Skip to main content
Modo de Produção Acústico

Modo de Produção Acústico

By Gilberto Felisberto Vasconcellos
Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.
Where to listen
Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

Currently playing episode

39. Só o socialismo limpo salva

Modo de Produção Acústico

1x
79. Olha aqui, papai!
A recorrente preocupação de encontrar as causas do fenômeno bolsonaro. Essa maneira de estar no mundo que exige a morte da mãe e choca toda a cultura brasileira. Um novo livro vem aí discutindo esse feminicídio, esse ataque contra a mulher, esse matricídio. A necessidade de ir além para capturar a verdadeira essência dessa forma de atuar politicamente que agora se expressa sem pejo. Este é o tema do comentário de Gilberto   Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio  Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (24.09.22) 
07:12
September 24, 2022
78. Direito de morrer
Janloquigodard revolucionário. A escolha humanista da morte indolor. Godard, que amava Epicuro. Godard, que era amado por Glauber Rocha, e o cara mais popular no Rio de Janeiro durante muito tempo. Godard é a palestina na favela carioca. "Declaro a ele o meu amor". Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (17.09.22) Foto: Chistof Schuerpf
03:39
September 21, 2022
77. Pênis Uatizapis
O teatro surdo e castrado do Brasil atual. O pênis que verdadeiramente importa é o internacionalizado e imbroxável de Paulo Guedes que segue entregando o Brasil sob o aplauso de uma claque porno-idiotizada do uatizapi,bem como pela mídia comercial. O Guedes é o Marlon Brando da cultura brasileira. Bolsonaco again é o perigo da tortura, daí a necessidade de Cyro Gomes superar o rancor. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (10.08.22)
05:05
September 14, 2022
76. Getúlio, a Petrobras e o nacionalismo
Getúlio marcou a história do país para sempre. Ele não queria o Brasil escravo de ninguém. Mas, não conseguiu. Deu um tiro no coração para salvar a Petrobras, acossada pelas empresas estrangeiras. Evitou o golpe em 1954, que veio 10 anos depois. Foi só depois, com o FHC, que a estatal começou a ser desmontada. E agora, aí está o Paulo Guedes dando a pá de cal. O Brasil entregue, o Brasil escravo, subdesenvolvido e superexplorando os trabalhadores. Este é o tema do comentário de Gilberto   Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (27.08.22)
04:60
August 31, 2022
75. Globo luxo, Milícia lixo
Apelar ara a fé é uma estratégia para emburrecer a plateia. O espírito santo não vai descer. Nem para os da teoria da libertação, nem para os da prosperidade. Os políticos estão instrumentalizando a religião para seus interesses. Isso dificulta a distinção entre eles. O único que nunca bateu cabeça para a religião foi o Leonel Brizola. Por isso é preciso fazer a crítica da religião, que é política em qualquer lugar do mundo. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (20.08.22) Foto: Aaron Burden/ Unsplash
06:05
August 24, 2022
74. O voto é uma mercadoria
A direita entende o voto como algo que pode ser vendido e comprado. O empobrecido sem comida, sem casa, sem estudo, acaba votando mal. O voto não pode ser abstraído das condições materiais da vida dos trabalhadores. Leiam, leiam, leiam, leiam Gondim da Fonseca. A miséria é nossa. O dinheiro compra o voto. Há que estudar e compreender qual o papel do voto nesse país. É idealismo pensar que, num átimo, os trabalhadores decidam por um voto consciente. Essa é a tragédia das eleições. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (13.08.22)
07:42
August 15, 2022
73. A Petrobras no fio da história
Humilhada e sacaneada desde Getúlio Vargas. A Petrobras. 68 anos de vida. Um sangue que corre na história do Brasil. E que segue vilipendiada, privatizada e usada. A classe dominante (e dominada porque capacho das empresas multinacionais) não quer a autonomia energética do país porque não quer a soberania nacional. Por isso coloca num plano secundário a Petrobras, que é um patrimônio histórico do país. Os inimigos da Petrobras são os inimigos do Brasil. Este é o tema do comentário de Gilberto   Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (05.08.22) (Imagem: Shutterstock/iStock/Montagem Felipe Alves)
06:57
August 08, 2022
72. Analisar o desejo bolsonaro
Há que investigar o que significa o voto em Jair Bolsonaro. E a necessidade imperiosa de revisar o papel das Forças Armadas nacionais, já que foi uma chapa de militares que chegou ao poder pelo voto. Essa gente foi desejada, e isso não é qualquer coisa. É um fato irrefutável. Significou um aplauso ao golpe de 1964. E essa vitória colocou abaixo o que havia de melhor da cultura brasileira. Temos , portanto, que fazer uma acurada revisão crítica sobre essa proposta autoritária que encantou a população. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (30.07.22)
05:26
July 31, 2022
71. Que a euforia não nos cegue
Sentimento jubiloso. O presidente vai rapar fora. Há uma euforia no ar. Mas há que ter cuidado, o agrobusinesspopvideofinanceiro continua na estrutura social e simbólica. A Rede Globo segue insistindo nisso. O pop é o capitalismo planetário e segue contaminando o povo, com veneno que se come e que se vê. O capital não quer nosso bem, ele quer os nossos bens. Essa é a sua essência. Por isso que o ser Bolsonaro não vai desaparecer tão cedo, mesmo que a figura dele se vá. A coisa bolsonara segue. Fiquem atentos. Comentário veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (22.07.22) Foto: Evaristo SA / AFP
06:47
July 26, 2022
70. Conversando com Ludovico
Ludovico Silva, escritor, filósofo, teórico, boêmio, nascido em Caracas. Um dos grandes marxistas da Venezuela. Morreu em 1988. Neste episódio Gilberto Felisberto Vasconcellos conversa com ele, a partir de uma carta escrita, e claro, nunca enviada, porque o Giba conheceu o Ludovico bem depois que ele já havia encantado. Mas, esse foi um encontro sonhado. É um momento de melancolia e poesia e política. Comentário veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (15.07.22) 
04:59
July 18, 2022
69. O golpe já foi dado
Há muita conversa sobre golpe. Vem, não vem, tá vindo. Ele já veio, com o a PEC calamidade. A hipocrisia de todo Congresso Nacional que aprovou o auxílio emergencial. A esmola. Coisa que o capital usa para ludibriar os famintos. Com a PEC foi-se a Constituição e foi-se a seriedade do voto. O Brasil hoje é uma telenovela. Este é o tema do comentário de  Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe,   da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (09.07.22)
03:35
July 09, 2022
68. É hora agora de jair embora
As coisas bolsonaras geram o Bolsonaro e podem gerar outro se não não for eliminada a condição geradora. Existe uma barricada de bolsonaros, estão por aí. Os inimigos estão por aí, os vivos e os mortos. Roberto Campos, por exemplo, vive nos seus discípulos, como o Paulo Guedes. Por isso há que tomar cuidado. O uatizapi foi importante para eleger o Bolsonaro, mas não foi só isso. Há uma alma bolsonara que é gerada pela telenovela. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe,  da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (02.07.22)
07:51
July 06, 2022
67. As falcatruas semânticas
O pior salário mínimo da história e o presidente não está nem aí. Ele ainda vai protagonizar mais um facada, a da bomba de gasolina. Fazendo teatro, demitindo presidente da Petrobras que ele mesmo nomeou. Quer enganar o povo como se fosse um cara que quer o bem do país. A Petrobras não pertence mais ao Brasil. Foi-se o tempo dos nacionalistas de verdade. Este é o tema do comentário de Gilberto   Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (25.06.22)
06:35
June 29, 2022
66. Não há pátria sem patrimônio público
Quando se privatizam os instrumentos de desenvolvimento nacional, periga não haver país. Hoje, quase todo o patrimônio foi entregue, até mesmo a água. É o tempo do entreguismo total. O golpe de 1964começou isso e também conseguiu destruir e desnacionalizar as Forças Armadas. É insólito, mas é real. Isso está acontecendo agora também. O Exército está conivente com a entrega do patrimônio público neste governo de morte. A energia está sendo controlada pelo imperialismo. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (18.06.22) 
08:25
June 21, 2022
65. A faca da facada é estrangeira, mas o coração é brasileiro
A Petrobras está no âmago da história do Brasil. Para onde ela vai, vai o país. As artimanhas e trapaças que serão usadas nas eleições para salvar o Bolsonaro do vexame eleitoral. Vem aí o congelamento dos preços dos combustíveis. Embarcarão os caminhoneiros de Getúlio, nessa facada fake, com faca estrangeira, made in USA? Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (11.06.22) 
05:51
June 13, 2022
64. A trapaça do tanque de gasolina
Aí vem mais uma farsa eleitoral. Com a chegada das eleições movimentam-se as peças para a realização de uma facada número dois. A urna é do tanque. O presidente usa sua velha técnica de colocar a culpa do preço alto da gasolina nos dirigentes da Petrobras, como se o governo não tivesse nada a ver com isso. Por isso ele prepara uma ação magnânima, para sair de herói com a população. E o povo vai sendo enganado. No Brasil parece que toda eleição vem acompanhada de uma falcatrua. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (06.06.22)
03:54
June 06, 2022
63. O golpe da Petrobras
As sucessivas mudanças no comando da Petrobras. Nada mais do que um astucioso e malandro golpe de Bolsonaro. Agora ele vai tentar abaixar o preço da gasolina e ganhar a simpatia da população. Assim, coloca a culpa nos diretores "malvados", ainda que estes sejam seus amigos. É sua velha lógica conspirativa agindo. Acredite quem quiser. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio  Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (28.05.22)
04:51
May 29, 2022
62. Energia limpa: o sonho de Bautista Vidal
Já tem novo livro no arraiá da internet. É o Capitalismo Sujeira Socialismo limpo, editado pela jornalista Elaine Tavares. Uma discussão sobre ecologia, energia, socialismo. O capitalismo é uma maré que vai nos afogar. Ele provoca o fim das florestas, o fim da água saudável, as epidemias. Se a humanidade persistir nisso, morrerá asfixiada. Esse é o tema do livro. Uma catarse, um encontro imaginário com Bautista Vidal e Marcelo Guimarães. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (21.05.22)
06:04
May 22, 2022
61. Capitalismo Sujeira Socialismo Limpo
Já está pronto o livro que fala sobre outra energia para o mundo. Memória de Bautista Vidal e Marcelo Guimarães. O capitalismo e sua sujeira. O petróleo e sua sujeira movendo o mundo. Marca do crime, da guerra. Até hoje nunca deu um santo. O socialismo é limpo e não pode ser edificado sobre uma energia fóssil. O socialismo precisa do sol, do vegetal, da biomassa. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (14.05.22)
05:12
May 15, 2022
60. A afasia do genocínico
Não há como fazer psicanálise do genocida, genocínico. Mas, pode-se se fazer uma psicopatologia desse farsante. Há que desmascarar a sua incapacidade de produzir discursos. Ele tem um distúrbio na fala. Ele tem uma dificuldade de nomear as coisas, não consegue propor nada, é um sujeito a/gramatical. Há uma decadência fônica e léxica. Não há pensamento político. E a rede Globo faz coro com esse obscurantista. Ela não é contra esse vende-pátria.  Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (07.05.22) Foto: Sergio Lima / AFP 
05:46
May 08, 2022
59. Socialismo limpo
O debate sobre a energia, o petróleo, a biomassa. O capitalismo sujeira, o socialismo limpo. Humanidade x natureza. A contradição entre o petróleo e a energia vegetal. Vem aí um livro novo discutindo a energia baseada no sol, uma homenagem a Bautista Vidal e Marcelo Guimarães. O Brasil, o maior país tropical do planeta, fonte de um necessário socialismo limpo. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche,  conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (30.04.22)
06:28
May 03, 2022
58. O agrado da desgraça
O presidente é um desastre de locução. Não sabe ler. Não conhece a fonética. É deficiente na gramática. Ainda assim , verbaliza sua indulgência. Oferece a graça a um criminal. Santifica o deputado federal e cria uma rugosidade nas suas hostes. Por que o perdão para um e não para outro? Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (23.04.22) Foto: reprodução/Instagram
05:04
April 23, 2022
57. Misticismo é barbárie
O drama que prolifera em todo o mundo. A sofrologia, a macrobiótica da alma pura, o irracionalismo total. É falsa a ideia de que o ser humano não acredita mais em nada. É o contrário: as pessoas acreditam em qualquer alucinação. Abaixo a ciência, abaixo a luz. O que vinga é picaretagem terapêutica psicodélica expressa por alguma igrejas. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos,   veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche,  conduzido pela  jornalista Elaine Tavares. (16.04.22)
07:20
April 17, 2022
56. Mãe, ama eu
Bolsonaro é causa e efeito do assassinato cultural da mãe. A televisão ao longo dos tempos foi responsável por essa mutação da família. A família caiu no lero-lero do pastoreio evangélico. E desde aí que a porrada na mulher foi incentivada. A misoginia grassa, e a mãe é morta apesar do dito amor. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela  jornalista Elaine Tavares. (09.04.22)
04:00
April 10, 2022
55. Tá faltando luz
O povo brasileiro, desnutrido de letras e informação não é menor ideia do que é a energia e a importância que ela tem na vida cotidiana. O mesmo acontece com relação ao combustível, como ele é feito, de onde vem, quem detém o poder sobre ele. A relação é sempre com o preço. É baixo, é alto. Mas, tampouco se sabe o que conta no preço. Bolsonaro agora se aproveita disso para mais uma cartada de marquetim. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela  jornalista Elaine Tavares. (02.04.22)
05:45
April 02, 2022
54. Sem pirão não há eleição
Cuidado com as pesquisas eleitorais. Os institutos de pesquisa são espaços pagos que atendem interesses específicos. Inflam números e vão ajustando conforme a realidade muda. O voto é um valor de troca para o povo e gera uma psicologia de pedinte. O eleitor vota no rico, abençoado por deus, que não vai roubar porque não precisa. Esse é o engano. E para não ser otário, o eleitor vota em quem está no topo. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (26.03.22)
04:01
March 26, 2022
53. A mãe já era
A coca-cola é quem dá de mamar. Isso é o matricídio, a morte da mãe gentil.  Matam a mãe não só os bozonóides, mas também os militares. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos,   veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido    pela jornalista Elaine Tavares. (19.03.22) Foto: AFP
04:32
March 20, 2022
52. A guerra só visa o lucro
O jornalismo venal. Palavras usadas com o propósito de enganar. Simulacros de verdade. Ideologia que sombreia o real. O engano como forma de esconder o que de fato é o objetivo único da burguesia: o lucro. No capitalismo a guerra é inevitável, e só vem por conta do desejo de lucro. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido   pela jornalista Elaine Tavares. (12.03.22) Foto:UNICEF/BRZ/Elias Costa
05:32
March 13, 2022
51. Subversão das palavras, facada linguística
O Brasil é a babel do vocábulo impróprio, coisa que começou com Fernando Collor, caçando marajá. Agora, o Bolsonaro também faz uso dessa babel chamando seus inimigos de "comunista". O brasileiro não define o comunista, ele coloca qualidades nesse conceito. Há que compreender. E essa babel se refaz à exaustão agora na guerra envolvendo Putin e a Ucrânia. Subvertem-se as palavras. O que é vira outra coisa. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido  pela jornalista Elaine Tavares. (05.03.22)
07:31
March 06, 2022
50. A pesquisa é o fetichismo da percentagem
A esquerda perdoa todas as sacanagens da direita. É algo espantoso. Agora, estão de mãos dadas numa ciranda louca. Também se juntam a direita e esquerda na fé frente a pesquisa eleitoral. A análise política foi para o beleléu. O que diriam da pesquisa Lenin, Mao e Che Guevara? Brizola já dizia: não acreditem na pesquisa. E aponta: não existem ex-Bolsonaros, porque todos estão mergulhados na bolsoneurose. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (26.02.22)
06:48
February 27, 2022
49. A dialética da dentadura
O presidente esconde a fala, porque a fala é pífia, porque não conhece o Brasil. Oswald de Andrade já desvelou lá atrás qual é o drama maior do brasileiro. A tristeza do beijo beijando sem dente. A estética da fome. Pirirí cósmico. FHC jubilando-se com o aumento da venda de dentaduras. A elite do atraso. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos,   veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (19.02.22) Foto: Depositphotos
05:12
February 20, 2022
48. Bolsonaro e TV Globo: tudo a ver
Bolsonaro é Rede Globo. Mas Globo é Bolsonaro? Seguramente o é. Toda essa gosma que vivemos hoje foi forjada pela lógica das telenovelas. A crítica da Globo só acontece no campo da moral. Na economia tudo é aceito com louvores. Paulo Guedes não sofre críticas, porque ele representa o espírito do capital. A Globo é liberal, privatizante e vende-pátria. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido   pela jornalista Elaine Tavares. (12.02.22) Marcello Casal Jr/EBC
06:37
February 14, 2022
47. A Globo ainda tem poder
A criança é o pai do homem. A mentalidade bolsoneca se manifesta no repúdio ao seio da mãe. Dai resulta a violência contra a mulher. A aposta é: vamos mamar na Coca-Cola. A TV Globo é popsertanouniversitáriocapitalista e foi ela que preparou o caminho para Bolsonaro erguer voo. Ele não caiu num céu azul. Este é o tema do comentário de Gilberto  Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche,   conduzido  pela jornalista Elaine Tavares. (05.02.22)
05:56
February 06, 2022
46. O imperialismo está à espreita desde Harvard
Tremenda furada comemorar efemérides. Os nossos, como Brizola, são celebrados todos os dias. Já o Ciro Gomes é muito lero-lero de Harvard, muito discurso colonizado que só tem prejudicado a vida dos brasileiros. O imperialismo, via Harvard, só faz mal. O imperialismo é inimigo desde sempre. Bautista Vidal já provou disso na carne, pois foi dos EUA que veio a ordem de interromper o pró-álcool. Cuidado com essa Kamala, que também veio de Harvard. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,   conduzido  pela jornalista Elaine Tavares. (29.01.22)
05:42
January 30, 2022
45. O morto Leonel Brizola dança e delira conosco
O chão que pisamos não é mais nosso. Tudo privatizado, tudo no prego. O povo cada vez mais pobre enquanto as multinacionais vão enricando. A Fiesp granfina come na mão dos estrangeiros. O judiciário também. Em 1964 o Exército brasileiro foi o exército da ocupação estrangeira. Leonel de Moura Brizola sempre esteve na luta contra a entrega do Brasil. Sua luta foi antimperialista e nacionalista. No dia em que se celebra os 100 anos deste extraordinário político nacional, este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,   conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (22.01.22)
05:11
January 24, 2022
44. Zé, quequé guerra, Zé?
A guerra híbrida travada na atualidade. Miscelânea, mistura. O híbrido é uma aberração, uma maneira de violar o que é natural. É o vale-tudo. Na luta de classes a guerra é inevitável. Ela está no local, no nacional, no internacional. A política nacional a flor da pele. A ocupação estrangeira que se repete e se repete. Este é o tema do comentário dessa semana de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (15.01.22) Ilustração: Juan Chirioca
06:37
January 18, 2022
43. A sociedade brasileira está doente
Infanticídio, matricídio. Não há lugar para as crianças e para as mulheres no governo de Jair Bolsonaro. Mesmo entre as mulheres, há um repúdio ao útero. E, nos homens, a arma de fogo é o gozo. Um sadismo de privar a criança dos cuidados com o vírus. Este é o tema do comentário dessa semana de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (08.01.22)
06:19
January 09, 2022
42. Para onde vai a Petrobras vai o Brasil
A conversa interrompida. O encontro impossível. A praga da Covid e do governo Bolsonaro. A entrega da Petrobras, a empresa que deveria ser a maior empresa energética do mundo, se fosse acoplada com a biomassa. A empresa que deveria ser a essência da civilização brasileira, perdida na mão do empresariado gringo. Este é o tema do comentário dessa semana de Gilberto Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (01.01.22)
06:00
January 02, 2022
41. Um voto antinacional
Quais os motivos que levaram os brasileiros a realizar um voto como o que levou Jair Bolsonaro à presidência? Esta tem sido a questão perseguida pelo professor da UFJF e sociólogo Gilberto Felisberto Vasconcellos durante todo esse ano de 2021. Para ele esse governo representa uma patologia, um matricídio, que ainda precisa ser purgado pela sociedade brasileira. Um estupor que não foi desvendado, uma realidade estonteante que precisa mudar. Este é o tema do comentário dessa semana de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (25.12)
07:47
December 27, 2021
40. O fetiche da riqueza
O socialismo no povo, o socialismo não como algo ruim, degradante. O socialismo como um combate ao capitalismo, capaz de garantir a felicidade de todos. Daí o ataque sistemático da direita contra a ideia do socialismo. O capitalismo e seu deus, o dinheiro. A diferença radical que pode mudar a vida de todos. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor   da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa  Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares.  (18.12)
06:24
December 18, 2021
39. Só o socialismo limpo salva
Um resumo deste quase um ano de programas de rádio, cujo primeiro episódio emergiu em março deste ano, atravessando um tempo de estrondosa destruição provocada pelo capitalismo decadente. A peste popagrobusiness que perpassou o ano não vai embora sem que se supere o capitalismo sujeira, fazendo emergir o socialismo limpo, única via possível para uma vida boa para todos. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor  da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de   Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine  Tavares.  (11.12)
06:11
December 12, 2021
38. A Capitu de Maringá
O santinho do pau oco da diabólica operação Lava Jato. O queridinho da Globo que prega ser a repressão pesada a salvação para o país. A invenção da pesquisa que é uma espécie de Bolsonaro escarrado, fadado a repetir a política ultraconservadora do atual presidente. Mais uma opção do atraso. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo   de   Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (04.12)
06:27
December 05, 2021
37. Tempestade reacionária vem aí
A política nacional. As eleições decididas no reino da sensação e não no reino da razão. A telenovela como elemento central no processo no qual o argumento não tem valor. No contexto atual o imperialismo deverá apoiar Sergio Moro. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da    UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo  de   Peixe,  da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares.  (27.11)
07:54
December 02, 2021
36. Qüem, qüem, qüem, o pato de Maringá
A política brasileira na relação com a religião e com a mídia. A articulação da direita com Sérgio Moro. Do largo de São Francisco para Maringá. O mais do mesmo. O falsete dos advogados possuídos. Cuidado com a turma do diploma. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da   UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de   Peixe,  da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine  Tavares.  (20.11)
05:50
November 21, 2021
35. LulaCiro contra o sadojurídico
Lula, Ciro ou Ciro, Lula? A dobradinha necessária? Tal como poderia ter acontecido entre Brizola e Lula. Seria essa a fórmula para vencer Bolsonaro/Mouro? O imperativo histórico hoje seria juntar o PT e o PDT, herdeiros do trabalhismo. E os interesses que deveriam marcar a eleição seria os interesses de classe. Da classe trabalhadora, no caso. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da  UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de  Peixe,  da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine  Tavares. (13.11)
05:59
November 15, 2021
34. "Cuidado com a turma do diploma"
100 anos de Brizola e o fracasso do PDT. O encontro do caudilho com Oswald de Andrade. Um aniversário que promete ser pífio porque o Rio Grande do Sul virou uma jangada tucana. "Cuidado com a turma do diploma", anunciava Brizola, e hoje vemos essa turma encastelada em Curitiba. Há que prestar atenção nessa gente. Essa  é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor  da UFJF,  Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe,  da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares.  (06.11)
05:12
November 11, 2021
33. Mídia comercial colonizada
A mídia brasileira que fala com sotaque. Repetição do colonialismo, reacionários, ridículos, vulgares. Comentaristas sem brilho, sem conteúdo, farsescos e puxa-sacos. A incapacidade da crítica e o apoio incondicional a Bolsonaro. Essa é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor  da UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares.  (30.10)
05:29
October 30, 2021
32. Esse governo não sabe amar
A relação dos governos com o bispo Edir Macedo, exceto Leonel Brizola, que nunca deu bola para os bispos.  A estratégia do governo agora querendo dar o que não tem. Um governo falso, que não tem amor no coração. Os ódios dos evangélicos e as opções para as eleições que aí vêm. A máscarainsonedopastordragraodreguiquensodomacovid19. Essa é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor  da UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares.   (23.10)
07:22
October 24, 2021
31. A terceira via é uma ideia vulgar
Como dizer terceira via no Brasil se os projetos em disputa não se diferem? As opções eleitorais, pelos menos as que têm alguma chance, são todas representantes do capital. Não há sentido, portanto, chamar de terceira via os nomes que estão sendo construídos pela classe dominante contra Bolsonaro e Lula. Ao final, quem manda é Washington.Essa é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo    de  Peixe, da   Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares.   (16.10) 
06:27
October 17, 2021
30. Orgulho de ser de direita
No mundo das palavras, uma delas causa estupor. É o fato de algumas pessoas proclamarem, com orgulho, que são de direita. Algo que  nunca na história do país foi percebido. No geral, quem era de direita, mantinha silêncio sobre isso. Hoje não. Virou qualidade. Esse é um dos sintomas do bolsonarismo. Essa é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da    UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo   de  Peixe, da   Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine  Tavares.   (09.10)
05:30
October 10, 2021
29. Não há dança no governo, mas Bolsonaro baila
Bolsonaro já era, mas a psicopatologia que o gerou, não. E quais os fatores que levaram a essa situação? O signo bolsoneco está amparado no caminho que se faz do supermercado à drogaria. Os militares, a igreja, o acreditar, tudo isso faz parte da atmosfera vivida. O velho velhaco da Havan mostrou que o campo de concentração não precisa de provas de sua existência. Onde está a origem do mal? Essa é a temática  do comentário semanal do sociólogo e professor da   UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo  de  Peixe, da   Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.   (01.10)
05:24
October 04, 2021
28. Ajuda nóis: uma esmola, por favor...
A psicologia do sujeito que dá esmola, o caridoso, o que dá mais por si do que pelo outro. O uso político da esmola aqui e em todo mundo. Não haverá revolução da esmola nem a esmola da revolução. Essa é a temática do  comentário semanal do sociólogo e professor da   UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo  de  Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.   (25.09)
05:01
September 28, 2021
27. O chefe do campo de concentração
Qual o desejo que desejou Bolsonaro? O que está na cabeça de quem acha bom ter um presidente como esse? O que dizer de quem fala que o diabo é comunista? A necessidade de se pensar o real, e refletir sobre esse sintoma, esse mal estar, que expressa um mal que está dentro de nós. Essa é a temática do  comentário semanal do sociólogo e professor da  UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo  de  Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (18.09)
05:36
September 19, 2021
26. Um Shakespeare de programa de auditório
Uma análise sobre os acontecimentos do sete de setembro, quando o presidente do Brasil, patriota dos Estados Unidos, deu seu discurso de ventríloquo. Um comício esquizofrênico de frases sem sentido, criado pelo assessor do Bannon. Essa é a temática do  comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo  de  Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (11.09)
07:27
September 13, 2021
25. Sete de setembro vende-pátria
As manifestações chamadas pelo presidente Jair Bolsonaro e a lógica da dependência. O sete de setembro vende-pátria. O Caxias privatizado. O capital estrangeiro como deus. A submissão ao popagrobusinessvideofinanceiro. Essa é a temática do  comentário semanal do sociólogo e professor da   UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de  Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.   (04.09)
06:19
September 07, 2021
24. O amor não é pop
O pop cresce no rastro do agrobusiness, é a ideologia dominante do capitalismo internacional. O apagão é a política do pop. Ouvidos inteligentes, prestai atenção. Não caiam na conversinha da Globo. O apagão apagou geral. O amor não é pop. Essa é a temática do  comentário semanal do sociólogo e professor da  UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de   Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (29.08)
06:04
August 29, 2021
23. O diabo não vem da África
A política, a religião e a novidade que vem de Luanda, cidade angolana que botou para correr a Universal e o bispo da blitz racista. O bispo que persegue o candomblé nas favelas cariocas. Essa é a temática do comentário semanal do sociólogo e professor da  UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de   Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (21.08)
06:14
August 22, 2021
22. Tinhorão, a música e a luta de classes
Amante da arte popular e sistemático crítico da música produzida pela classe média, José Ramos Tinhorão foi um dos mais importantes nomes da crítica musical brasileira. Ele entendia que era impossível desvincular a indústria cultural da luta de classes e mostrou que a música antecipou o que hoje vivemos na política. Essa é a temática do comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de  Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (14.08)
08:54
August 18, 2021
21. Quem doa ao bipo rico fica rico?
A investida dos bolsonaristas contra o candomblé. A ação governamental usada para o bem do bispo. O bispo boa bisca caçando o dízimo dos pobres. A sociologia da igreja da prosperidade, na qual o bispo precisa se mostrar rico, para que o fiel se espelhe nele. Deus não há, e sim dinheiro. Essa é a temática do comentário semanal do sociólogo e professor da   UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de   Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.   (07.08)
06:57
August 08, 2021
20. Em cada esquina, um Tolstoi
A queima da nação, a trapaça da terceira via, o capitalismo sujeira e a farsa das "narrativas" que escondem a verdadeira verdade. Mais uma amostra do ouvido que não ouve. O Brasil de língua atada. Essa é a temática do comentário semanal do sociólogo e professor da  UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de  Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares.  (31.07)
07:11
August 02, 2021
19. As causas da pandemia
Muito se fala sobre o avanço da Covid-19, a prevenção, a corrupção do governo brasileiro no processo de compra da vacina, as mortes. Mas, poucas são as reportagens ou análises que focam na causa dessa pandemia que aparentemente surgiu como um raio num céu azul. Ora, a causa de toda essa tragédia é o modo de produção capitalista, baseado no petróleo e no veneno. Essa é a temática do comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (24.07)
07:40
July 25, 2021
18. CPI da linguagem
Quando o presidente da República utiliza a linguagem, aparentemente bizarra, como quando disse que queria nomear um ministro "terrivelmente evangélico" , ele queria dizer isso mesmo: um ministro que trouxesse o terror. Há que prestar atenção nas suas palavras e há que realizar uma CPI dessa linguagem para compreender, sem erro, o que ele pretende para o país. Essa é a temática do comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (17.07)
06:39
July 17, 2021
17. Onde está meu passaporte?
As eleições presidenciais vêm aí e as peças se movem no tabuleiro. Nesse contexto volta à cena a figura do juiz Sérgio Moro e é bem possível que possa surgir uma chapa representando a guerra híbrida, com a mistura diabólica do judiciário e as forças armadas. Seria uma forma de os militares seguirem mandando sem a presença incômoda de Bolsonaro.Essa é a temática do comentário semanal do  sociólogo e professor da    UFJF, Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo   de  Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela  jornalista Elaine   Tavares. (10.07)
06:05
July 10, 2021
16. O Brasil é mouco
Uma reflexão sobre os esquecidos, os não escutados, no que diz respeito ao debate sobre a energia. O Brasil, rico em biomassa, investindo em usina nuclear, o que para Gilberto é um crime. O Brasil sempre de ouvidos moucos para as propostas nacionalistas e autônomas. Essa é a temática do comentário semanal do  sociólogo e professor da   UFJF, Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo  de  Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela  jornalista Elaine  Tavares.  (03.07)
06:26
July 03, 2021
15. A pesquisa eleitoral é ideologia
O tema das eleições presidenciais têm tomado conta do debate na mídia, entre os partidos e na população. E nesse contexto já começam a aparecer as malfadadas pesquisas eleitorais. Um candidato sobe dois pontos, outro cai oito. Um está na frente hoje, outro amanhã. Mas, qual é, afinal, o objetivo destas pesquisas? Quem as faz? Quais os interesses? A que se propõem? Pois a pesquisa é um instrumento para prejudicar o povo. Essa é a temática do comentário semanal do  sociólogo e professor da  UFJF, Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de  Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela  jornalista Elaine Tavares.  (26.06)
07:08
June 28, 2021
14. O comunista e o palmito
O inimigo encontrado pela direita nos tempos bolsonarísticos é o inimigo de sempre: o comunismo. Contra ele o que aparece no lugar é o pal-mito, figura que hoje carrega sob seu signo a morte de mais de 500 mil pessoas. Um falso mito, um governo de morte. Nem as pessoas sabem o que é, de fato, o comunismo, nem se dão conta que o tal mito é um pal mito. Essa é a temática do comentário semanal do  sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto  Vasconcellos,  veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela  jornalista Elaine Tavares. (19.06)
05:40
June 20, 2021
13. A morte no horizonte
Não há na história humana um governo que não prometa ao seu povo a fartura, a felicidade, a beleza. Mas, agora, no Brasil, vivemos essa realidade com um governo que tem como lema a proposta de destruir. Destruir a saúde, a economia, a cultura, a arte. O ódio à beleza, à poesia, ao amor. Como então viver num país assim, sob o signo do horror e da morte? Essa é a pergunta que orienta o comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (12.06)
09:08
June 13, 2021
12. Folclore socialismo no povo
Nesse episódio Gilberto fala sobre o folclore brasileiro e a necessidade de a esquerda conhecer aquilo que mora na vida cotidiana do povo. Lembra Luiz Câmara Cascudo, aquele que mais estudou e amou o jeito do povo brasileiro viver, acreditar, festar, morrer, se expressar. Para ele, o socialismo não pode existir sem que se conheça aquilo que o povo pensa no seu mais profundo. Também fala do seu novo livro que trata justamente do folclore, o socialismo no povo. Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto  Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche,  conduzido pela jornalista Elaine Tavares (05.06).
09:50
June 06, 2021
11. Motocídiosotoproletariatbolsonorose
Modo de Produção Acústico (9) - Comentário semanal do sociólogo e  professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no  programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista  Elaine Tavares. Nesse episódio Gilberto fala do desejo que desejou Bolsonaro. (29/05)
07:27
May 30, 2021
10. Chegou o general da banda
Modo de Produção Acústico (9) - Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. Nesse episódio Gilberto fala da relação entre Edir Macedo e o pai de santo Tatá Tancredo. (22/05)
10:16
May 23, 2021
9. Cuidado com a babel do vocábulo impróprio
Modo de Produção Acústico  - Comentário semanal do sociólogo e professor     da UFJF, Gilberto    Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa     Campo de Peixe, da  Rádio   Campeche, conduzido pela jornalista  Elaine    Tavares. (15/05)
09:57
May 16, 2021
8. Mandetta news: a dialética do mesmo
Modo de Produção Acústico  - Comentário semanal do sociólogo e professor    da UFJF, Gilberto    Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa    Campo de Peixe, da  Rádio   Campeche, conduzido pela jornalista Elaine    Tavares. (08/05)
09:20
May 09, 2021
7. O subdesenvolvimento é uma peste social
Modo de Produção Acústico  - Comentário semanal do sociólogo e professor   da UFJF, Gilberto    Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa   Campo de Peixe, da  Rádio   Campeche, conduzido pela jornalista Elaine   Tavares. (01/05)
09:46
May 01, 2021
6. O morto tem ouvidos, a morte não
Modo de Produção Acústico  - Comentário semanal do sociólogo e professor  da UFJF, Gilberto    Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa  Campo de Peixe, da  Rádio   Campeche, conduzido pela jornalista Elaine  Tavares. (24/04)
09:40
April 24, 2021
5. Paga que eu te escuto
Modo de Produção Acústico  - Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto    Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da  Rádio   Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (17/04)
06:50
April 18, 2021
4. Bolzapnaro
Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto   Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio   Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (10/04)
10:02
April 10, 2021
3. Brasil: tempo de matricídio
Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto   Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio  Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (03/04)
08:55
April 03, 2021
2. Menos meme, mais Lenin
Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto  Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio  Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (27/03)
23:27
March 27, 2021
1. Remédio sem receita sim, vacina não?
Comentário semanal do sociólogo e professor da UFJF, Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. 
06:06
March 25, 2021