Trem da Maldade

Trem da Maldade

By Carol Assunção
Conversa sobre vilões de filmes e séries com sotaque mineiro.
Where to listen
Breaker Logo
Google Podcasts Logo
Overcast Logo
Pocket Casts Logo
RadioPublic Logo
Spotify Logo
Não me venha falar da malícia de toda vilã!
Em breve, no Trem da Maldade, um vagão cheio de vilãs Disney e as representações do universo feminino em animações infantis.  Arte: Felipe Bueno
00:56
March 14, 2020
Paixões retóricas com Bonnie e Clyde
"Nós roubamos bancos". (Clyde Barrow) A prova aristotélica do pathos: um filme que abalou a Velha Hollywood numa década revolucionária. REFERÊNCIAS Livros Como a geração sexo-drogas-e-rock n roll salvou Hollywood - Peter Biskind A linguagem cinematográfica - Marcel Martin Dicionário teórico e crítico do cinema - Jacques Aumont e Michel Marie Retórica - Aristóteles Acadêmicas A contracultura e seus impactos no nascimento da Nova Hollywood - Edwaldo Costa e Karla Pereira (UnB) O mal-estar da sociedade americana e sua representação no cinema - Sergio Oliveira (USP) As Duas Faces de Jano em Bonnie e Clyde - Soleni Fressato O Eu impertinente: Romantismo, Eu agonal e filme de gangster - Carla Damiao, Talita Trizoli, Edson Prado, Jadson Silva, Joyce Campos (Grupo Kinosophia - UFG) Amores alucinados: relações de gênero, violência e criminalidade nos Bonnie & Clyde films - Andressa Santos (Unicamp) Cinebiografias ficcionais e a representação da Era Vargas na contemporaneidade - Márcio Negrini e Cristiane Freitas (PUCRS) Projeções retóricas na tela do cinema - (minha tese de doutorado - UFMG) Críticas e reportagens The frightening power of Bonnie and Clyde - Pauline Kael (The New Yorker) Bonnie and Clyde review - Roger Ebert (1967) 50 Years Later: How Bonnie and Clyde Violently Divided Film Critics - Yohana Desta (Vanity Fair) O amor bandido de Bonnie e Clyde - Natália Rangel Bonnie e Clyde, o casal fora da lei que virou lenda nos Estados Unidos - Danilo Cabral Músicas e efeitos sonoros YouTube Audiolibrary O amor é filme Gainsbourg et Bardot Bonnie and Clyde | INA BBC Bonnie and Clyde Trailer Emotion In Motion Theme from Jaws Baccara Parlez-vous français Amor Bandido (Clipe Oficial)
14:15
February 29, 2020
Dia de Maldade, dia de Valentine, dia de Bonnie e Clyde!
O que o casal que revolucionou Hollywood tem a ver com a prova retórica das paixões: o pathos? Liberte seu amor bandido, que em breve você vai entender! Happy Valentine's Day! 
01:06
February 14, 2020
Hoje é dia de maldade! Segunda temporada vem aí!
Personagens listados no ranking dos 50 maiores vilões de filmes de todos os tempos do American Film Institute (AFI).  Dez episódios a partir do dia 14 de fevereiro, não perca!
00:56
January 31, 2020
"Eu sou o Drácula!"
“Só compreendemos a verdadeira dimensão de certos horrores quando nos vemos face a face com eles.” (Bram Stoker) Análise do Drácula no cinema, com visita à exposição "Vampires, de Dracula à Buffy", na Cinemateca Francesa de Paris. REFERÊNCIAS  Livro Le catalogue de l’exposition Vampires à la Cinematheque Française - Ouvrage collectif dirigé par Matthieu Orléan en collaboration avec Florence Tissot. Artigos A construção da tragédia gótica em Dracula de Bram Stocker - por Cristiane Perpetuo de Souza Silva e Alexandre Martins Soares Apontamentos sobre a transposição do romance para o filme Drácula de Bram Stocker - por Erika Savernini Autópsia de um vampiro: a trajetória midiática de Drácula em seis filmes - por Rodrigo Carreiro e Filipe Falcão Da representação linguística à exacerbação iconográfica: as várias faces do Vampiro Drácula na literatura, cinema e televisão - Jonathas Martins Nunes, Carlos Félix Drácula de Bram Stocker: o protagonista imortal - por Iliane Tecchio e Tarine Maia Drácula, o imortal do cinema: uma arqueologia das encarnações do famoso vampiro no audiovisual - por Yuri Garcia Drácula viajante: questões de geografia e fronteiras - Sérgio Luiz Prado Bellei Vlad Tepes el empalador, el Dracula historico - por Covadonga Valdaliso Obra do professor Patrick Charaudeau Audiodoc Bram Stoker (1847-1912) : dans l'ombre de Dracula - Avec : Philippe Chassaigne, professeur d'Histoire contemporaine à l'université Bordeaux 3 ; Noel Dobbs, arrière-petit-fils de Bram Stoker ; Jean Marigny, professeur émérite de l'Université Stendhal à Grenoble en littérature anglaise et américaine, spécialiste du mythe du vampire ; Alain Pozzuoli, écrivain, auteur de La Bible Dracula : le dictionnaire des vampires et de Bram Stoker, Dracula et autres chefs d'oeuvre ; Dacre Stoker, arrière-petit-neveu de Bram Stoker, auteur de Dracula l'immortel, suite officielle de l'œuvre de Bram Stoker. Lecture et traduction William Fahey. Un documentaire de Céline du Chêné. Réalisation : Marie-Ange Garrandeau. Mixage : Alain Joubert. Archives INA : Arnaud Plançon. Documentation et recherche internet : Annelise Signoret. Collaboration : Suzanne Saint-Cast. Músicas e efeitos sonoros Youtube Audiolibrary BBC Sound Effects Josephine Baker - Paris...Paris, 1949 Bela Lugosi I am Dracula Nosferatu filme completo legendado
18:33
December 20, 2019
Hannibal, o canibal!
Conversa sobre o médico-monstro Hannibal Lecter, a partir da interpretação do ator Anthony Hopkins em "O silêncio dos inocentes"(1991), de Jonathan Deme. Participação da doutora em Direito Carolina Costa Ferreira, pesquisadora em ciências criminais. Canibalismo, antropofagia e sedução! REFERÊNCIAS Livro VOGLER, Christopher. Jornada do escritor. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1998 Artigos Entrevista de Thomas Harris ao The New York Times - por Alexandra Alter O ogro no espelho: Hannibal Lecter e o mito do homem selvagem - por Marina Oliveira e Rosane Cardoso Serial killer: o novo herói da pós-modernidade - por Miriam Gorender A imagem do psiquiatra em filmes ganhadores do Prêmio da Academia entre 1991 e 2001 - por Maria Thereza Bonilha, Jair Mari e José Quirino Hannibal Lecter como ejemplo de personaje transmedia: un estudio de caso - por José Manuel Ruiz Martínez Crítica de "O silêncio dos inocentes" - por Pablo Villaça  Vídeos Entrevista com Anthony Hopkins Entrevista com Jodie Foster (BFI) Sobre Hannibal Lecter e Atticus Finch (AFI) Músicas e efeitos sonoros Youtube Audiolibrary Free sound Trailer do filme "O silêncio dos inocentes" Silence of the lambs - best scene
16:21
November 29, 2019
O ethos do Coringa
Como funciona a prova retórica do ethos no Coringa de Joaquin Phoenix? Contextualização, referências, representações e significados. REFERÊNCIAS Livros AMOSSY , R. (org.) As imagens de si no discurso - a construção do ethos.  São Paulo: Editora Contexto, 2005. ARISTÓTELES. Retórica. Tradução e notas de Manuel Alexandre Júnior. Estudos Gerais - Série universitária – Clássicos da filosofia. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 2000. ARISTÓTELES. Poética. Tradução, prefácio, introdução, comentário e apêndice de Eudoro de Sousa. Porto Alegre: Editora Globo, 1966. JENKINS, H. Cultura da convergência. São Paulo: Editora Aleph, 2009. MARTIN, M. A linguagem cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, 1990. ROSENFELD, Anatol. Cinema: arte & indústria. São Paulo: Perspectiva, 2009. Pp.11-48; 200-264. Artigos Anomia, outsiders e identidades no tempo presente através de Batman: A Piada Mortal - por Thiago Monteiro Bernardo O imaginário e a imagem do mal do vilão Curinga na novela gráfica Asilo Arkham - por Mônica Lima de Faria Observatório do Cinema  Vídeo Arlequin : aux origines du mythe du JOKER ? - 1986 (INA - Institut National de l'Audiovisuel) Músicas e efeitos sonoros Youtube Audiolibrary A full story of Joker laughs Trailer do filme Coringa Trailer do filme Um estranho no ninho Taxi Driver (5/8) Movie CLIP - You Talkin' to Me? (1976) HD Money - Pink Floyd HD (Studio Version) As melhores vinhetas de abertura de filmes reunidas
15:34
November 15, 2019
A retórica dos vilões
Como definir vilões? Por que os amamos? Como funciona a construção retórica de um personagem "do mal"? REFERÊNCIAS ARISTÓTELES. Retórica.  Tradução e notas de Manuel Alexandre Júnior. Estudos Gerais - Série universitária – Clássicos da filosofia. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 2000. AUMONT, J.; MARIE, M. Dictionnaire théorique et critique du cinéma. Paris: Nathan, 2001. GUTLEBEN, C.; HILDEBRAND, K. Le méchant à l’écran – les paradoxes de l’indispensable figure du mal. Nice : L’Harmattan, 2013. p.2-45 JOHNSTON, O.; THOMAS, F. Les méchants chez Walt Disney. New York: Dreamland éditeur, 1995. MCKEE, Robert. Story – substância, estrutura, estilo e os princípios da escrita de roteiro. Curitiba: Arte & Letra, 2006. PETCH, Thierry. Des méchants, s’il y en a. La voix du regard, n.13 automne 2000, p.88-89. VOGLER, C. A jornada do escritor: estruturas míticas para escritores. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006. Músicas e efeitos sonoros Youtube Audiolibrary A full story of Joker laughs Trailer do filme Coringa Star wars original 1980 i am your father HD Senhora do Destino: Nazaré Tedesco
08:10
November 1, 2019
Hoje é dia de Trem da Maldade!
O podcast que vai te explicar tudo sobre vilões em narrativas audiovisuais, numa viagem por cinema, TV e plataformas on-line!
01:00
November 1, 2019