocôzap. Dá o play! Apresentação e roteiro: Gilberto Vieira e Eloi Leones Captação, edição e mixagem: Eloi Leones Capa:  Emanoelle Lima
27:53
August 13, 2019
A favela em dia de operação
Era 13 de maio de 2019, data reconhecida oficialmente como dia da abolição da escravidão no Brasil. A gente tava em reunião aqui no data_labe quando o caveirão voador desceu sobre nossas cabeças atirando a esmo. Não foi a primeira operação pela qual passamos e nem a que trouxe piores consequências pra gente diretamente. Mais um dia sem trabalhar. Um monte de crianças sem aula, um monte de gente sem serviços de saúde. Ansiedade, crise de pânico, a saúde mental vai pro espaço.  Menos de um mês depois, no dia 10 de junho, outra operação começou e só foi acabar dois dias depois. Dois moradores foram atingidos no braço e a moradora Sheila Machado de Oliveira, de 28 anos, morreu baleada indo trabalhar. A morte é a pior mas não a única consequência. Segundo informações da Redes da Maré, nesses três dias foram 49 escolas e mais de 16 mil crianças sem aula, com medo. Cotidiano e esperança mais uma vez suspensos.  O data_lábia #11 traz pra roda histórias, dados e análises sobre um cotidiano de exceção vivido por quem mora e trabalha na favela. Roteiro, produção e apresentação: Clara Sacco e Gilberto Vieira Participação: Bruna Silva, Juliana Marques e Pablo Nunes Captação, edição e montagem: Eloi Leones Capa: Jéssica Gulart
54:58
July 30, 2019
Nome Próprio
Como os lugares ganham seus nomes? O que significa perpetuar a  memória de um personagem, associando seu nome a um espaço público? Que  histórias e silêncios esses gestos revelam? Essas são algumas das  perguntas que guiam o trabalho da artista suíço-haitiana Sasha Huber há  mais de uma década. As questões são também o fio condutor da exposição  “Nome Próprio” que está em cartaz no Centro Municipal de Arte Hélio  Oiticica, até o dia 27 de julho de 2019. O  data_labe foi convidado para ministrar uma oficina de podcast como  atividade do programa público da exposição. O episódio #10 do data_lábia  é resultado da oficina. A partir do trabalho da artista (e no meio da  exposição), as/os participantes desenvolveram e gravaram  o podcast com  base em seus nomes, suas origens, afetos e ancestralidades. Roteiro  e Narração: Alex Teixeira, Andreia Santos, Edzita Sigo Viva, Fernanda  Cavalcanti, Gilberto Vieira, Lorena Vicini, Ludmila Teixeira, Roberto  Leão, Victor Silveira, William de Abreu. Edição: Eloi Leones Capa:  Sasha Huber. 
15:59
June 25, 2019
Políticas de drogas e favelas
 Está no ar o episódio #9 do data_lábia. Nós falamos da nova  política de drogas aprovada no dia 15 de maio pelo Senado; sobre redução  de danos e sobre o Espaço Normal, uma referência sobre drogas aqui na  Maré. Quem a gente convidou pro papo intenso e emocionante foi a  Thaynara Gomes do Coletivo Movimentos e o Rodrigo Bodão, do Espaço Normal. Dicas do data_ Baseado em fatos raciais // doc disponível na Netflix sobre a história da Maconha nos EUA; Dráuzio Dichava // Série no Youtube com o Dr. Dráuzio Varela sobre a Maconha; Poucas do Cauê Moura // Plataforma Brasileira de Políticas sobre Drogras // Dirijo // doc sobre o choque com a chegada da proibição da cannabis em comunidade indígena RD com Logan // canal no youtube sobre redução de danos. Roteiro: Clara Sacco e Gilberto Vieira Edição de Som e Mixagem: Eloi Leones  Capa: Mulambö, nasceu João da Motta em 1995 e cresceu entre São Gonçalo e Saquarema. Trabalha a partir da ressignificação de materiais e temas, valorizando símbolos do existir periférico no Rio de Janeiro. Curadoria: Giulia Santos Equipamentos: Cainã Bomilcar e Lucas Andrade
56:41
May 28, 2019
data_lábia #8 // Precisamos falar sobre HIV
O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. Nesta edição abrimos o debate sobre a vida com HIV. Só nos últimos dez anos, 194 mil pessoas contraíram o vírus no Brasil. O debate social, bem como a cobertura jornalística tradicional, segue reforçando estigmas e preconceitos. Nós analisamos os dados do último Boletim Epidemiológico HIV/Aids, escutamos pessoas vivendo com o vírus nas periferias do Rio e convidados para o papo, Rafuska Queiroz e Ancelmo Almeida, ambos militantes por novas narrativas sobre HIV/AIDS.
42:10
November 28, 2018
data_lábia #7 // Visibilidade lésbica
O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. A sétima edição é sobre como a invisibilidade de mulheres lésbicas fomenta a violência cotidiana sofrida por elas e cria barreiras contra o acesso às políticas públicas de saúde, emprego e segurança. Nossa entrevistada é a Dayana Gusmão, moradora da Maré e integrante de diversos coletivos de mulheres lésbicas, incluindo o Sapa Roxa e o Conexão G, um coletivo LGBTQ+ aqui do Complexo.
51:20
August 29, 2018
data_lábia #6 // Maré angolana
O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. A sexta edição é um especial sobre a reportagem Maré Angolana que pode ser acessada aqui: datalabe.org/narrativa/mare-angolana/. O trabalho faz parte da primeira temporada da Residência data_labe onde as jornalistas moradoras da Maré Juliana Sá e Jéssica Pires passaram quatro meses investigando a comunidade angolana presente no bairro.
29:00
July 20, 2018
data_lábia #5 // Para Marielle Franco
O data_lábia busca diversificar ainda mais as formas de visualizar dados. Já são mais de 40 dias desde a execução brutal de Marielle Franco, a 5º vereadora mais votada do Rio de Janeiro em 2016. Marielle era também cria da Maré e inspiração para o data_labe. Esta quinta edição do nosso podcast é dedicada a ela. Nós entrevistamos três mulheres que, assim como a Mari, fazem política na Maré, cada uma a seu modo - Andreza Jorge, Helena Vicente e Teresa Onã. Conversamos ainda com a Juliana Marques, nova analista de dados do data_labe e integrante da rede Ummuna de fortalecimento de muheres negras na política. Para acompanhar o trabalho do data_labe assine nossa news: http://eepurl.com/cJxpY9
37:46
April 25, 2018
data_lábia #4 // Discursos de ódio na internet
O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. Esta quarta edição é dedicada ao debate sobre contra-narrativas que sejam capazes de impedir a proliferação de discursos de ódio na internet. Em tempos de polarização é fundamental criarmos ferramentas para promover debates abertos, justos e que respeiem as individualidades e opiniões de cada um. Ouvimos a Juliana Cunha, diretora de projetos especiais da SaferNet Brasil e a Morena Mariah, co-fundadora da INOVA Colab - uma aceleradora de canais focada em democratização de narrativas audiovisuais na web.
28:35
February 18, 2018
data_lábia #3 // Geração Cidadã de Dados
O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. Nesta edição ouvimos o Vitor Mihessem, nosso parceiro da Casa Fluminense, organização que funciona articulando atores e monitorando políticas para a construção de uma “cidade metropolitana" mais justa. Ele falou sobre a importância de gerarmos dados para disputar políticas.
26:51
December 15, 2017
data_lábia #2 // Violência na Maré
O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. Esta edição é dedicada ao debate sobre a crescente violência no Complexo de favelas da Maré. Nós apresentamos alguns dados, ouvimos a Irone, mãe do Victor que foi alvejado por oficiais do exército enquanto chegava em casa em 2015 e conversamos com dois amigos da Redes da Maré, o Alberto, que é morador daqui há 36 anos e a Lidiane que é coordenadora do eixo de segurança pública da organização. Pra ouvir o podcast além de aqui, adicione nosso feed RSS no seu app de podcasts ou nos procure no Itunes.
44:09
July 19, 2017
data_lábia #1 // Comunicação Comunitária
Primeiro podcast do @data_labe // O data_lábia busca diversificar ainda mais a forma de visualizar dados. Essa edição é dedicada ao debate sobre comunicação comunitária. Nós apresentamos o Mapa da Comunicação Comunitária e conversamos com Gizele Martins e Toni Marlon, comunicadores populares e referências poderosas para o nosso trabalho e para a comunicação feita pelo povo! Aqui (http://bit.ly/2qnBgGp)você tem acesso a entrevista completa com Tony Marlon. Em breve a entrevista com Gizele Martins. Vozes: Clara Sacco, Eloi Leones, Fábio Silva, Fernanda Távora, Gilberto Vieira Técnica e Edição: Cainã Bomilcar Vinheta: Philippe Baptiste Equipe data_labe: Clara Sacco, Eloi Leones, Fábio Silva, Fernanda Távora, Gilberto Vieira, Paloma Calado, Silvana Marcelina, Vitória Lourenço.
40:18
May 15, 2017