Skip to main content
Editoria Livre

Editoria Livre

By J. Fagner
Literatura e reflexão em tempos de pandemia.
Listen on
Where to listen
Breaker Logo

Breaker

Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Overcast Logo

Overcast

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

Entrevista com a jornalista Mariana Mascarenhas
Criadora do canal Imagens em Foco, colaboradora do Editoria Livre e de tantos outros veículos de comunicação, Mariana Cruz Mascarenhas é uma jornalista jovem, mas já com experiência considerável na área jornalística. Numa curta entrevista, ela nos conta como aconteceu seu interesse pela área do jornalismo, seu início de carreira, seu estudo contínuo suas paixões e seus anseios.
38:27
June 23, 2021
Entrevista com Márcio Ribeiro, editor e jornalista de O Garoçá
Criar e manter um jornal impresso não é tarefa fácil, ainda mais em tempos de internet, ainda mais numa cidade do interior. É para falar dessa experiência que o Márcio Ribeiro nos concedeu uma entrevista. No episódio desta semana, Márcio nos conta as alegrias e tristezas de ser dono de um jornal no interior. Hoje Márcio é o jornalista responsável pela produção de O Garoçá, parceiro do Editoria Livre.
24:37
June 16, 2021
Entrevista com o jornalista e romancista Jonatas Oliveira
Na época da faculdade eu tinha um colega muito disciplinado. Um cara extremamente metódico e responsável que era representante de classe e um baita repórter. Era o Jonatas Oliveira, um dos poucos colegas que ainda mantenho contato e amizade tantos anos depois do final do curso. Ele é colaborador do Editoria Livre, mas também possui seus projetos independentes. Entre eles, obras de ficção com temas variados. E é para falar dessa produção que eu convidei o Jonatas para um bate papo. Generoso como sempre, ele se disponibilizou a gravar num sábado à noite. O resultado você ouve logo abaixo. O papo oscilou entre influências literárias, literatura LGBTQI+ e mercado editorial independente.
41:55
June 9, 2021
Entrevista com o autor Eddie Silva
Após termos ouvido a leitura de todos os capítulos do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, resolvemos trazer seu autor para uma conversa. Para a nossa sorte, Eddie Silva topou um bate papo. Aproveitei para fazer para ele, o autor, muitas perguntas que as pessoas direcionam a mim. 
32:16
June 2, 2021
Capítulo 37 - Final
Léo e Alessandra finalmente conseguem ler os bilhetes que escreveram há vinte anos. Algumas surpresas os aguardam nesse último capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
15:31
May 26, 2021
Capítulo 36 - 02/02/2002
Finalmente chegou o dia combinado. Léo e Alessandra se reúnem na hora marcada para ler os bilhetes escritos 20 anos antes. Quais segredos serão revelados durante esse processo ritualístico? É o que você vai descobrir ouvindo o trigésimo sexto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar. Este é o penúltimo capítulo da nossa história.
05:56
May 19, 2021
Capítulo 35 - 01/02/2002
Após vinte anos, Léo e Alessandra se reencontram. Muita conversa será necessária para colocar um a par do que aconteceu na vida do outro. Como será que nosso heróis se comportaram nesse meio tempo? É isso que você vai descobrir ouvindo o trigésimo quinto capítulo de Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
11:42
May 12, 2021
Capítulo 34 - Não quero dizer adeus
Fugindo do incidente na porta da escola, Léo corre para sentar na pedra em frente ao rio. Alessandra o acompanha e, juntos, abrem a caixa deixada pelo Oliver e descobrem uma carta. Resolvem lê-la e acabar logo com esse mistério. Este é o trigésimo quarto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva. Comece a ouvir o programa e deixe seu comentário.
13:54
May 5, 2021
Capítulo 33 - Outro dia para não esquecer
Fugindo da aula, após o que pareceu ser mais uma suspensão, Alessandra e Léo seguem até a casa do Oliver. Os amigos precisam conversar e deixar todas as  mágoas para trás. No entanto, mais uma surpresa aguarda nossos heróis. Este é o trigésimo terceiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
10:00
April 28, 2021
Capítulo 32 - Voltando às aulas
Depois de velar seu pai e se recuperar da gripe adquirida por ter dormido debaixo da chuva, Léo finalmente volta à escola. Ele precisa pedir desculpas para a Alessandra e para o Oliver. Mas, quais serão as novidades que o esperam depois de tanto tempo longe do convívio social? Este é o trigésimo segundo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
10:37
April 21, 2021
Capítulo 31 - Uma semana depois
Uma semana depois de ser hospedado pelo Frank e de receber os cuidados necessários para que pudesse se curar da gripe, Léo finalmente consegue se sentir melhor. Esse é o momento em que ele precisará tomar um novo rumo em sua vida, começando por uma longa conversa com o Frank. A partir daí ele terá que definir os seus erros e acertos. Este é o capítulo trinta e um do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
06:08
April 14, 2021
Capítulo 30 - Curando da Gripe
Depois de ter desmaiado em baixo da chuva durante o enterro do seu pai, Léo desenvolve uma forte gripe e precisa de um tempo para se recuperar. O único capaz de auxiliá-lo é o Frank (Velho Buldogue). Muito chá e muita canja serão necessárias até que ele se recupere. Este é o trigésimo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
05:09
April 7, 2021
Capítulo 29 - Enterrando meu pai
Depois de uma noite insone, Léo tem que enterrar seu pai. Frank - o Velho Buldogue -, e dona Helena, são os únicos amigos próximos a participarem do ritual de enterro. Uma chuva intensa afasta os curiosos. Este é o vigésimo nono capítulo do livro Tudo que tenho que fazer é sonhar, escrito por Eddie Silva.
04:26
March 31, 2021
Capítulo 28 - A noite que deveria ser esquecida
Voltando para casa, depois de sair da festa de aniversário dos pais da Alessandra, Léo terá uma triste surpresa ao chegar em casa. E ele achava que a noite não poderia piorar. Este é o capítulo 28 do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
06:21
March 24, 2021
Capítulo 27 - F150
Depois de terem feito uma bela apresentação musical na festa do aniversário de casamento dos pais da Alessandra, Léo e Oliver terão um grande conflito para resolver, talvez a primeira grande rusga nessa jovem amizade. Este é o vigésimo sétimo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
09:02
March 17, 2021
Capítulo 26 - Melhor presente
O sábado finalmente chegou e Léo aguarda Oliver para que eles possam ir juntos à festa na casa da Alessandra. O que será que vai rolar nesse final de semana? Este é o vigésimo sexto capítulo do livro Tudo que tenho que fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
16:34
March 10, 2021
Capítulo 25 - Rápida passagem pela oficina
Depois da aula, Léo, Oliver e a Alessandra resolvem ir até a oficina do seu Irineu, pai do Léo, para bater um papo, numa passagem super rápida. Apesar dos constrangimentos, Léo até que se sai bem. Este é o vigésimo quinto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
11:16
March 3, 2021
Capítulo 24 - Gangue dos baderneiros
Depois de pegarem dois dias de suspensão, Oliver, Léo e a Alessandra voltam para a escola. Como será que essa turminha irá se portar? E, mais importante, qual será a postura da dona Rute perante essa história. É o que você vai descobrir ouvindo o vigésimo quarto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
11:54
February 24, 2021
Capítulo 23 - Dia perfeito
Finalmente Léo, Alessandra e o Oliver vão fazer o passeio de jangada. Aproveitando o último dia de suspensão, os três amigos resolvem se divertir no rio, em meio à natureza. Muita cantoria e muita conversa. Esse será um dia que marcará a vida de todos. Este é o vigésimo terceiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
24:03
February 17, 2021
Capítulo 22 - O preço por falar a verdade
Após contar para o pai que foi suspenso da escola por dois dias, Léo acorda com medo das consequências. O que será que vai acontecer? Seu pai deixará ele ir ao rio como o Léo e a Alessandra? Qual será o preço por falar a verdade? É isso que vamos descobrir ao ouvir este episódio. Este é o vigésimo segundo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
14:48
February 10, 2021
Capítulo 21 - Sem plano B
Após ter sido suspenso da escola e ter passado a manhã e a tarde toda no rio, com o Oliver e a Alessandra, Léo volta para casa sem saber como explicar a situação para o seu pai. Ele planeja contar uma mentira bem elaborada, mas será que dará certo? Este é o vigésimo primeiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
06:19
February 3, 2021
Capítulo 20 - Uma tarde inesquecível
Depois de passarem a manhã no rio, Alessandra, Oliver e Léo vão até uma lanchonete local para poder saciar a fome. A conversa naquele almoço traça planos para o futuro do grupo de amigos. É neste capítulo que fica claro o título do livro. Tudo que tenho de fazer é sonhar é um livro escrito pelo Eddie Silva.
17:44
January 27, 2021
Capítulo 19 - Uma manhã especial
Léo, Oliver e Alessandra resolvem ir nadar no rio depois que receberam dois dias de suspensão da escola. Dona Rute não poderia imaginar que as crianças transformariam o limão numa limonada. Será que Léo terá coragem de se aproximar da Alessandra? Essa é a primeira vez que ele fica tão perto de sua amada.
08:55
January 20, 2021
Capítulo 18 - O plano do malandro
Depois de terem arrumado encrenca com a dona Ruge, Léo e Oliver são expulsos da sala de aula e ganham suspensão de dois dias. Léo fica extremamente irritado por ter aceitado a sugestão do Oliver, mas a intencionalidade do malandro fica clara logo em seguida.
08:18
January 13, 2021
Capítulo 17 - Dona Rute a ditadora
Léo e Oliver, após um final de semana de descanso, retornam à aula e se metem em mais uma confusão com a dona Rute. O que será que eles vão aprontar agora? Descubra ouvindo mais esse capítulo.
10:17
January 6, 2021
Capítulo 16 - Navegação perfeita
Oliver e Léo vão até o rio para inaugurar a jangada feita pelo velho Frank. Com o violão do lado, essa aventura terá trilha sonora e fundo musical. Este é décimo sexto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
13:42
December 30, 2020
Capítulo 15 - Desbravando o desbravado
Léo acorda cedo e vai ao encontro do Frank e do Léo para poder testar a jangada. Como é sábado, nenhum dos dois precisa ir à escola. Esse será um final de semana de muita aventura.
07:43
December 23, 2020
Capítulo 14 - Tarde na oficina
Léo passa a tarde na oficina, contando todas as novidades para o seu pai e pedindo permissão para testar a jangada construída pelo Velho Buldogue, vulgo Frank.
08:16
December 16, 2020
Capítulo 13 - Confrontando dona Rute
No terceiro dia de aula, Léo e Oliver se metem em mais uma confusão, desta vez com a dona Rute, professora dos dois. Este é o décimo terceiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
11:06
December 9, 2020
Capítulo 12 - Respondendo a três perguntas
O Velho Buldogue finalmente resolve se abrir, contar sua história e revelar seu verdadeiro nome para Léo e Oliver. Outras surpresas vão surgir, mas você só vai descobrir ouvindo este episódio (ou lendo o capítulo correspondente). Este é o décimo segundo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
08:29
December 2, 2020
Capítulo 11 - Voltando à casa do Velho Buldogue
Como prometido, Oliver e Léo retornam à casa do Velho Buldogue, no dia seguinte, logo depois da aula. Ele havia prometido mostrar algo para os meninos e contar seu nome verdadeiro. Este é o décimo primeiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
14:14
November 25, 2020
Capítulo 10 - Um dia na oficina
Léo convida Oliver para ir até a oficina conhecer seu pai. O pequeno matreiro aceita o convite e os dois passam a tarde entre peças de carros e conversas sobre mecânica. Este é o décimo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
13:22
November 18, 2020
Capítulo 09 - Segundo dia de aula
Numa semana turbulenta, após ter feito um novo amigo, ter fugido de uma matilha enfurecida, tiros de espingarda e uma gangue de baderneiros, após ter feito uma nova amizade, ter pulado do penhasco no rio, ter contado tudo para seu pai, ter retornado à casa do Velho Buldogue para pagar a janela quebrada, Léo vai para seu segundo dia de aula. Essa semana está de tirar o fôlego. Este é o nono capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
07:60
November 11, 2020
Capítulo 08 - Enfrentando o Velho Buldogue
Oliver e Léo resolvem ir até a casa do Velho Buldogue para pagar pela janela quebrada e pedir desculpas pelo ocorrido. O medo, no entanto, é um forte obstáculo para que essa dupla cumpra seu intento. Como será que eles escaparão dessa? Este é o oitavo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva
11:31
November 4, 2020
Capítulo 07 - Nossa tarde estava apenas começando
Terminada a aula, após um breve reencontro com a turma do Tuca, Léo e Oliver resolvem ir nadar no rio. O mesmo rio em que se conheceram no dia anterior. Este é o sétimo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
11:00
October 28, 2020
Capítulo 06 - Encontro com a turma do Tuca
Com o fim do primeiro dia de aula, Léo e Oliver encontram-se com a turma do Tuca na saída da escola. O momento tão esperado chegou. Este é o sexto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
06:17
October 21, 2020
Capítulo 05 - Primeiro dia de aula
No dia seguinte à conversa com seu pai, Léo tem seu primeiro dia de aula. O ano letivo começa com muita expectativa. Será que o Oliver aparecerá na escola? E a Alessandra? Como será o encontro com a turma do Tuca? Vamos acompanhar a leitura do quinto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
08:01
October 14, 2020
Capítulo 04 - O melhor pai do mundo
Depois de ter enfrentado a turma do Tuca, fugido dos cães do Velho Buldogue e pulado do penhasco no rio, Leo retorna para casa e precisa confrontar seu pai. Este é o quarto capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva.
12:34
October 7, 2020
Das origens do Novo Jornalismo
Nesta edição vamos começar a falar sobre as origens daquilo que se convencionou chamar de Novo Jornalismo. Duzentos anos antes já se fazia algo muito parecido, logo no início da imprensa. Sendo assim, onde estaria a novidade alardeada? Vamos começar a discutir isso nesta edição.
11:60
September 30, 2020
Capítulo 03 - Início de uma grande amizade
Terceiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva e narrado aqui por Jota Fagner. A história prossegue do ponto em que parou no último capítulo, os dois garotos se jogaram do penhasco no rio lá em baixo. Em meio à fuga, não foi possível pensar numa solução menos drástica.
08:07
September 23, 2020
Truman Capote
Neste episódio vamos falar um pouco sobre Truman Streckfus Persons, mais conhecido como Truman Capote. Filho de Lillie Mae e Arch Persons, Truman teve uma infância difícil e sempre se sentiu rejeitado pelos pais. Seu talento para a literatura o libertaria para o mundo.
08:03
September 16, 2020
Capítulo 02 - Salve-se quem puder
Segundo capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito pelo Eddie Silva e lido aqui pelo Jota Fagner. Este segundo capítulo retoma a história do ponto em que a deixamos no primeiro. Após arremessar uma laranja na janela do Velho Buldogue, os meninos saíram correndo, sendo perseguidos por cães e tiros de espingarda
05:28
September 9, 2020
A Sangue Frio, uma reportagem turbulenta
Algumas considerações sobre os assassinatos que deram origem ao livro A Sangue Frio, escrito por Truman Capote. Este episódio é parte da série sobre jornalismo literário. 
11:00
September 2, 2020
Capítulo 01 - Último dia de férias
Era o último dia das férias escolares. Como todos os dias anteriores, eu voltava de um rio que passava no meio de uma fazenda na pequena cidade de Fronteira do Sul. A fazenda era grande e os donos e funcionários nunca me flagraram nadando, ou mesmo durante o tempo em que eu ficava deitado nas pedras observando as nuvens, procurando alguma com formato de animal ou qualquer objeto humanamente reconhecível. Descobri esse rio quando meu pai, que é mecânico, foi chamado para consertar uma caminhonete. Para mim era o paraíso. Lugar perfeito para viver até o fim da minha vida. Sombra e água fresca cristalina. Mesmo não tendo nenhum amigo, eu gostava de ir àquele lugar para apreciar o silencio. Se bem que não era bem o silêncio que eu apreciava, visto que, invariavelmente, era possível ouvir o canto dos pássaros e o som da correnteza do rio. Depois que o descobri, passei a desfrutá-lo todos os dias das minhas férias. Primeiro capítulo do livro Tudo que tenho de fazer é sonhar, escrito por Eddie Silva
09:01
August 25, 2020
Breve introdução ao jornalismo literário
Eu vinha caminhando pela avenida Epitácio Pessoa, na cidade de Santos, na altura do Canal Seis. Ali perto tem uma loja do mercado Pão de Açúcar. Na entrada do estacionamento, quase rente à calçada, havia uma banca de jornal muito sortida. Como eu não resisto a uma banca ou livraria, dei uma passada esperando encontrar alguma novidade. Essa é uma das coisas que eu mais gosto em visitar livrarias ou bancas: somos surpreendidos por publicações que nem fazíamos ideia de que existiam. Estávamos no mês de outubro e o ano era 2008. Entre as várias publicações que encontrei, uma me chamou especial atenção. Era a edição 25 da revista Piauí. Confesso que eu nunca havia ouvido falar daquela publicação, mas o tamanho da revista e a cara underground fizeram com que eu tivesse vontade de comprar. Levei a edição para casa sem saber muito o que esperar. Entre as várias reportagens que encontrei – todas muito longas – havia uma escrita pelo documentarista João Moreira Salles que se chamava O Caseiro. Na época eu não fazia ideia de quem fosse João Moreira Salles, mas depois eu descobri que ele era irmão do Walter Salles, o cineasta que havia produzido filmes como Central do Brasil e Diário de uma Motocicleta, só para citar os mais famosos. Ambos, tanto João quanto Walter, eram Filhos do banqueiro e embaixador Walther Moreira Salles e da embaixatriz Elisa Margarida Gonçalves Moreira Salles. Essa é a família que detém o controle acionário do grupo Unibanco, recentemente fundido ao Itaú.
08:45
August 19, 2020
Dose para elefante
Um circo chega a um bairro de uma cidade do interior. Uma turma de garotos interrompe a partida de futebol para acompanhar a montagem da lona. O que acontecerá em seguida? Descubra ouvindo este conto escrito pelo Eddie Silva.
20:01
August 12, 2020
A terra dos papagaios
Uma breve reflexão sobre a identidade nacional.
17:31
August 5, 2020
Cadê Carlinhos?
O que poderia acontecer para atrapalhar a final de campeonato assistida na porta de um bar, regada a cerveja e gritos da torcida? Foi pensando numa situação como essa que o Eddie Silva escreveu mais este conto superdivertido. Ouça o episódio e deixe um comentário. Era um domingo de calor. Dia de decisão. Acordei cedo para comprar jornal e saber alguma novidade sobre meu time. Estava confiante de que ele seria campeão, pois tinha feito uma boa campanha no campeonato e o adversário era nosso freguês. Com a camisa do meu time, desfilava pela rua e arrancava um “CAMPEÃO” dos simpatizantes. O jogo estava marcado para às 4:00h da tarde, mas antes teria a mesa redonda (que na verdade eram duas mesinhas da Cerveja Antárctica) numa rotisseria.
05:59
July 29, 2020
Medo de morcego? Eu?
Um conto de Eddie Silva sobre acampamentos, morcegos e trotes com os colegas. Numa manhã dessas, resolvi dar uma saída pela cidade, andar sem destino. Conectei-me ao Spotify e escolhi a primeira playlist que apareceu na tela do meu celular. O dia estava bonito, céu limpo e sem vento. Perfeito para caminhar. Coloquei os fones nos ouvidos e segui em direção do parque. De repente, começou a tocar uma música que me remeteu aos meus tempos de piá pançudo. Tempo em que eu acampava todo mês. Cada acampamento era uma história nova para contar.
04:44
July 22, 2020
Meu primeiro beijo e O Capuz Vermelho
Duas produções feitas pelas crianças do projeto O Berro do Helipa. Em parceria com a professora Andreia Drska e o CEU Heliópolis. O texto, a locução e edição foram feitas pelas crianças. Dentro do projeto O Berro do Helipa, um jornal comunitário elaborado por alunos de escola pública dentro da comunidade de Heliópolis, desenvolvemos também a gravação de podcasts, áudio contos e crônicas. Tentamos explorar todas as possibilidades de comunicação que estão ao nosso alcance. Sendo assim, a turminha resolveu gravar a crônica O Meu Primeiro Beijo, publicada na primeira edição impressa de O Berro do Helipa. Dando prosseguimento às atividades de O Berro, gravamos também  O Capuz Vermelho. A história foi escrita por Rivaldo Cardoso Leal Junior. A locução é do Pablo Silva Alves e as vozes dos diálogos são de Kayky Moizinho e Maria Eduarda Colognesi da Silva.
12:04
July 15, 2020
Jogo de campeonato, corro é pro mato
Um conto de Eddie Silva sobre um campeonato de bairro um tanto perigoso. Sexta-feira, dia de decisão no Bairro da Barreirinha. Nossa esquadra é patrocinada peça por peça: a torrefação de café oferece duas camisas, a fábrica de tintas e a rede hipermercados mais duas. O vereador da região outras quatro. O restante das camisas, brancas ou desbotadas, fica por conta dos próprios atletas. Bem trajado ou não, nosso time está confiante. O jogo, marcado para as três da tarde, será duríssimo, considerada a rivalidade com o adversário. Mesmo jogando no campo deles, não nos amedrontamos. Pelo menos ninguém admitia o medo.
06:11
July 8, 2020
Elo Triangular
Para fins de exercício, resolvemos gravar o conto Elo Triangular, escrito por Jefferson Santos e publicado na segunda edição da revista Editoria Livre. Essa era uma promessa antiga. A falta de tempo, no entanto, foi empurrando a gravação e edição. Finalmente conseguimos gravar e editar. O resultado você confere aqui.
11:51
July 1, 2020
Raul Seixas, o anarquista místico
Raul Seixas nasceu no dia 28 de junho de 1945. Mais de trinta anos após a sua morte, Raul continua sendo referência no cenário cultural brasileiro. Mas, o que será que torna essa figura tão emblemática? Quando começou essa mística? A construção do mito é algo recente ou foi gradativa? Essas e outras questões são levantadas nesta edição especial do Editoria Livre.
30:19
June 25, 2020
Só mate o que for comer
Só mate o que for comer. Meu pai sempre foi enfático sobre o respeito que deveríamos ter à vida animal. Ele dizia que só era permitido matar algum animal se fosse para seu próprio consumo. Um conto de Eddie Silva.
05:22
June 24, 2020
Um lar para o Magrelo
Nesta semana trouxemos um conto do Jefferson Santos sobre um felino sem lar. Esta é uma gravação antiga: "O jovem Júnior saiu da aula um pouco mais tarde que o normal, havia ficado de castigo fazendo uma atividade extra depois que o sinal bateu. No céu uma chuva se formava. Ele apressou o passo. Torcia para que ela não caísse até que chegasse em casa. Não adiantou muito. Os primeiros pingos tocaram sua pele no momento em que ele passava pela praça do cinquentenário. Correu na esperança de que se molharia menos. Contudo, a chuva engrossou quando chegou à Praça dos Cometas. Abrigou-se, junto com mais algumas pessoas, embaixo da marquise da padaria Aurora."
07:19
June 23, 2020
Cadê o seu violão agora?
Quais são os ingredientes para a felicidade? Você já pensou que ela pode estar nas coisas mais simples e corriqueiras? Neste conto de Eddie Silva há uma breve reflexão sobre o assunto.  "Fabinho era o típico moleque que todos os garotos da escola invejavam. Loiro, olhos verdes, cabelos no estilo surfista, bom de bola e tocava violão como ninguém. Nem preciso dizer que, com todas essas qualidades e virtudes, as garotas da escola só tinham olhos para ele. Era o mesmo que você ser bom de futebol na mesma época do Pelé. Nunca chegaríamos aos pés do Fabinho. " O texto completo pode ser encontrado no nosso site. Leitura, Jota Fagner.
06:41
June 17, 2020
Ari e os mancebos
Um conto de Eddie Silva sobre um cara que ainda sonha com seus tempos de glória na adolescência. Era primavera e no calendário marcava dia 25. Cinco dias após o vencimento do aluguel. Como de costume, o reflexo do sol entrava pela fresta da veneziana do pequeno quarto onde Ari tentava dormir o sono dos injustos. O sono era interrompido pelos gritos da criançada indo para escola e pela buzina irritante do caminhão de gás. Era normal ouvir Ari praguejar o motorista do caminhão que não tinha nenhum senso em buzinar todos os dias às 8:57 da manhã. Ari retomava a sua rotina matinal: levantar-se, chutar a caneca de água que deixara no chão na noite anterior, para não precisar levantar se desse sede. Soltava uma série de três “putz” e caminhava ao banheiro onde ele se sentia rei.
05:06
June 10, 2020
Arlindo Azarado
Na edição de hoje, nós teremos mais um conto escrito pelo Eddie Silva. Esse se chama Arlindo Azarado. Nesta edição, excepcionalmente, não traremos a dica cultural da Mariana nem a crônica do Márcio. Estamos nos reorganizando para deixar o formato do programa mais fluido e padronizado.
07:28
June 3, 2020
A crônica do João
E hoje eu trago a crônica do João. Um exercício feito para a disciplina de rádio jornalismo, da época da faculdade. Nessa produção eu tive a participação da Girliani Martins, Fabiana Bagdonas, Natália Frifres, Rodrigo Borba, e Rafael Lopes Faria. Logo em seguida teremos uma crônica escrita e narrada pelo meu amigo Márcio Ribeiro. A crônica não tem título e o autor preferiu que fosse assim.
10:48
May 31, 2020
O castigo vem a balão
Nesta edição trouxemos mais um conto escrito pelo Eddie Silva. Um pequeno garoto resolve soltar balão à revelia das recomendações dadas pelo seu pai. Como será que vai terminar essa história? Logo depois temos a dica cultural da Mariana Mascarenhas. E para finalizar o programa, uma reportagem produzida pela rádio Brasil de Fato.
17:55
May 27, 2020
O Berro do Helipa
Nesta edição nós trouxemos a gravação do primeiro episódio produzido dentro de Heliópolis. A professora Andreia Drska e as crianças que compõe o Berro se manifestam a respeito desse projeto.
21:11
May 22, 2020
Boa noite, Cinderela
Há muito tempo que nós do Editoria pensamos em produzir um podcast semanal. Nunca conseguimos definir o formato, a duração, a periodicidade ou a temática. Aproveitando o período de quarentena, resolvi produzir um piloto e colocar no ar. Neste primeiro episódio você ouvirá a narração do conto Boa noite, Cinderela, escrito pelo Eddie Silva. Para completar, temos também a coluna de dica cultural, produzida pela Mariana Mascarenhas. Agradecimentos a todos os que contribuíram direta ou indiretamente com esta primeira edição. Está esperando o quê? Comece a ouvir o programa e deixe seu comentário.
20:57
May 20, 2020