Punho Podcast

Punho Podcast

By Punho Podcast
Pequenas discussões sobre grandes lutas.
Pra começar: trabalho reprodutivo e divisão sexual do trabalho.

Twitter: @punhopodcast
Instagram: @punhopodcast
Where to listen
Apple Podcasts Logo
Breaker Logo
Google Podcasts Logo
Overcast Logo
Pocket Casts Logo
PodBean Logo
RadioPublic Logo
Spotify Logo
Pulso #11 • Mi cuerpo es mio/Vamos juntas - Krudas Cubensi
Edição dupla do Pulso: duas canções da dupla cubana feminista queer vegana Krudas Cubensi. Saquen  sus ovarios de nuestros ovarios! Saquen sus doctrinas de nuestras vaginas! Matéria da Geledés: https://www.geledes.org.br/las-krudas-cubensi-a-revolucao-feminista-e-autonoma-no-hip-hop-cubano/
09:50
March 6, 2020
Pulso #10 • La Libertà - Giorgio Gaber
Um cantor italiano e a necessidade de mobilização social.  La libertà non è star sopra un albero.  Non è neanche avere un'opinione. La libertà non è uno spazio libero. Libertà è partecipazione!
04:49
September 12, 2019
Extra: A mão esquerda da escuridão e a divisão (não) sexual do trabalho
Esta é a primeira experiência de episódios extras, que trazem comentários sobre obras pontuais.  E começamos com Ursula K. Le Guin e sua fantástica obra A mão esquerda da escuridão. Digam aí o que acham desse formato, principalmente nesse momento de entressafra entre uma temporada e outra. Links: Ouvindo Capivaras Twitter Instagram  
15:57
August 28, 2019
#13 Origens da divisão sexual do trabalho - 3: o "dom natural" das mulheres
Tratar o trabalho reprodutivo como uma vocação natural das mulheres tem uma função social, econômica e política. É o que vemos no terceiro episódio sobre a origem da divisão sexual do trabalho.   Referências:  Calibã e a bruxa, de Silvia Federici (link para baixar o PDF):  http://coletivosycorax.org/livros-traduzidos/   Oficina "Repensar o trabalho reprodutivo hoje":   bit.do/ifspguarulhos  Coletivo Sycorax:  http://coletivosycorax.org/ 
06:34
July 30, 2019
#12 Origens da divisão sexual do trabalho – 2: confinamento das mulheres
 Vamos voltar ao princípio. De onde vem essa separação do trabalho produtivo e reprodutivo? E por que essa divisão é baseada no gênero das pessoas?  Neste episódio, vemos como o processo de implementação do capitalismo trouxe junto a perseguição à autonomia das mulheres. Links: Babel Podcast:  https://anchor.fm/babel-podcast  Teologia de Boteco:  https://teologiadeboteco.com.br/  Oficina "Repensar o trabalho reprodutivo hoje":   bit.do/ifspguarulhos  Coletivo Sycorax:  http://coletivosycorax.org/ 
05:51
July 23, 2019
#11 Origens da divisão sexual do trabalho – parte 1: origens do capitalismo
Vamos voltar ao princípio. De onde vem essa separação do trabalho produtivo e reprodutivo? E por que essa divisão é baseada no gênero das pessoas? Vamos ver que o sexismo como o conhecemos hoje está diretamente ligado à estrutura capitalista de sociedade. Mas vamos ver em pequenas doses. Hoje, falamos sobre as condições básicas para que esse sistema seja implantado: a privatização da terra. Referências: Calibã e a bruxa, de Silvia Federici (link para baixar o PDF):  http://coletivosycorax.org/livros-traduzidos/  Podcast Kanal Marx:  https://soundcloud.com/kanalmarx 
09:16
July 11, 2019
Pulso #9 • Flicts - Desmascarar sua bandeira (e a farsa do orgulho paulista)
Foda-se a bandeira do estado de São Paulo.  Foda-se a bandeira e o hino nacional.  Fascismo enrustido sob as cores do estandarte  velando o ódio ao livre amar e à diversidade!   A defesa imbecil da tal origem, tradição,   Mal disfarça o medo, a insegurança e a desrazão.   O orgulho paulista acoberta, na verdade,   O racista, o recalcado, o frustrado e o covarde.    ANTIFA! ANTIFA!    Desmascarar o facho,   Desmascarar o fascista que é você!   Episódio do ClioCast para entender melhor o que é o tal do 9 de julho dos paulistas:  https://cliohistoriaeliteratura.wordpress.com/2019/07/03/sao-paulo-e-a-memoria-da-revolucao-de-1932/ 
05:27
July 9, 2019
Pulso #8 • Antipatriarca - Anita Tijoux (a música da vinheta!)
Anita Tijoux é uma cantora chilena que cresceu na França após seus pais serem exilados durante a ditadura Pinochet. Vale a pena passar por toda a sua discografia, mas deixo aqui o link para o vídeo da música dessa edição, que é muito potente. Ergue o punho! Antipatriarca:  https://www.youtube.com/watch?v=RoKoj8bFg2E 
03:45
July 4, 2019
#10 Menosprezo intelectual
mansplaining, macho-explicação, palestrinha... o menosprezo intelectual atinge todas as mulheres, mas, aparentemente, umas mais do que outras.
07:28
July 3, 2019
Pulso #7 • Teu pai já sabe? – Punk rock também é pra viado
O ativismo queer da banda Teu pai já sabe? no masculinizado mundo do punk rock. Ergue o punho! Links: Bandcamp da banda:  https://teupaijasabe.bandcamp.com/ 
02:51
June 19, 2019
#9 Sexo faz parte do trabalho doméstico
Sexo é trabalho para as mulheres. O trabalho sexual é uma das obrigações dentro do trabalho reprodutivo. Referência: “Cidadã de segunda classe”, Buchi Emecheta, Editora Dublinense. Links: Olhares Podcast – Mulheres e saúde mental: http://olharespodcast.com.br/ep-032-mulheres-e-saude-mental/ Redes sociais: Twitter:  https://twitter.com/punhopodcast  Instagram: www.instagram.com/punhopodcast 
06:11
June 19, 2019
Pulso #6 • A luta continua (em Angola!)
Música de David Zé, um dos míticos músicos da revolução angolana.  Também foi coordenador do conjunto musical Aliança Fapla-Povo, uma espécie de embaixada itinerante da cultura angolana.  Foi morto durante o golpe-contragolpe fraccionista de 27 de maio de 1977.  Ergue o punho, porque a luta continua!
06:19
June 13, 2019
#8 a comercialização do trabalho afetivo
Como os afetos são encaixados na lógica do trabalho? Profissões associadas ao trabalho afetivo, e atividades que cobram afetividade. E o tal do "você devia sorrir mais". Links: 200 podcasts com mulheres podcasters:  https://medium.com/@AlineHack/200-podcasts-com-mulheres-podcasters-91f4f6b0eda3?fbclid=IwAR2B3EIOkO1irnx_mYZLF_rWUUlIoNdZx22ZOzTMvYgunxcUsxq4rm9rWso  Babel Podcast:  https://anchor.fm/babel-podcast  Episódio sobre carga mental: https://anchor.fm/punho/episodes/6-carga-mental-e44a1h Oficina sobre Calibã e a Bruxa no Centro de Formação e Pesquisa do Sesc, com o Coletivo Sycorax:  https://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/o-livro-da-vez-caliba-e-a-bruxa  Redes sociais: Instagram:  https://www.instagram.com/punhopodcast/  Twitter:  https://twitter.com/punhopodcast/ 
09:06
June 11, 2019
Pulso #5 • Vamo' a portarnos mal – Calle 13
Nos quieren controlar como a control remoto.  Pero la autoridad no puede con nosotros!  Música para ouvir de punho erguido!
04:25
May 30, 2019
#7 trabalho afetivo
Episódio que descreve o que é o trabalho afetivo e como ele recai desproporcionalmente mais sobre as mulheres. Links: Olhares Podcast – Saúde mental:  http://olharespodcast.com.br/ep-032-mulheres-e-saude-mental/  Inscrições para oficina do Coletivo Sycorax "Repensar o trabalho reprodutivo hoje":  https://coletivosycorax.wixsite.com/oponto0itaqua   Punho nas redes: Instagram Twitter
06:40
May 28, 2019
Pulso #4 • I tu, sols tu (três vezes rebelde)
Nesta edição, a música da banda catalã El Diluvi, baseada no poema de Maria-Mercè Marçal. Música para ouvir de punho erguido! O lindo videoclipe:  https://www.youtube.com/watch?v=YDafHsyyTNk  Poema original: Divisa A l’atzar agraeixo tres dons: haver nascut dona, de classe baixa i nació oprimida. I el tèrbol atzur de ser tres voltes rebel. (Maria-Mercè Marçal) 
05:10
May 24, 2019
#6 carga mental
O que é carga mental?  “Mas era só pedir...”  #porramaridos E parem de romantizar a sobrecarga das mulheres nas datas comemorativas! Links: Os quadrinhos da Emma traduzidos pelo Bandeira Negra:  https://www.facebook.com/bandeiranegraanarquismo/photos/a.465331177192249/465331213858912/?type=3&theater  Sobre carga mental:  https://herself.com.br/era-so-pedir-a-carga-mental-das-mulheres/    Punho nas redes: Instagram Twitter
11:51
May 23, 2019
Pulso #3 • Banditismo por uma questão de classe – Chico Science e Nação Zumbi
Músicas para ouvir de punho erguido. Nesta edição, duas músicas em uma: Monólogo ao pé do ouvido + Banditismo por uma questão de classe.  Modernizar o passado   É uma evolução musical.   Cadê as notas que estavam aqui   Não preciso delas!   Basta deixar tudo soando bem aos ouvidos.   O medo dá origem ao mal.   O homem coletivo sente a necessidade de lutar.   O orgulho, a arrogância, a glória   Enche a imaginação de domínio.   São demônios, os que destroem o poder bravio da humanidade.   Viva Zapata!   Viva Sandino!   Viva Zumbi!   Antônio Conselheiro!   Todos os panteras negras  Lampião, sua imagem e semelhança   Eu tenho certeza, eles também cantaram um dia. 
05:57
May 16, 2019
#5 como os países ricos exploram o trabalho reprodutivo das mulheres dos países pobres
Na chamada Nova Divisão Internacional do Trabalho, os países do centro do capitalismo utilizam o trabalho reprodutivo das mulheres dos países da periferia do capitalismo, tanto em seus próprios países como das mulheres em condições de imigrantes. A conquista do espaço no mercado de trabalho das mulheres dos países ricos veio acompanhado da exploração do trabalho das mulheres dos países pobres. Links: Coletivo Sycorax: site , Facebook, Instagram. Editora Elefante: site. Punho nas redes: Instagram Twitter
10:16
May 14, 2019
pulso #2 • Somos Sur - Anita Tijoux com Shadia Mansour
Músicas para ouvir de punho erguido: Somos Sur - Anita Tijoux com Shadia Mansour
04:40
May 8, 2019
#4 wages for housework (salários pelo trabalho doméstico)
Apresentação da campanha WfH – Wages for Housework, suas propostas, algumas de suas bases teóricas e também suas pegadinhas. Links: Entrevista da Silvia Federici aqui. Folheto da campanha aqui. O novo livro da Federici que fala sobre o tema, lançado pela Editora Elefante, aqui. Site do Coletivo Sycorax, que traduziu o livro, aqui. Instagram aqui. Redes: Instagram do Punho. Twitter do Punho.
07:19
May 7, 2019
pulso #1: Mia dolce rivoluzionaria
Músicas para ouvir de punho erguido. “Mia dolce rivoluzionaria”, de Modena City Ramblers
04:30
May 1, 2019
#3 trabalho reprodutivo e o papel do Estado - parte 2
Continuação da discussão sobre como tirar o peso do trabalho reprodutivo das costas das mulheres responsabilizando o Estado. Citações: Olhares Podcast Wendy Goldman – Mulher, Estado e revolução SOF – Sempreviva Organização Feminista Redes: Instagram Twitter
07:06
April 29, 2019
#2 trabalho reprodutivo e o papel do Estado
início da discussão sobre como o trabalho reprodutivo é explorado para a acumulação do capital e a manutenção do Estado, e de como esses poderiam se responsabilizar por esse trabalho.
04:49
April 23, 2019
#1 apresentação e trabalho reprodutivo
um episódio pra testar as ferramentas do app e já aproveitar pra fazer uma apresentação sobre o tema trabalho reprodutivo.  contribuições são bem-vindas!
05:15
April 16, 2019