Skip to main content
Eu li num paper

Eu li num paper

By Eu li num paper
Podcast baseado em papos de bar entre estudantes de química sobre a ciência, a vida e argumentações absurdas baseadas em nada que, muitas vezes, não chegam a lugar nenhum.
Listen on
Where to listen
Apple Podcasts Logo

Apple Podcasts

Castbox Logo

Castbox

Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Overcast Logo

Overcast

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

Os alquimistas estão chegando
Salve, nobres alquimistas! Separem seus cadinhos, potes de louça e nos acompanhe nesse episódio.  Vocês já ouviram falar de alquimia? Se não, primeiramente vá ouvir o incrível "Tábua de Esmeralda" do Jorge Ben. A alquimia era uma antiga prática protocientífica, onde um dos principais objetivos era transmutar metais de menor valor agregado para outros mais valiosos, além, da clássica, busca pelo elixir da vida. Mas, mesmo assim, o que podemos tirar dessas experiências que tendiam ao exótico? Como a alquimia influenciou na imagem que temos da química e do cientista nos dias de hoje? Para isso, convidamos o Pedro Henrique (@antuneslord )lá do Instituto Federal Fluminense para falar um pouco sobre esse tão esperado tema e, ainda de quebra, discutimos vários aspectos do "ensinar química"! Acompanhe também os materiais produzidos no seu projeto de divulgação científica @hq_historia_quimica !! Se cuidem sempre!
01:35:17
June 01, 2021
Dualidade Química
Saudações nobres terráqueos, nosso mais novo episódio está no ar assim como estava o gás cloro nas trincheiras da 1ª GM! O fazer química e ciência é um ato humano, então estão sujeitos a depender de fatores humanos, contextos históricos e momentos individuais de quem o faz. Muitas vezes na história o desenvolvimento científico veio de origens questionáveis, como de guerras, desenvolvimento de novas drogas, dentre outros tantos. A ciência é, acima de tudo, dualística. Pode ser boa, ou ruim. Um isômero pode aliviar cólicas menstruais e o outro pode levar a má formação e morte dos fetos e, nós como cientistas, devemos ter responsabilidade social e rigor ao que colocamos no mundo. Neste episódio com a ilustre Professora Carolina da UNIFESP discutimos sobre essa tal de dualidade da ciência e do ato de construir conhecimento científico, passando por várias discussões epistemológicas e algumas extrapolações, como de costume ahahah Então coloque seus fones de ouvido, junte a louça e embarque nesse episódio (e em todos os outros que temos, pode ser louça p cacete)! Nos acompanhe em nossas redes sociais e fique de olho que vem muita coisa boa por ai! Beijos e se cuidem. Até a próxima! Referências [1] R. Trapp. The duality of chemistry: Chemistry for peaceful purposes versus chemical weapons!. Pure Appl. Chem.,, 2008. 80 (8), 1763–1772. [2] D. J. Newman and G. M. Cragg, “Natural Products as Sources of New Drugs over the Nearly Four Decades from 01/1981 to 09/2019,” J. Nat. Prod., vol. 83, no. 3, pp. 770–803, 2020, doi: 10.1021/acs.jnatprod.9b01285 [3] Roffman, R. “O mesmo e o não mesmo”. 1ª Edição. 2007.. Editora Unesp. [4] https://super.abril.com.br/sociedade/o-lado-amargo-da-baunilha/ [5] https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45245309
01:24:06
May 02, 2021
Prêmios igNobel
Salve, caros Laureados! No episódio de hoje, tivemos a honra de receber a Fabi e o Igor (vulgo 14) para selecionarmos os melhores prêmios igNobels que já foram atribuídos. Você não faz ideia do que seja? Te dou um exemplo: houve uma prova e uma contra prova que a coca cola tem propriedade que matariam espermatozoides. Como eles fizeram isso? Fica aí a grande dúvida.  
01:23:03
April 05, 2021
10 anos do acidente de Fukushima
Salve, rapaziada!  Onde vocês estavam há dez anos quando o acidente na usina nuclear de Fukushima aconteceu? Tomando um leite com pera? Como eu sei? Você tem cara.  Brincadeiras à parte, no quarto episodio do paper review vamos discorrer sobre o acidente que aconteceu em 2011 no Japão. Vamos falar das principais diferenças deste acidente quando comparado com o que aconteceu em Cherbonyl em 1986. Além disso, uma discussão sobre a utilização ou não da energia nuclear como matriz energética também se faz presente!  Referências [1]https://web.archive.org/web/20110616013044/http://www.world-nuclear-news.org/RS_Fukushima_faced_14-metre_tsunami_2303113.html [2] Institute of Nuclear Power Operations. Special Report on the Nuclear Accident at the Fukushima Daiichi Nuclear Power Station. 2011
58:18
March 22, 2021
A química na guerra
Salve meus soldados! Preparados para uma pequena viagem no tempo? Neste episódio nós debatemos a evolução da Química nas guerras, desde gás mostarda até o Fat Man. Entenda também como um cara que mudou o mundo todo com uma descoberta, salvando milhões da fome, também levou a morte de milhares com o gás cloro. Mas será que esses avanços só serviram para a guerra ou alguns deles têm alguma função que não seja pra matar pessoas hoje em dia? Apertem as fivelas, coloquem as bandoleiras e não esqueçam suas máscaras de gás, porque esse episódio está um estouro! Referências [1] Adams, M. R. The birth of modern industrial microbiology: the acetone–butanol fermentation. The International Journal for the History of Engineering & Technology, 87(1), 81–95, 2017. doi:10.1080/17581206.2017.1329970 [2] Le Thanh Huong Nguyen, Céline Raynaud, Isabelle Meynial Salles, Philippe Soucaille. Reviving the Weizmann process for commercial n-butanol production. Nature Communications, Nature Publishing Group, 2018, 9 (1), 8 p. ⟨10.1038/s41467-018-05661-z⟩ [3] Tan SY, Tatsumura Y. Alexander Fleming (1881-1955): Discoverer of penicillin. Singapore Med J. 2015;56(7):366-367. doi:10.11622/smedj.2015105 [4] https://www.gutenberg.org/files/1059/1059-h/1059-h.htm (The world set free) [5] Silva, Marcos Valle Machado da. 2019. “O Tratado Sobre a Proibição De Armas Nucleares (TPAN): Inovação No Desarmamento Nuclear Ou esforço inócuo?”. Meridiano 47 - Journal of Global Studies 20 (dezembro). https://doi.org/10.20889/M47e20012. [6] Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb (Dica dos cinéfilos cult)
01:28:02
March 13, 2021
Coquetel de moléculas
Saudações, coquetéis de moléculas! Com as veias dilatadas e cheias de taurina, com a salada cheia de vinagre e tomando um dramin, pra dar uma balanceada, nós trazemos mais um episódio pra vocês! Neste episódio, recebemos o Guilherme e o Renan para falarmos sobre uma miscelânea de moléculas para mostrar quais seriam as melhores que temos nesse nosso mundão. E como ficará evidente, o que mais tem nesse episódio é clubismo. E com isso, você saberá que nem tudo que está nesse episódio deverá ser levado a sério. Esperamos que entendam.  Lembrem-se de nos seguir em sua plataforma de podcasts preferida e em todas as nossas redes sociais @linumpaper!
01:33:33
February 13, 2021
Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver: ciência post mortem
Salve, rapaziada. Tem alguém formado em CSI Las Vegas e na ironia e sarcasmo de Brás Cubas aí? Caso positivo, hoje é um episódio de prato cheio para você! Neste episódio, recebemos o Daniel Moura (@dslmoura), biólogo forense e divulgador científico no Universo Racionalista (@universoracionalista) e no Biolise (@biolisecast). Durante a conversa, abordamos sobre as principais dúvidas sobre a ciência forense, aplicação da computação nesta área, como é a vida de um pesquisador forense e percebemos que, pasmem, o CSI não acontece na vida real. Além disso, ficará explícito que a forense é uma vertente do conhecimento que onde as menores pistas, como um determinado ácaro, podem auxiliar na investigação dos casos. Leituras recomendadas [1] Introdução à Biologia Forense. Angela Andreassa, Ian Marques Cândido, Marina Milanello do Amaral, Rodrigo Grazinoli Garrido, Eduardo Leal Rodrigues, Gilcelene do Socorro Medeiros de Brito Costa. 2ª Edição, Millennium Editora, 2018; [2] Forensic Science: An Introduction to Scientific and Investigative Techniques. Stuart H. James, Jon J. Nordby, Suzanne Bell. CRC Press, 4th edition, 2014.
01:39:20
January 31, 2021
Voltamos, mas o tema continua de férias.
Salve, rapaziada! Estamos de volta para a temporada de 2020.2.  E, para abrir os caminhos, trazemos um episódio caótico. Onde tínhamos um tema como fio condutor, mas a bancada e os servidores, durante a gravação, não deixaram que ele fosse seguido. Mas, ainda sim, tem algumas informações e notícias relevantes! Referências [1] https://www.gov.uk/government/news/state-of-the-art-robot-seeks-out-chemical-agents (robôs do Reino Unido); [2] https://corporate.mcdonalds.com/corpmcd/our-purpose-and-impact/our-planet/packaging-and-waste.html/asdf (nota do Mc Donalds); [3] U.S. Environmental Protection Agency. 2018. Basic information on PFAS. Updated 6 December 2018. https://www.epa.gov/pfas/basic-information-pfas; [4] Susmann HP, Schaider LA, Rodgers KM, Rudel RA. 2019. Dietary habits related to food packaging and population exposure to PFAS. Environ Health Perspect 127(10):107003, PMID: 31596611, https://doi.org/10.1289/EHP4092; [5] National Toxicology Program. 2020. Immunotoxicity associated with exposure to perfluorooctanoic acid (PFOA) or perfluorooctane sulfonate (PFOS). Updated 24 January 2020. https://ntp.niehs.nih.gov/pubhealth/hat/noms/pfoa/index.html; [6] Brendel S, Fetter E, Staude C, Vierke L, Biegel-Engler A. 2018. Short-chain perfluoroalkyl acids: environmental concerns and a regulatory strategy under REACH. Environ Sci Eur 30(1):9, PMID: 29527446, https://doi.org/10.1186/s12302-018-0134-4; [7] Olsen GW, Chang SC, Noker PE, Gorman GS, Ehresman DJ, Lieder PH, et al. 2009. A comparison of the pharmacokinetics of perfluorobutanesulfonate (PFBS) in rats, monkeys, and humans. Toxicology 256(1–2):65–74, PMID: 19059455, https://doi.org/10.1016/j.tox.2008.11.008; [8] Russell MH, Nilsson H, Buck RC. 2013. Elimination kinetics of perfluorohexanoic acid in humans and comparison with mouse, rat and monkey. Chemosphere 93(10):2419–2425, PMID: 24050716, https://doi.org/10.1016/j. chemosphere.2013.08.060. 7. Cordner A, De La Rosa VY, S
01:01:19
January 18, 2021
Paper Review 3 - 50 anos do primeiro objeto pousado em outro planeta
Saudações, nobres soviéticos. Tomando aquela vodka, que parece combustível de foguete, pra esquentar o clima numa Guerra Fria? Se sim, você está errado pois deveria deixar os combustíveis disponíveis para as naves. Pois, hoje, 15/12/20, fazem 50 anos que o primeiro objeto lançado pelos homens pousou em um planeta e não em um satélite, como em 69 com os EUA na Lua.  Então, nesse programa decidimos fazer uma linha do tempo e comentar as principais ações que resultaram naquele fatídico pouso em vênus nos anos 70. Mostramos o quanto a ciência avançou naquela época por conta dos interesses internacionais que giravam em torno da Guerra Fria da época. 
46:44
December 16, 2020
Produtos Naturais: eu quero do boldo
Todos temos aqueles parentes que conseguem curar qualquer coisa com um chá de gengibre, conhaque de alcatrão, mel e uma folha de boldo (para acrescentar um ótimo retrogosto). Há quem jure que funcione e outros que não. Felipe Boladão adorava o boldo para não ficar louco, mas não sabemos ao certo se o chá de boldo ameniza esse quadro. Mas o que isso tem a ver com a química dos produtos naturais? Essa vertente da química atua para encontrar novos compostos que apresentem atividades biológicas. Mas será que essas tradições populares ajudam em algo para esses químicos? Talvez o pessoal do oriente tenha essa resposta. Esse episódio é uma, singela, homenagem aos falecidos professores Elisaldo Carlini e Otto Gottlieb e, o ainda em plena atividade, professor Raimundo Braz Filho Referências [1] Entrevista do professor Raimundo Braz Filho no Moléculas podcast https://open.spotify.com/episode/3oHuqf6zXVWe9DzBroyETo?si=uSXHcXAURgG7jzWoKRWC5Q; [2] Artigo debatendo a importância do Otto na UFRRJ http://static.sites.sbq.org.br/rvq.sbq.org.br/pdf/v3n3a09.pdf ; [3] A. D. Coutinho, A. L. C. Domingues, F. J. N, and A. ST, “Tratamento da esquistossomose masônica hepatosplênica com praziquantel,” Rev Inst Med Trop Sao Paulo, vol. 26, no. 1. pp. 38–50, 1984; [4]S. Ismail, W. Kamal, and H. Salem, “Schistosoma Prevalence World-wide,” SM Gr., pp. 1–8, 2016; [5]   H. Liu, S. William, E. Herdtweck, S. Botros, and A. Dömling, “MCR Synthesis of Praziquantel Derivatives,” Chem. Biol. Drug Des., vol. 79, no. 4, pp. 470–477, 2012, doi: 10.1111/j.1747-0285.2011.01288.x. [6] D. J. Newman and G. M. Cragg, “Natural Products as Sources of New Drugs from 1981 to 2014,” J. Nat. Prod., vol. 79, no. 3, pp. 629–661, 2016, doi:10.1021/acs.jnatprod.5b01055; [7] D. J. Newman and G. M. Cragg, “Natural Products as Sources of New Drugs over the Nearly Four Decades from 01/1981 to 09/2019,” J. Nat. Prod., vol. 83, no. 3, pp. 770–803, 2020, doi: 10.1021/acs.jnatprod.9b01285.
01:34:30
December 05, 2020
Jornalismo científico: o quão importante ele é?
Salve, rapaziada! Se você parar pra pensar, o jornalismo é uma profissão de extrema relevância e que deve ser exercida de maneira honesta. Há quem diga que um bom jornalista é igual um Escort Xr3 93 conversível: raro. Há, ainda, quem diga que um bom jornalista científico, que é aquele que passa o conhecimento da academia para a população em massa, é igual mosca branca: vc já viu uma mosca branca? Nesse episódio, vamos conversar com o Jhonatan Dias, aluno de Jornalismo na Universidade Federal de Uberlândia e envolvido com projetos de jornalismo científico. Durante a conversa, abordamos diversos tópicos relevantes, desde a polêmica sobre a alteração ou não nos textos jornalísticos, até os principais nomes nesta área no país. Como sempre é mencionado, o Gustavo estava envolvido com o jornalismo desde criança. Escrevendo matérias ou visando furo de reportagem? Não, pois ele não tem capacidade pra isso! Mas ele entregava jornal na madrugada. Caso você busque suas referências no twitter, talvez esse seja o seu episódio. O motivo? Descubra. Referências [1] https://www.unicamp.br/unicamp/ju/noticias/2018/08/31/cinco-visoes-sobre-o-jornalismo-cientifico-no-pais; [2] https://acaoeducativa.org.br/wp-content/uploads/2018/08/Inaf2018_Relat%C3%B3rio-Resultados-Preliminares_v08Ago2018.pdf; [3] Massarani, L.; Moreira, I. C. Science communication in Brazil: A historical review and considerations about the current situation. Anais da Academia Brasileira de Ciências, 88(3), 1577-1595, 2016 [4] http://www.bocc.ubi.pt/pag/bertolli-claudio-elementos-fundamentais-jornalismo-cientifico.pdf.
01:31:39
November 20, 2020
Professor Girafales e Tibúrcio: dificuldades no ensino de ciências
Salve, rapaziada! No episódio de hoje vamos falar com o Felipe (@flp_olvr) e Rômulo (@romulo.nato), ambos professores e divulgadores científicos no Resenha com Ciência (@resenhaciencia)! Neste episódio, foi debatido desde como o Flamengo consegue fazer péssimas escolhas táticas, em jogos passados, até a maneira mais efetiva de chamar a atenção dos seus alunos para um determinado assunto, desta forma, fazendo com que eles abram os olhos para as incríveis situações que a ciência pode nos proporcionar. Mas como fazer isso? Qual seria a melhor tática pra cativá-los? Talvez, só de você olhar a capa desse ep, você terá alguma noção. 
02:05:14
November 07, 2020
Filmes de Langmuir e festas moleculares
Salve, salve rapaziadaaaaaaaaaaaa! No episódio de hoje, a banca tinha uma missão: mostrar como os conceitos mais simples da química podem gerar conceitos interessantíssimos! Estamos falando, mais especificamente, de interações intermoleculares e as aplicações em filmes de Langmuir para modelos de membrana! Mas você irá se perguntar: os filmes de Langmuir são melhores que a primeira trilogia do Homem Aranha com o Tobey Maguire? A resposta é subjetiva. Mas não tão subjetiva como as definições de interações intermoleculares que o Natan trouxe.  O que interações intermoleculares têm a ver com festas? Descubra. Lembre-se de nos seguir no twitter e instagram, @linumpaper e, qualquer BO chama o Guilherme no seu instagram  @guinunez_ Abraçoooooooooo! Referências  [1] Harrison, T. J., & Dake, G. R. An Expeditious, High-Yielding Construction of the Food Aroma Compounds 6-Acetyl-1,2,3,4-tetrahydropyridine and 2-Acetyl-1-pyrroline. The Journal of Organic Chemistry, 70(26), 10872–10874. , 2005. doi:10.1021/jo051940a; [2] Newton, A. E., Fairbanks, A. J., Golding, M., Andrewes, P., & Gerrard, J. A. The role of the Maillard reaction in the formation of flavour compounds in dairy products – not only a deleterious reaction but also a rich source of flavour compounds. Food & Function, 3(12), 1231, (2012). doi:10.1039/c2fo30089c; [3] Tamanna, N., & Mahmood, N. Food Processing and Maillard Reaction Products: Effect on Human Health and Nutrition. International Journal of Food Science, 2015, 1–6. doi:10.1155/2015/526762; [4] Jaroque GN, Sartorelli P, Caseli L. Interfacial vibrational spectroscopy and Brewster angle microscopy distinguishing the interaction of terpineol in cell membrane models at the air-water interface. Biophys Chem. 2019 Mar;246:1-7. doi: 10.1016/j.bpc.2018.12.003. Epub 2018 Dec 20. PMID: 30594881; [5] Jaroque, G. N., Sartorelli, P., & Caseli, L. (2020). The effect of the monocyclic monoterpene tertiary alcohol γ-terpineol on biointerfaces containing cholesterol. Chemistry and Physics of Lipids, 230, 104915. doi:10.1016/j.chemphyslip.2020.104915  [6] Dynarowicz-Łątka, P., Dhanabalan, A., & Oliveira, O. N. (2001). Modern physicochemical research on Langmuir monolayers. Advances in Colloid and Interface Science, 91(2), 221–293. doi:10.1016/s0001-8686(99)00034-2  [7] Ariga, K. Don’t Forget Langmuir–Blodgett Films 2020: Interfacial Nanoarchitectonics with Molecules, Materials, and Living Objects. Langmuir 2020 36 (26), 7158-7180. DOI: 10.1021/acs.langmuir.0c01044
01:47:35
October 25, 2020
A bancada está puta: entenda o caso
Salve, rapaziada.  Nesse episódio do paper review a bancada está com o estomago revirado e mostrará os motivos em 30 minutos. Já não é de hoje que a argumentação sobre o respaldo científico é utilizada quando mais convém. Entretanto, quando milhões de pessoas sofrem as consequências desse tipo de argumentação, “algo de errado não está certo” (como diria o poeta).  Referências [1]https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1440430; [2]https://jornal.usp.br/ciencias/fosfoetanolamina-nao-e-eficiente-contra-o-cancer-em-pessoas/#:~:text=%2F%3Fp%3D242385-,Paulo%20Hoff%2C%20diretor%20geral%20do%20Instituto%20do%20C%C3%A2ncer%20do%20Estado,da%20fosfoetanolamina%20contra%20o%20c%C3%A2ncer.; [3]https://saude.estadao.com.br/noticias/geral,estudo-da-oms-aponta-ineficacia-da-hidroxicloroquina-e-outros-3-antivirais-contra-a-covid-19,70003477471; [4]https://economia.uol.com.br/colunas/carla-araujo/2020/07/23/coronavirus-cloroquina-exercito-ja-produziu-3-milhoes-comprimidos.htm; [5] https://extra.globo.com/noticias/brasil/exercito-brasileiro-tem-estoque-de-cloroquina-para-18-anos-rv1-1-24500378.html; [6]https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2020/08/governo-abre-credito-de-r-1-9-bilhao-para-producao-e-aquisicao-de-vacina-contra-o-coronavirus; [7] https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/agencia-estado/2020/10/18/vacina-do-butanta-e-segura-mas-aval-sobre-eficacia-fica-para-o-fim-do-ano.htm; [8] https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/10/19/voluntario-em-testes-pontes-diz-que-annita-reduz-carga-viral-da-covid-19.htm; [9] https://saude.abril.com.br/medicina/nitazoxanida-contra-o-coronavirus-o-que-sabemos-sobre-esse-tratamento/. 
31:46
October 21, 2020
Prêmio Nobel 2020
Salve, laureados! Bem vindos ao primeiro episódio do nosso quadro Paper Review, onde tentaremos cobrir alguns dos acontecimentos que sejam importantes para a química, as ciências ou algo que as envolva em uma escala maior. Nesse primeiro episódio do Paper Review, recebemos o Nicolas (@nicoagulha) e o Pedro (@pedrinhopark_), ambos dos Netos de Darwin (netosdedarwin), para falar sobre o Prêmio Nobel de Química de 2020! Você irá descobrir no que se baseia a técnica CRISPR/Cas9, como ela foi descoberto acidentalmente, e as diversas aplicações possíveis! Desde tratamentos de câncer, possíveis tratamentos contra bactérias, vírus e a cura da calvície (alguns membros da bancada aguardam por isso). Ficará evidente que o tratamento genético abre margem pra discussão de muitas coisas sobre o futuro. Será que viveremos em algum futuro onde os nossos palpites estavam certos? Descubra no decorrer do episódio! Não se esqueça de seguir o Netos de Darwin nas redes sociais deles e nas principais plataformas de podcasts, os caras são brabíssimos e trazem conteúdos relevantissimos e bem embasados! Referências [1] https://www.nature.com/articles/d41586-020-02765-9; [2] Doudna, J. A. e Charpentier, E. The new frontier of genome engineering with CRISPR-Cas9. Science, 2014. 346(6213), 1258096–1258096; [3] Jinek, M., Chylinski, K., Fonfara, I., Hauer, M., Doudna, J. A., & Charpentier, E. A Programmable Dual-RNA-Guided DNA Endonuclease in Adaptive Bacterial Immunity. Science,  2012. 337(6096), 816–821; [4] Yi, L. e Li, J. CRISPR-Cas9 therapeutics in cancer: promising strategies and present challenges. Biochimica et Biophysica Acta (BBA) - Reviews on Cancer, 2016. 1866(2), 197–207; [5] Peng, Y. The morality and ethics governing CRISPR–Cas9 patents in China. Nature Biotechnology, 2016. 34(6), 616–618; [6] Brokowski, C. e Adli, M. Journal of Molecular Biology. 2019. 431,88–101; [7] https://www.nature.com/articles/d41586-020-00001-y; [8] https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/12/30/cientista-chines-que-criou-bebes-geneticamente-modificados-condenado-a-tres-anos-de-prisao.ghtml; [9] http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2013/05/ovelha-que-recebeu-gene-de-medusa-nasce-fluorescente-no-uruguai.html; [10] https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2020/07/04/tratamento-brasileiro-contra-hiv-tem-resultado-considerado-historico; [11] https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/09/30/primeiro-homem-curado-do-hiv-morre-de-cancer-nos-eua.ghtml; [12] https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2020/10/entenda-tecnica-crisprcas9-que-ganhou-o-nobel-de-quimica-de-2020.html; [13] O gene, uma história íntima. Siddhartha Makherjee, companhia das Letras; 1ª edição; [14] A colher que desaparece: e outras histórias reais de loucuras, amor e mortes a partir dos elementos químicos Sean Kean, zahar; 1ª Edição; [15] O polegar do violinista: e outras histórias da genética sobre amor, guerra e genialidade. Sean Kean, zahar; 1ª Edição. Podcasts mencionados [1] Ted Talk - How CRISPR lets us edit our DNA | Jennifer Doudna https://www.youtube.com/watch?v=TdBAHexVYzc&t=3s; [2] Dragões de Garagem #148 CRISPR https://dragoesdegaragem.com/podcast/dragoes-de-garagem-148-crispr/ ; [3] Netos de Darwin, Ep. 9 Vacinas: como são produzidas https://open.spotify.com/episode/0FmkqUsaeKZhBC36Yi8lkT?si=5VtK1GFUTzqzmFy6Kqzzcw; [4] Netos de Darwin, Ep. 7 - A importância da ciência de base https://open.spotify.com/episode/1yGi4dOwzTWV5svvnkndou; [5] Eu li num paper, Ep. 6 - Nanotecnologia: já estamos vivendo no futuro? https://open.spotify.com/episode/2vj00N8IcysiSIidefb5g6; [6] Eu li num paper, Ep. 4 - A árdua trajetória feminina no meio científico https://open.spotify.com/episode/32PJ3lIA4zCYjpAQU1V9et?si=O-3G_gaMRA-_0u3-uxOQIg.
01:21:05
October 10, 2020
Cientificismo e volatilidade do conhecimento
Salve, rapaziada! Como podemos definir o episódio de hoje? Bem, não sabemos ao certo. Talvez como um castelo nas nuvens onde ele é preso ao solo por um fio (que seria o tema) chamado cientificismo e volatilidade do conhecimento científico. Você não entendeu direito o que isso significa? Não tem problema, é coisa de capricorniano mesmo. Ouve e tenta descobrir o que tentamos dizer. [1] A estrutura das revoluções científicas. Thomas S. Kuhn. Editora Unesp, 2ª edição; [2] https://www.theguardian.com/commentisfree/2020/sep/08/robot-wrote-this-article-gpt-3; [3] https://darwinedeus.blogfolha.uol.com.br/2020/08/04/do-ceticismo-sadio-a-duvida-venenosa-as-origens-do-negacionismo/; [4] Bastiaan T. Rutjens, Robbie M. Sutton e Romy van der Lee. Not All Skepticism Is Equal: Exploring the Ideological Antecedents of Science Acceptance and Rejection.Personality and Social Psychology Bulletin, 2017; DOI: 10.1177/0146167217741314; [5]https://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia-nao-algo-que-se-possa-fazer-sem-dinheiro-diz-presidente-do-cnpq-24652718; Bônus (música feita por AI) https://oglobo.globo.com/cultura/musica/nova-musica-do-rzo-tem-coautoria-de-sabotage-via-inteligencia-artificial-20511675; https://www.youtube.com/watch?v=edhZKOO2Dhg 
01:20:31
October 03, 2020
Nanotecnologia: já estamos no futuro?
Salve, meus queridoooooos!  O que vocês conhecem sobre nanotecnologia? Se for nada ou quase nada, você e a banca tem isso em comum.  Para contornar isso, no episódio de hoje trocamos ideia sobre nanotecnologia com o Danilo Losito (@danilosito ), Mestre e futuro Doutor pela Unifesp, que já trabalha nessa área desde a graduação. Durante a conversa fica evidente o potencial da nanotecnologia vencer a morte no x1, além de ser passado um panorama geral sobre quais são as definições, características, aplicações onde menos se imagina desse tipo de estudo, sempre reforçando a extrema importância de se investir no desenvolvimento da ciência.  Ficará claro que o Gustavo virou fanboy de bilionário excêntrico e que o restante da bancada não sabe manter a postura séria por muito tempo.  Não se esqueça de se inscrever pela sua plataforma preferida e nos acompanhar no twitter e no Instagram!!  Referências  [1] G. Macias, J. R. Sperling, W. J. Peveler, G. A. Burley, S. L. Neale, and A. W. Clark, “Whisky tasting using a bimetallic nanoplasmonic tongue,” Nanoscale, vol. 11, no. 32, pp. 15216–15223, 2019, doi: 10.1039/c9nr04583j;  [2] S. M. Dizaj, F. Lotfipour, M. Barzegar-Jalali, M. H. Zarrintan, and K. Adibkia, “Antimicrobial activity of the metals and metal oxide nanoparticles,” Mater. Sci. Eng. C, vol. 44, pp. 278–284, 2014, doi:10.1016/j.msec.2014.08.031;  [3] S. Ko et al., “Amine functionalized magnetic nanoparticles for removal of oil droplets from produced water and accelerated magnetic separation,” J. Nanoparticle Res., vol. 19, no. 4, 2017, doi: 10.1007/s11051-017-3826-6;  [4] Nanotechnology versus coronavirus. Nat. Nanotechnol. 15, 617 (2020). https://doi.org/10.1038/s41565-020-0757-7; Bônus: https://www.whereisroadster.com/views/index.htm Bônus: https://www.whereisroadster.com/views/index.html
01:29:44
September 18, 2020
Rinha periódica
Salve, meus queridooooooooos!  Quais são os seus elementos químicos preferidos? Nesse episódio de papo de bar a bancada mostrou as suas principais características: provocações, afirmações tendendo a não ter base e, por consequência, escolhas não tão lógicas. E, a partir de uma rinha de elementos químicos, mostraram o tanto de cultura inútil (ou não) que eles tem. A dúvida que fica é: Marcos teria acertado a sua previsão?  Siga a gente nas redes sociais! @linumpaper no Twitter e no Instagram. Referências e matérias relevantes  [1] R. Rabin, “Warnings unheeded: A history of child lead poisoning,” Am. J. Public Health, vol. 79, no. 12, pp. 1668–1674, 1989, doi: 10.2105/AJPH.79.12.1668; [2] D. Yeter, E. C. Banks, and M. Aschner, “Disparity in risk factor severity for early childhood blood lead among predominantly African-American black children: The 1999 to 2010 US NHANES,” Int. J. Environ. Res. Public Health, vol. 17, no. 5, pp. 1–26, 2020, doi: 10.3390/ijerph17051552; [3] B. S. Hetzel, “Iodine Deficiency Disorders (Idd) and Their Eradication,” Lancet, vol. 322, no. 8359, pp. 1126–1129, 1983, doi: 10.1016/S0140-6736(83)90636-0; [4] https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/65/wr/mm6539a9.htm; [5] https://www.nytimes.com/2000/11/02/world/gandhi-s-spirit-hovers-as-india-debates-iodized-salt.html; [6] https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/lead-poisoning-and-health.
01:04:33
September 05, 2020
A árdua trajetória feminina no meio científico
Salve, rapaziada! Quando falamos em ciência, os primeiros nomes que vêm a mente, quase sempre, são de homens. Einstein, Lavosier, Alexander Fleming, Lewis entre diversos outros. Mas quais são as principais mulheres? Neste episódio vamos debater nomes tão importantes quanto Marie Curie. Vamos falar sobre as principais dificuldades da mulher nesse ambiente, e trazer alguns dados que podem indicar que estamos vivendo uma época de transição. Siga a gente em nossas redes sociais! @linumpaper no intagram e no twitter. Referências [1] As cientistas: 50 mulheres que mulheres mudaram o mundo. Rachel Ignotofsky. Blucher (2017); [2] Breve história de quase tudo. Bill Bryson. Companhia das letras (2017); [3] J. Huang, A. J. Gates, R. Sinatra, and A. L. Barabási, “Historical comparison of gender inequality in scientific careers across countries and disciplines,” Proc. Natl. Acad. Sci. U. S. A., vol. 117, no. 9, pp. 4609–4616, 2020, doi: 10.1073/pnas.1914221117; [4] L. Massarani, A. E. Pedreira, and Y. Castelfranchi, “Cientistas na TV: como homens e mulheres são representados no Jornal Nacional e no Fantástico,” Cad. Pagu, vol. 56, pp. 1–34, 2019; [5] E. Y. Ichikawa, J. M. Yamamoto, and M. C. Bonilha, “Ciência, Tecnologia e Gênero: Desvelando o Significado de Ser Mulher e Cientista,” Serviço Soc. em Rev., vol. 11, no. 1, pp. 1–15, 2008; [6] F. F. da Silva and P. R. C. Ribeiro, “Trajetórias de mulheres na ciência: ‘ser cientista’ e ‘ser mulher,’” Ciência Educ., vol. 20, no. 2, pp. 449–466, 2014, doi: 10.1590/1516-73132014000200012.
58:59
August 21, 2020
Histórias de laboratório
Salve, rapaziadaaa! Tudo à pampa?  Neste novo episódio temos a honra de dar início ao quadro papo de bar, onde falamos sobre temas diversos que não chegam em lugar nenhum!  Nesse vamos falar das nossas histórias , e algumas do público, sobre laboratório e algumas outras coisas que só as vivências, em ambientes como esses, irão proporcionar. Vai ficar claro que em um bom laboratório temos pé de cabra e um martelo para adequar a contagem de vidrarias no inventário, além de ensinarmos a forma certa de verificar se uma chapa de aquecimento está funcionando e o debate sobre valores de frete dos correios também se fez presente. Se você não se deu por satisfeito, veja como há uma clara conexão entre um acidente envolvendo um aquário e o projeto Manhattan. Não entendeu como uma coisa tem ligação com a outra? Ouça o episódio e aprenda sobre o que não se deve fazer no laboratório!
01:18:38
August 07, 2020
Do técnico à universidade: produções tecnocientíficas
Salve, rapaziada! Mais um episódio do “Eu li num paper” está no ar. E desta vez recebemos Igor e Isabella, ambos ingressantes de 2020 do curso de química na UNIFESP. Eles vieram falar dos projetos de pesquisa que realizaram nos cursos técnicos, a experiência que adquiriram lá, mostrando que não existe necessidade de uma formação acadêmica para fazer ciência. Além disso, algumas histórias e umas risadas como sempre. Siga a gente em nossas redes sociais e bom episódio! @linumpaper no instagram e no twitter
01:05:20
July 24, 2020
Piloto
Salve, salve salve meus queridos!  Sejam muito bem vindos ao primeiro episódio do nosso querido podcast “Eu li num paper”! Nesse episódio batemos um papo sobre quem somos, o que fazemos, nossas motivações para tirar esse projeto do papel e sobre as nossas perspectivas para o futuro! Vem com a gente no nosso Piloto! Sigam nossos perfis no twitter, instagram e na sua plataforma de streaming preferida!
40:01
July 08, 2020