Skip to main content
Pitoresca

Pitoresca

By Amanda Mol & Stéfany Freu
Diálogos semanais sobre vivências e histórias que nos convidam a aprender, trocar experiências e de quebra, nos divertir bastante - afinal, merecemos né? Amanda e Stefany falam sobre coisas da vida e dividem esse espaço entre episódios quinzenais com temas escolhidos a dedo intercalados com episódios curtinhos com textos de suas autorias. Sim, além de tagarelas as duas compartilham da paixão pela escrita e esses eps. são pílulas de inspiração pro seu dia. Seja bem-vinda à tribo Pitoresca onde sempre cabe mais uma que também acredita na mágica da liberdade de ser quem somos!
Listen on
Where to listen
Apple Podcasts Logo

Apple Podcasts

Breaker Logo

Breaker

Google Podcasts Logo

Google Podcasts

Overcast Logo

Overcast

Pocket Casts Logo

Pocket Casts

RadioPublic Logo

RadioPublic

Spotify Logo

Spotify

#31 Autoconhecimento é meu caminho
Além de autoconhecimento, a gente também poderia chamar essa jornada de reconhecimento. Quando entendemos que carregamos dentro da gente um combo do que existe de mais diverso no mundo e que isso é exatamente o que faz de nós seres ímpares, podemos considerar que demos um passo importante rumo ao nosso propósito. Bem, hoje é dia de olhar com acolhimento para os nossos processos internos e compartilhar como vivenciamos essas descobertas de pouquinho em pouquinho - até porque é exatamente falando sobre isso que mapeamos um tantão de coisa sobre o universo que cabe dentro da gente. www.pitoresca.com.br
01:01:03
March 4, 2021
O que eu sei sobre o mundo não define quem eu sou
É por isso que, pra mim, comunicar tem esse quê mágico de clareza, de considerar que nem todo mundo sabe o que é óbvio pra gente e é exatamente por isso que a gente troca e é através disso que a gente toca o pensamento do outro. É no não saber que a gente desperta, e a melhor parte: é nessa construção de conhecimento que a gente cria possibilidades e atravessa pontes. Não digo aqui que enriquecer nossa própria biblioteca interna de conhecimento nos torne desinteressantes ou monótonos, mas sim que precisamos diversificar essas fontes, enxergar mais tesouros dentro da gente e buscar tanta informação e referências inusitadas a ponto de nos identificarmos, apreciarmos e consumirmos coisas diferentes. Isso não muda o centro das mensagens ou do que almejamos como comunidade, povo ou indivíduo. Isso apenas cria mais caminhos de força e potência para o que é original, além dos convencionais e de senso comum. Leia o texto completo no link: https://sejaimensa.com.br/o-que-eu-sei-sobre-o-mundo-nao-define-quem-eu-sou/
05:16
February 25, 2021
#30 A única certeza da viagem é o perrengue
A melhor parte da viagem é o perrengue - quem concorda, respira e levanta a mão! Vira história pra contar depois, cria os imprevistos mais marcantes e curiosos da rota e é o maior orgulho de qualquer viajante. Se tem uma coisa que a gente gosta de compartilhar e reviver são os probleminhas da viagem e a verdade é que um pouco desse episódio também serve pra matar nossa saudade de embarcar em umas furadas e fazer jus completo ao estereótipo de menina do mato que habita dentro da gente. Vem passear pelo nosso site: pitoresca.com.br
01:10:18
February 18, 2021
Solta esse celular por Amanda Mol
Já faz algum tempo que eu comecei a pensar bastante sobre a quantidade de vida que eu dedicava ao meu celular, fosse com a tela aberta numa rede social, num aplicativo de edição de foto, fotografando meus produtos, ou respondendo corajosamente intermináveis mensagens no whatsapp. Leia no blog: https://amandamol.com.br/parainspirar/solta-o-celular ✌🏼
04:18
February 11, 2021
Uma novidade e tanto, Pitorescas!
Estamos nos sentindo chiques e animadíssimas com essa nova fase do pod! Nosso sofá de conversas começou com duas e hoje sentimos que somos uma baita gang tagarela que não cansa de bater papo e descobrir algo novo, toda semana. Obrigada por nos ouvir, ou melhor, obrigada por compartilhar a conversa com a gente! Agora colá lá no site e já nos conte o que achou:  PITORESCA.COM.BR
01:41
February 4, 2021
#29 Sobre ser pequena em um mercado de gigantes com Mariana Barboza
Nossa convidada da vez é Mariana Barboza, fundadora e designer na Fash & Co. Ela foi precursora em compartilhar a jornada empreendedora da sua marca de bolsas e sapatos do zero em tempo real numa conta no instagram, a Fash & Business. Em 2019 ganhou o 2º segundo lugar do Prêmio Empreendedora Curitibana como reconhecimento local pelo seu projeto. Chique! De lá pra cá, a Mari vem construindo esse sonho com muito carinho pelos detalhes e muita garra, o tipo de coisa que só quem empreende um negócio que ama sabe o gostinho bom que tem!
51:32
February 4, 2021
#28 De parzinho o negócio é mais gostoso! com Par de Vaso
E hoje nossos convidados ilustríssimos são doooois, a Ari e o Marcus, um casalzão de criativos donos da marca Par de Vaso (se você não conhece já vai no IG @pardevaso). E quando eu falo donos quero dizer quem coloca a mão no massa, ou melhor, no concreto, literalmente. Eles criam vasos de concreto com designs belíssimos e puro amor, e ainda ensinam tá? No @pardevasoensina. Hje o papo vai ser dos bons sobre empreender uma pequena empresa, à dois. Quem se identifica levanta a mão! :)
54:12
January 28, 2021
#27 Criar do meu jeito tá de bom tamanho! com Darlís
Hoje, para conversar sobre autenticidade e sobre começar uma marca autoral surfando na imensidão da internet e ainda assim manter a sua arte e linha de pensamento pulsando forte, convidamos a Darlís, uma artista incrível que está trilhando esse caminho com muita coragem e beleza. O papo de hoje é sobre começar pequena e ver que ali mora seu diferencial!
51:40
January 21, 2021
#26 Ser pequena é meu tipo de negócio
Um belo dia nos demos conta de que o caminho que estávamos desenhando em nossas carreiras era de nos mantermos como pequenos negócios! E mesmo com sonhos e ideias gigantes, sermos pequenas em estrutura nunca nos diminuiu - pelo contrário, abraçou ainda mais a nossa essência. Não desejamos uma equipe grande, não estamos num grande centro, não queremos virar franquia. E somos livres pra escolher isso, não somos? Ser pequeno é meu tipo de negócio: essa série é um manifesto sobre empreender com liberdade.
01:08:29
January 14, 2021
#25 Cansada de estar exausta
A gente até tentou gravar esse episódio sobre um outro tema batendo papo sobre coisas pitorescas que marcaram o nosso 2020, mas não teve jeito. E não rolou sabe porque? Porque o cansaço mental não nos deixou, uhum isso mesmo. Estamos cansadas de estar exaustas e confesso que não entendi bem o que aconteceu com dezembro desse ano apocalíptico: não vi passar, me senti sobrecarregada ao cubo, não consegui descansar e acabei cedendo a várias pressões. E pra que afinal de contas mesmo? Para tirar um recesso de 10 dias? Pra acompanhar um ritmo posto como padrão...dezembro é assim? Porque a gente sempre faz isso meu Deus? A gente é o que mesmo, um elástico? Tô cansada, tô exausta mentalmente e acho que você também. E já adianto, só um recesso não será suficiente pra mim. Para esse mundo que eu quero descer.
51:22
December 31, 2020
Pra me dar conta sempre que der por Stefany Freu
Deus me livre de perder o ânimo pelas coisas boas da vida, a vivacidade, o brilho nos olhos, a vontade de existir e fazer. Sei bem que o futuro que vem pela frente depende do que a gente faz e não do que a gente pensa mas ainda sim penso porque isso faz parte da minha existência, me recobra o ar. E escrevo tudo isso com um tom de aconchego e quase nenhum alerta porque aliás um dos meus desejos pro futuro é estar menos alerta e mais disposta a abraçar...
03:18
December 24, 2020
#24 Licença poética para falar de FAMÍLIA
Para muita gente os melhores e piores momentos da vida foram vividos em família, para outras a balança pende mais para um lado ou pro outro mas o que podemos realmente confirmar é que esse laço de relacionamento pode ser dos mais intensos que vivenciamos. Bom, como esse ano não vai rolar Natal com os parentes... parece que temos licença poética para falar sobre família com um pouquinho menos de peso na consciência e aquela dose a mais de sinceridade que o tema merece. Certamente não podemos escolher a família em que nascemos mas podemos abrir a conversa para tentar chegar em um lugar onde essas relações sejam cada vez mais saudáveis e verdadeiras.
01:17:18
December 17, 2020
Não abro mão de sonhar por Amanda Mol
Tô aqui buscando uma palavra que amarre o desfecho de um ano como 2020, refletindo e já ensaiando começar a minha lista de gratidões por essa jornada tão singular. E só me vem uma coisa na cabeça: a liberdade de poder sonhar, de nos permitir essa proeza. Leia no blog: https://amandamol.com.br/parainspirar/nao-abro-mao-de-sonhar/ ✨
04:04
December 10, 2020
#23 Um job: abraçar problema alheio
Não sei de onde eu tiro a ideia de que sempre cabe um probleminha extra na minha pauta. Extra que eu digo, dos outros mesmo. Começa numa conversa de boa, num encontro casual, num desabafo despretencioso, num emoji de carinha triste no whatsapp e quando vê e tô eu abraçada no problema alheio berrando o lema: "deixa essa comigo que essa eu resolvo, te ajudo é nois". O lance é que não tá cabendo na minha vida resolver mais um problema, aliás não cabe nem mais um grampo aqui, mas quando vê já tô eu de novo pegando esse novo job. E porque afinal? Amizade, empatia, ego, vaidade, desejo de aprovação ou medo de rompimentos? Sei lá, só sei que hoje é sobre esse tema que a gente quer conversar e chegar em boas reflexões. E dessa vez temos convidada: Ana Trolezi, empreendedora e estrategista digital na Versa, ela tem um histórico recheado de probleminhas causados por carregar os problemas dos outros, assim como a gente e trouxe reflexões poderosas sobre esse comportamento.
01:03:44
December 3, 2020
Ser só o que dá por Stefany Freu
Me comprometer com isso tudo que é ser mais, mais, mais me parece muito mais desespero e medo de não ser ninguém do que ambição de ser muito. Ser só o que dá me deixa mais tranquila, me faz olhar pro mundo mais como um lugar pra me aconchegar do que um gigantesco vazio que preciso conquistar começando pelas beiradas de mim até me perder no intuito do outro. Saber que cada um tem seu lugar e há lugar pra todo mundo me impulsiona a buscar o meu canto e também me faz saber que o caminho pra chegar lá é ser o que dá sendo o que sou e dá pra ser tudo isso com calma porque o caminho não é chegar. O caminho é descobrir.
02:22
November 26, 2020
#22 Rebobinar é comigo mesmo!
Sabe aquela sensação gostosa de esbarrar com lembranças pitorescas da infância - ou do passado em qualquer altura? A gente particularmente adora fazer mini viagens para recordar e saudar nossas mini versões Teté e Amanda de uns bons anos atrás, e como vocês já sabem que o podcast tem um quê de divã terapêutico pra gente, nada mais justo que compartilhar nossas vivências como material de análise pra gente tirar algumas conclusões juntas - ou só dar risada mesmo! Prepare o coração para um episódio inteiro de reencontros com essas pessoinhas que viviam repletas do abraço que é a simplicidade das pequenas coisas e agora adultas  simplesmente só querem esse calorzinho no peito de volta com algumas boas lembranças e resgates do que realmente importa na vida.
01:08:07
November 19, 2020
Fugi pra montanha
Fugi pro mato, ou melhor pras montanhas. Fui pra Gonçalves, uma deliciosa cidade em MG na Serra da Mantiqueira que ocupa um lugar especial no meu coração. E hoje esse ep. curtinho contará sobre esse rolê pitoresco: pra você guardar essa dica preciosa se também estiver buscando um lugar para pausar. Leia o post no blog: http://amandamol.com.br/viagem/fugi-pra-montanha 🍃
05:06
November 12, 2020
#21 Me deixa ter um dia ruim!
Se você é uma Pitoresca raiz sabe que eu e a Teté somos fãs da Sandy. Sim, dessa mulher incrível e forte que carrega décadas de talento nas costas sem um escândalo pra conta e com uma coerência que não cansamos de admirar. Só que também tem uma outra coisa que envolve o nome dessa artista que nos chama bastante atenção: a conexão da sua persona com o estereótipo de uma perfeição quase sagrada. A Sandy não fala palavrão. A Sandy é sempre feliz. A Sandy não faz cocô. A Sandy não tem dias ruins. Afinal a Sandy é a Sandy, ela não tem do que se queixar. Chamaremos essa loucura que habita tantos pensamentos de "Efeito Sandy" e vamos trazê-lo para nossas vidas. Que perfeição é essa que a gente projeta nas pessoas? Onde estamos com a cabeça quando queremos que o outro seja sempre doce, feliz e saltitante - sem dores e dias ruins?
01:02:35
November 5, 2020
Aquilo que carregamos desde sempre por Stefany Freu
Acredito que nossa essência é o tipo de coisa imutável que sempre arranjará um jeito de dar as caras em tudo que fizermos e se formos livres o suficiente para simplesmente deixá-la solta, ela será como um passarinho que finalmente abraçaremos quando estiver de vento em popa a voar.
03:28
October 29, 2020
#20 Copiar pra quê?
Colocar o que temos de mais precioso no mundo, a nossa expressão criativa que dá vida a algo só nosso, seja o que for, é um processo que contempla também a forma com a qual as pessoas observam e lidam com o que criamos - e cada um encara de um jeito, com isso a gente não se surpreende... Mas temos assistido e sentido na pele, infelizmente cada vez mais, o quanto pode existir uma confusão entre qual parte de uma ideia pertence a alguém e qual parte dela pode inspirar a projeção da ideia de outra pessoa. Esse episódio não é um Manual da Cópia mas um convite à essa reflexão tão importante e relevante pra quem cria.
01:13:03
October 22, 2020
De onde eu vim por Amanda Mol
Semana passada estava limpando o álbum do meu celular e vi uma foto que me fez parar e abrir aquela fenda no tempo que me levou pra longe, muito longe. Esse texto é sobre Memórias. http://Instagram.com/molamanda
03:49
October 15, 2020
#19 Tá corrido mas dá tempo 2.0
Hoje resolvemos resgatar a pauta das nossas vidas abrindo o jogo se aprendemos alguma lição sobre a queda do império da correria. Tá corrido mas dá tempo OU nem vem demanda, sem tempo irmão. De que lado você está?
01:04:05
October 8, 2020
9 lições valiosas que Anne redespertou em mim por Stefany Freu
Leia o texto completo no blog: https://sejaimensa.com.br/9-licoes-valiosas-que-anne-with-an-e-redespertou-em-mim/ Onde comprei meus livros: https://amzn.to/2FR94G9
06:52
October 1, 2020
#18 Como é viver no interior
Hoje finalmente o nome desse podcast vai fazer jus ao tema da conversa. Pitorescas, hoje é dia de falar de vida no interior e te provar que não existe nada mais pitoresco do que isso. Segue a gente no instagram para continuarmos a conversa: @sejaimensa | @molamanda
01:16:01
September 24, 2020
Uma pracinha por Amanda Mol
Sei que já é redundante dizer o bocado de aprendizado que essa fase de distanciamento e de tantas adaptações tem nos trazido. Mas hoje quero partilhar um deles: o quanto sentar em um banco de praça tem me ensinado. Instagram.com/molamanda
03:23
September 17, 2020
#17 Empreender é para todo mundo?
“Tenha o seu próprio negócio, trabalhe com o que você ama, empreenda o seu sonho, seria o fim da era CLT?”. A nossa pergunta de hoje vai direto ao ponto: você acredita que empreender é para todo mundo? Por aqui temos opiniões diferentes, que se contrapõem em vários momentos e andam juntas em outros, por isso resolvemos abordar esse tema em um episódio, abrindo um diálogo sobre algo que nos move todo santo dia, que nos faz levantar da cama hora entusiasmadas hora exaustas, e que nos ensina profundamente, inclusive a compreender que esse corre pode não ser para todo mundo: empreender o próprio negócio. Ficar ou vazar?
01:26:14
September 10, 2020
A metamorfose que é SER por Stefany Freu
As pessoas que me conheceram há 3, 5, 10 ou 24 anos atrás talvez não me reconheçam mais. Mas eu sei muito bem quem eu sou hoje e o que me guiou até aqui para que essa infinidade de transformações não me causasse o cais, não me espantasse da minha missão e do meu lugar e principalmente que não me custasse uma vida vazia. Leia o texto completo narrado nesse episódio clicando AQUI. Por Stefany Freu @sejaimensa
03:40
September 3, 2020
#16 23 PERGUNTAS PITORESCAS que todo mundo deveria responder
Um episódio todinho de perguntas aleatórias e divertidas mas que juntas, dependendo da perspectiva, podem significar muita coisa. Ou não. Segue a gente
01:03:44
August 27, 2020
aqui, exatamente onde estou por Amanda Mol
Recentemente resolvi fazer uma série de vídeos no meu IGTV sobre a história da Loja AM contando porque afinal de contas resolvi empreender meu sonho em Varginha. Essa foi a pergunta que mais respondi nos últimos tempos! Hoje resolvi falar sobre a libertação de perceber que há beleza ao nosso redor, mais perto do que pensamos, debaixo do nosso nariz. Sabe esse lugar que você está neste momento? Ele é o seu ponto de partida. www.instagram.com/molamanda
04:21
August 20, 2020
#15 Exausta de me sentir ansiosa com Rafa Cappai
Chegamos no último episódio da minisérie e só temos uma coisa pra dizer: chega, cansamos de ser ansiosas e já temos ferramentas suficientes para lutar contra isso. Acho que o primeiro passo todo mundo por aqui já deu, que foi tomar consciência de que algo errado estava rolando dentro de nós. Hoje conversaremos com uma mulher que inspira muita gente e que compartilhou com o mundo sobre o seu burnout. Isso não a fez menos empreendedora, tampouco menos multipotencial ou sonhadora. Mas a fez repensar a rota. E é esse diálogo sincero sobre autoconhecimento e mudanças de rota que a gente vai conversar hoje com a tão querida Rafa Cappai. @sejaimensa @molamanda @rafacappai
01:04:05
August 13, 2020
#14 Ansiosa ou rica em hormônios? com Cidinha Ikegiri
Vamos para o nosso terceiro episódio da minissérie CANSEI DE SER ANSIOSA onde a gente está conversando de forma aberta sobre nossos próprios rolês de ansiedade e sobre questões comuns na jornada de tantas pessoas, especialmente as mulheres. Mais uma pressão que a gente quer se livrar né meninas? E hoje nós teremos a alegria de conversar com uma médica ginecologista, dona do carisma mais inconfundível do instagram: a Cidinha! A gente ama a definição da sua bio do IG "Ginecologista e apaixonada por esporte desmistificando tabus do universo feminino" e é exatamente sobre isso que a gente vai bater papo hoje. @molamanda @sejaimensa @cidinha
58:12
August 6, 2020
#13 Doida, ansiosa ou os dois? com Janaína Bacha
Esse é o segundo episódio da série CANSEI DE SER ANSIOSA. Se você ainda não ouviu o primeiro dá uma passadinha por lá pra conhecer nossa jornada com esse sentimento e porque é tão importante pra gente falar sobre esse assunto! Acho que você vai ser identificar com muita coisa… A gente segue a conversa por aqui hoje com a Janaína Bacha e o tema é: doida, ansiosa ou os dois? É isso, mesmo, gente! Hoje temos uma convidada super especial pra enriquecer nossa conversa sobre ansiedade. A Janaína, ou Jana para os íntimos rs, é psicóloga e comunicadora fundadora do Toda Forma de Expressar, um projeto lindo e sensível sobre como manifestamos o que somos ao mundo baseado na comunicação verdadeira. Siga a gente para continuar a conversa: @sejaimensa @molamanda @todaformadeexpressar
01:06:51
July 30, 2020
#12 ANSIOSA, EU? #CanseideserAnsiosa
Lembro de ter 9 anos e na virada de 99 pra 2000 nutrir uma preocupação gigante sobre a possibilidade do fim do mundo. Desde criança, por volta dos 7 anos, eu já sentia dor de barriga por não me encaixar em nenhum grupo da escola que frequentava.  Perdi noites de sono e a ansiedade tomou conta do meu corpo, eu sentia muito medo do que estava por vir. Só de pensar que eu ia ser a última a ser escolhida na queimada ou ia sobrar na hora de formar os grupos do trabalho, eu já não queria sair de casa. Foi a minha primeira vez em uma psicóloga, lembro dela dizer que eu não deveria sofrer por algo que ainda não tinha acontecido - que poderia nem acontecer - e que eu deveria colocar a minha atenção no momento presente. Aos 9 anos não dei conta de processar essa informação e até hoje em muitos momentos não dou conta. Ainda sofro por antecipação bem mais do que gostaria. Eu também e é sobre ANSIEDADE que a gente resolveu conversar nessa mini série, sobre nos colocar contra o tempo e contra nós mesmos. Sobre pensar demais, prever demais, e nos sentir mentalmente exaustas. O papo ficou sério mas tem gente pra nos ajudar, falaremos com especialistas sobre esse assunto. Ansiosa eu? Imagina, serenidade pura. AMANDA MOL e STEFANY FREU
58:51
July 23, 2020
O meu lugar no mundo por Stefany Freu
Não sei se é pela minha própria dificuldade, mas acho bonito demais quem consegue manter uma postura bonita. Daí que eu fico associando isso de consciência corporal a compreensão que a gente tem da gente mesmo. Será que sempre sabemos o ponto em que estamos? Será que é possível garantir uma percepção segura dos nossos mínimos e limites?
02:58
July 16, 2020
#11 O que o instagram me ensinou
eu passo em média 4 horas e meia por dia conectada ao instagram. seja na timeline, passeando pelos stories ou analisando e produzindo conteúdo, o instagram é pra mim um lugar de convivência, conversa, troca e aprendizados - por que não? o papo de hoje é sobre como o instagram nos move ou paralisa, nos abraça ou irrita, nos conta ou esconde e como ele nos ensina. dizem que dá pra conhecer grande parte do mundo através dos posts do instagram; hoje o convite é para conhecer o mundo do instagram daqui de onde a gente vê, de dentro pra fora.
01:01:33
July 9, 2020
Tempo por Amanda Mol
Esta é uma carta para o tempo. Sinto muita surpresa ao me dar conta que chegamos na metade de 2020. E que vivemos um semestre tão atípico assim - inimaginável. É você tempo, a minha inspiração da vez. www.instagram.com/molamanda
03:45
July 2, 2020
#10 É só comigo mesmo?
Passei boa tarde da vida acreditando que certas coisas aconteciam só comigo, juro. Desde bobeiras pequenas do cotidiano, até fatos repetidos que caem no meu colo frequentemente. Tenho sonhos noturnos muito malucos e enigmáticos desde menina, não é possível que seja só eu…Perco chaves com a mesma facilidade com que tomo café e tenho várias histórias com este pequeno objeto, é só comigo? Tenho a sensação que barulhos me perseguem como um ímã, aonde eu vou o barulho chega, alguém aí também acha que atrai os sons irritantes? É sobre coisas pequenas ou não, que chegam como perguntas ou situações repetidas que vamos bater papo hoje. Pode soar estranho, mas que vai ser divertido vai!
01:06:34
June 25, 2020
Como ser mais criativa hoje por Stefany Freu
Como ser mais criativa? Eis a questão e a inspiração que muita gente diz faltar na rotina dos tempos de hoje. Dizem por aí que já existe de tudo no mundo e eu não estou muito distante de acreditar nisso também. Nesse rumo eu acredito mais ainda no poder da autenticidade e dos detalhes de viver a própria vida como fonte criativa, por isso trouxe hoje 5 dicas que me ajudam a tornar esse processo mais fluido e menos doloroso.
05:40
June 18, 2020
#09 Por que a gente se cobra tanto?
Um monstrinho próprio que invalida o que já fizemos para nos pressionar a fazer sempre mais, de outro jeito ou de novo. A autocobrança nos gera dúvidas a respeito do que fazemos e de quem somos sem respeitar o que cabe a nós. www.instagram.com/sejaimensa www.instagram.com/molamanda
53:37
June 11, 2020
A importância da pausa por Amanda Mol
Se tem um assunto que eu adoro refletir é sobre a importância da pausa. Pausar pode ser a cura, ou talvez a tarefa mais urgente que ainda não prestamos atenção. www.instagram.com/molamanda
04:50
May 28, 2020
#08 Podia ter também
Será que o que fazemos nunca é suficiente? Até que ponto precisamos entrar nas demandas dos outros? Sim, são apenas ideias. Mas, sim, elas também nos sobrecarregam.
43:18
May 21, 2020
Uma coisa por vez por Stefany Freu
As vezes o que a gente precisa é se aliviar do peso cotidiano que escolhemos carregar e abrir espaço para a calma se perpetuar também na fluidez dos nosso pensamento. www.instagram.com/sejaimensa
03:12
May 14, 2020
#07 Socorro, faltei essa aula!
Afinal de contas, o que fazer quando a gente não sabe? ou O que a gente deveria saber? instagram.com/molamanda | instagram.com/sejaimensa
53:58
May 7, 2020
Meditação: Iluminando o Corpo. Por Amanda Mol + Casa do Sol
O episódio de hoje é um convite para pausa e autocuidado. Se puder, coloque fones de ouvido: hoje vamos meditar! Esta meditação foi escrita pela Raphaela Ramos (@casadosolyoga) com narração da Amanda (@molamanda). 🧘🏽‍♀️
06:04
April 30, 2020
#06 Emprendedorismo pega?
Quando vi já estava empreendendo. Uma conversa sobre como demos vida aos nossos sonhos transformando ideias em negócios, o início de tudo! Atenção: esse episódio contém perrengues. www.amandamol.com.br / www.instagram.com/imensacria
52:53
April 23, 2020
Uma carta de longe por Stéfany Freu
Sim, a minha mente me leva pra todo canto mas ainda não está programada para sentir presença na pele com alma. Essa coisa com a qual a gente se depara somente quando dois ou mais corpos compartilham o mesmo espaço. www.instagram.com/sejaimensa
03:06
April 16, 2020
#05 Licença poética pra falar de DINHEIRO
Como se manter serena quando o assunto é o saldo do banco ou a fatura do cartão - se é que isso é possível! Prepara o cofrinho e os fones de ouvido e vem conversar sobre DINHEIRO com a gente!
46:56
April 9, 2020
Em dias tristes, escreva. Por Amanda Mol
Me senti culpada por não ser mais produtiva, por sentir medo, vontade de chorar e impotência. E então, fui escrever. Porque escrever, esse sim me rouba angústias. Eis aqui algo que não falha nunca.
03:12
April 2, 2020
#04 Isolamento social: dá pra manter a mente sã?
Estar sozinhas e desacelerar diante da pandemia abriu uma porção de portas internas. De repente, do caos, um infinito de possibilidades!
46:37
March 26, 2020
Para Florescer, Vigor por Stéfany Freu
É muito mais que graça: é uma baita garra!
02:42
March 19, 2020
#03 Se não for pra voltar diferente, eu nem viajo!
Seja uma mini jornada de final de semana ou uma imersão diferentona em outro continente, viajar é uma imensidão de aprendizados - sobre a gente e sobre o mundo, né?
01:04:35
March 11, 2020
Dia de Arriscar por Amanda Mol
Continue seguindo a sua bússola interna. Siga! www.amandamol.com.br
02:05
March 5, 2020
#02 Para cada MEDO uma CORAGEM
Será que precisamos ser corajosas o tempo todo? Qual o problema em assumir estar com medo? Quais são os seus? Medo é o tipo de coisa que não escolhemos sentir mas estamos sempre evitando falar sobre... mas hoje é um dia de papo aberto simplesmente para entendermos que não precisamos ter super poderes sempre. UFA!
45:13
February 27, 2020
#01 Licença poética pra falar de NAMORO
Entre as dores de compartilhar e as delícias da boa jornada de namoros de 3 e 12 anos, em alturas diferentes da vida, dividir as ordinárias escolhas cotidianas com outro alguém nunca fez tanto sentido pra gente!
49:10
February 13, 2020
#0 Tá corrido mas dá tempo! [Episódio Piloto]
Quando perdemos a mão do nosso próprio tempo e nos entregamos ao sistema olímpico de sempre fazer caber mais uma tarefinha no dia custe o que custar? @stefanyfreu & @molamanda conversam sobre a busca pela calma que vive passando pra lá e pra cá.
40:51
January 30, 2020