Debate de Bolso

Retrô #8: Esportes de Luta

An episode of Debate de Bolso

By Pouco Pixel
About
Papo cabeça sobre assuntos que saem do bolso
Papo cabeça sobre assuntos que saem do bolso
debatedebolso.com
Um bilhete :(
Um recadinho dos hosts neste derradeiro episódio: muito obrigado por este ano de conversas sobre temas aleatórios. Foi demais.
06:48
April 10, 2018
#26: Como conversar com um fascista
Cada vez mais temos que conviver com extremistas - na internet, principalmente, mas no "mundo real" também. O que fazer com eles? Debatemos sobre o desafio de se manter tolerante e ao mesmo tempo não colaborar com a escalada fascista. Qual a melhor estratégia: debater com o intolerante, ridicularizá-lo ou simplesmente ignorá-lo? E, afinal, o que é o fascismo?
56:18
April 3, 2018
#25: Privacidade Online
Informações sobre os consumidores são o combustível fundamental da publicidade há quase 100 anos, mas as redes sociais tornaram isso evidente demais. Conversamos sobre o incômodo geral com a quantidade inédita de dados que empresas como Facebook, Google, Amazon e Apple têm de seus clientes. São só anúncios ou toda essa informação tem potencial para prejudicar de verdade as pessoas?
52:57
March 27, 2018
Retrô #8: Esportes de Luta
Por que tanta gente gosta de esportes de luta? Aliás, luta é esporte? Conversamos sobre artes marciais, o motivo de existirem e por quê são tão fascinantes. Lutas são realmente só sobre violência ou tem algo mais ali envolvido? Qual o papel de figuras como Bruce Lee e Muhammad Ali? O que aconteceu com o boxe, soberano dos ringues do século 20, que de repente se viu destronado pelas MMA?
34:30
March 20, 2018
#24: O que é educação
Uma das muitas coisas que a escola não ensina é o que é educação. Tentamos resumir, em parcos vinte minutos, talvez o tema mais importante de todos: qual o papel que a escola deveria ter? Será que, em um país tão pobre e desigual como o Brasil, é possível o luxo de se perseguir uma educação que não seja orientada para o trabalho? Ou a ideia de uma educação abrangente, que insira pessoas no centro da cultura, conseguiria resolver de maneira mais profunda nossos imensos desafios sociais?
49:22
March 13, 2018
#23: Criptomoedas
Do nada, um anônimo sabe-se lá onde começa a distribuir arquivos de computador que as pessoas dizem ter valor e até mesmo aceitam em troca de mercadorias. Exatamente como dinheiro! Como assim? Neste episódio falamos sobre criptomoedas e sua relação com uma palavrinha tão simples quanto poderosa: "confiança". Moedas emitidas por governos são entidades especiais ou, assim como bitcoins, são meras convenções que podem ser mais ou menos eficazes? Por que o real é relativamente estável e seus antecessores, o cruzeiro e o cruzado, desvalorizavam mais de 30% todo mês? Barras de ouro valem mesmo mais que dinheiro?
59:36
March 6, 2018
#22: Paz social
De tempos em tempos, sentimos que vivemos em um barril de pólvora prestes a explodir. Revisitamos o conceito de "paz social"e tentamos entender o que fez tanta gente aplaudir a ida do exército às ruas do Rio de Janeiro. Qual a relação entre desigualdade social e violência? Como reconstruir o contrato social brasileiro, após a ruína econômica do governo Dilma e a sanha de quebra de direitos do governo Temer?
48:16
February 27, 2018
#21: Tecnologia
Vivemos em um mundo tão imerso em tecnologia que muitas vezes nem a reconhecemos. Que ela tenha modificado totalmente a vida na Terra, é inegável; mas será que ela irá conseguir resolver todos os problemas da humanidade? Debatemos sobre a fé na tecnologia e sobre o poder transformador da evolução técnica e científica. A tecnologia é sempre neutra? Forças econômicas ou ideológicas são capazes de impedir ou diminuir o impacto de determinadas descobertas? Com a tecnologia causamos ou resolvemos mais problemas?
50:34
February 20, 2018
#20: Homem vs. artista
O que fazer quando um artista que admiramos tem, em sua vida privada, comportamento reprovável? Discutimos a difícil separação homem-artista: o quanto das atitudes do criador interferem na reputação de sua arte? Como seguir apreciando a obra de uma pessoa que condenamos sem que isso pareça endosso? E mais: é possível ver excelência formal em criações artísticas que refletem valores "suspeitos" de suas épocas? O que o Jaspion tem a ver com tudo isso?
1:03:37
December 12, 2017
#19: Neutralidade de rede
Fundamental que é, o acesso à internet deveria ser regulado pelo Estado. É isso mesmo? Debatemos a neutralidade de rede, o conceito segundo o qual as operadoras de telefonia devem fornecer acesso total e irrestrito a todos os conteúdos, para todos os consumidores, com a mesma qualidade. Internet já é um item essencial à cidadania? O que acontece quando provedores de acesso podem definir os sites e serviços que seus clientes podem ou não consumir? Você pagaria por uma internet gold premium prime personnalité?
1:02:04
December 5, 2017
Retrô #7: Escola Sem Partido
De uns tempos para cá muita gente tem tentado emplacar leis que impeçam professores de fazerem "proselitismo político" em sala de aula. Isso faz mesmo sentido? Debatemos sobre o movimento Escola Sem Partido: quais são os seus pressupostos e no que eles realmente implicam? Existe algo como educação "ideologicamente neutra"? Quais os perigos de um vigilantismo oficial no ambiente escolar?
27:38
November 28, 2017
#18: Trabalho
Entrou em vigor a nova lei trabalhista, que teoricamente tenta adequar o papel do Estado às novas e modernas relações de trabalho. Será mesmo? Discutimos essa visão cada vez mais comum de trabalho: menos segurança e compromisso, mais realização pessoal e liberdade. Essa nova ideologia faz sentido para todos os tipos de trabalhadores? Ou seria mero discurso bonito e wishful thinking? O que o Estado pode fazer para proteger quem não tem mais que a força de seu trabalho para sobreviver?
1:04:14
November 21, 2017
#17: Ensino religioso
Está sendo discutida a inclusão do ensino religioso no currículo mínimo do ensino brasileiro. Recentemente, o Supremo Tribunal Federal autorizou escolas públicas a 0ferecerem aulas de religiões específicas, o chamado "ensino confessional". Pegamos os dois ganchos para debater educação religiosa. Ela precisa fazer parte do currículo mínimo? Ensino confessional faz sentido na rede pública? Aulas sobre várias religiões, ecumênicas ou de história da religião são realmente viáveis ou são ajustes políticos para inglês ver?
52:08
November 14, 2017
#16: Assédio sexual
Não é elogio, não é galanteio, não é charme. O nome é "assédio sexual" e infelizmente é mais comum do que a gente imagina. Usamos os recentes episódios de empresários, políticos e celebridades denunciados por assediarem sexualmente colegas e funcionários para discutir causas e soluções desse problema. Por que as vítimas têm tanta dificuldade de levarem seus casos a público? Quais são as complexas relações de poder envolvidas? No quê a sociedade, em geral, e os homens, em particular, precisam mudar?
55:21
November 7, 2017
#15: Bullying
De tempos em tempos acontecem tragédias ocasionadas por um comportamento muito familiar a todos que já frequentaram escola: o bullying. Discutimos as causas desse tipo de violência e, principalmente, a reação da sociedade a ela. De algo virtualmente ignorado nos anos 80 e 90, o bullying tornou-se intensamente discutido e combatido. O que houve? Como tornar nossa sociedade ainda mais intolerante ao bullying? E mais: falamos alguma coisa sobre os Beatles e esperamos que a menção a eles neste texto aumente o número de ouvintes. Será que vai funcionar?
45:07
October 31, 2017
#14: MBL
Quem são esses caras que, de 2014 pra cá, estão envolvidos em praticamente todas as movimentações da política brasileira? Em 20 minutos, tentamos destrinchar o MBL: de onde ele veio? O que ele quer? É um movimento de bases ideológicas consistentes... ou só quer gerar sensação nas redes sociais?
42:22
October 24, 2017
#13: Censura
A última moda no Brasil é censurar: tudo é imoral, ofensivo, perigoso, e deve ser calado, suprimido. Mas por que o brasileiro está passando por uma fase tão autoritária? De onde veio essa repentina vontade de censurar?
47:26
October 17, 2017
#12: O que é arte?
Em uma época em que virtualmente toda obra de arte é questionada, da mais nova à mais antiga, debatemos: o que é, afinal, arte? O que torna determinadas manifestações da expressão humana artísticas e outras, não? O foco da discussão deve estar na produção em si, no artista ou no grande contexto criador-crítica-público? Arte é técnica, intenção ou recepção?
1:18:26
October 9, 2017
Retrô #6: Apreciação de arte
Existe uma maneira certa de se apreciar arte? Mostramos o quanto a camada meramente sensorial da fruição artística pode ser amplificada quando combinada com bagagem intelectual. Quão profundamente precisamos conhecer história, história da arte e filosofia para poder tirar prazer da arte? A técnica liberta?
26:53
October 3, 2017
Retrô #5: Por que prendemos?
Se a prisão é uma maneira de ressocializar criminosos, por que nos escandalizamos quando ex-presidiários famosos voltam a trabalhar? Conversamos sobre a profunda divergência entre a teoria criminal, inclinada para a reabilitação, e a opinião pública, que é francamente punitivista. E, afinal, o sistema prisional brasileiro consegue cumprir seu objetivo recuperador?
27:06
September 26, 2017
Retrô #4: O que é música clássica
Das chamadas "grandes artes", muito provavelmente a música clássica é a mais enigmática, a mais distante. Por quê? Traçamos a história da música desde a invenção da notação, na Idade Média, e tentamos descobrir os pontos de clivagem que fizeram surgir uma música popular que engoliu todo o público. O que, afinal, tanto diferencia a música escrita da música baseada na prática instrumental/vocal? É possível reconectar a música clássica à massa?
41:55
September 19, 2017
Retrô #3: Beatles
Por que os Beatles são costumeiramente apontados como a maior banda de rock de todos os tempos? Relembramos a carreira do quarteto de Liverpool e tentamos entender quem influenciou mais quem: os Beatles são filhos da contracultura ou a contracultura é filha dos Beatles? Bônus: o Restart poderia ser os Beatles brasileiros?
30:47
September 12, 2017
Retrô #2: Ensino público vs. ensino privado
A educação brasileira, desde suas origens no século 19, está em permanente conflito particular vs. público, elitista vs. universal. Tentamos entender a origem dessa dicotomia tão incômoda e paralisante. Famílias de maior renda pagam um caro ensino fundamental privado porque querem que seus filhos entrem em universidades públicas. Já estudantes de colégios públicos são estimulados a entrarem em faculdades particulares. Existe meio-termo possível?
23:48
September 5, 2017
Retrô #1: Ateísmo e preconceito
"Você pode ter a religião que quiser; mas tem que ter alguma." Por que o ateísmo incomoda tanto? Tentamos entender o fato da tolerância religiosa, conquista recente e muito celebrada, ainda não se aplicar totalmente àqueles que não têm religião. Quais são as bases do preconceito contra ateus? Por que se fala tão pouco sobre isso?
34:07
August 29, 2017
#11: Neonazismo
Violentos protestos de grupos supremacistas brancos nos Estados Unidos reacenderam o debate sobre o neonazismo. O quê, afinal, faz pessoas aderirem a ideologias baseadas em ódio racial e xenofobia? Tentamos descobrir o nexo do surgimento de grupos neonazistas em países de tradição democrática como EUA e França. O que eles reivindicam? Como impedir o avanço desses movimentos?
48:54
August 22, 2017
#10: Voto distrital
Toda vez que falam em reforma política, o método de se eleger o Legislativo é questionado e a proposta de voto distrital vem à tona. Esclarecemos o que é uma eleição legislativa e discernimos entre os modelos proporcional (que existe hoje) e majoritário (distrital)? O que é o tal "distritão"? Que riscos correremos se mudarmos mesmo de modelo? Quais são, afinal, os problemas que queremos corrigir?
57:27
August 15, 2017
#9: Envelhecer
Em um mundo em que identidade é definida pelo trabalho, qual o papel de quem não tem mais idade para trabalhar? O que fazer com os profissionais mais velhos? Como lidar com a dicotomia entre as necessidades de manter idosos ativos e, ao mesmo tempo, de retirar-lhes protagonismo, para que outras ideias e visões de mundo sigam renovando a sociedade?
53:57
August 8, 2017
#8: Empreendedorismo
Se anos 80 o sonho era conseguir um emprego estável em uma "múlti", nos anos 2010 o lance é abrir uma startup. Tentamos entender o fenômeno do empreendedorismo e descobrir: essa é uma narrativa que veio para ficar? Qual a influência do culto ao empreendedor sobre posições ideológicas e decisões políticas das novas gerações? O quanto o papo de startupeiros, aceleradores e investidores tem de mistificação?
54:21
August 3, 2017
#7: Conteúdo de qualidade exige recursos
Ah, a internet! Lar do nicho e do cauda longa! Terra da oportunidade, na qual qualquer pessoa talentosa pode alcançar o sucesso... mas quem consegue de fato? Tentamos entender o motivo do lendário "conteúdo de qualidade" ser tão raro na internet quanto na TV. Existe uma maneira economicamente sustentável de se produzir programação fora do padrão? O nicho é uma utopia, viável somente para diletantes e ganhadores da loteria? O povo gosta mesmo é de porcaria?
40:23
July 27, 2017
#6: Monopólio estatal da violência
Um dos pilares do estado democrático de direito é o monopólio estatal da violência. Cidadãos comuns dependem do estado para se defenderem. Mas ele cumpre bem esse papel? Ou ele abusa? Discutimos se o aparelho repressor do estado é tão neutro e imparcial como deveria ser, discutimos casos de violência policial e esboçamos alternativas - elas existem?
56:46
July 20, 2017
#5: Democracia representativa
Se Temer cair, o Brasil terá seu terceiro presidente em três anos. Sintoma de um sistema político nada saudável. Esboçamos diagnóstico e tratamento para o nosso estado democrático de direito. Ajuste no calendário eleitoral, reforma política, democracia direta plebiscitária, legislativo aleatório temporário... o que podemos fazer para o país retomar certa estabilidade institucional?
1:02:57
July 13, 2017
#4: Representatividade feminina
Finalmente, um filme de super-heroína. Quem nasceu primeiro: uma sociedade com mais representatividade feminina ou filmes blockbuster protagonizados por mulheres? O quanto a cultura pop pode ajudar minorias a terem mais voz na sociedade?
48:10
July 6, 2017
#3: Subsídio ao Carnaval
O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, quer diminuir o uso de dinheiro público no Carnaval. Debatemos se realmente faz sentido que o estado ajude a financiar eventos que, apesar da origem popular, já se tornaram massificados e comerciais. Será que o Carnaval carioca - pelo menos em sua manifestação super profissional e midiática, o desfile das escolas de samba - precisa mesmo de ajuda da prefeitura?
45:24
June 29, 2017
#2: Parada Gay
Na semana da Parada do Orgulho LGBT, a.k.a. Parada Gay, recapitulamos o legado do evento: teria a causa LGBT se incorporado de maneira bem-sucedida à pauta da sociedade? Empresas patrocinarem e aproveitarem comercialmente a Parada é deturpação ou sintoma positivo? Quais os paralelos com a Marcha para Jesus, evento tradicionalmente próximo?
45:15
June 22, 2017
#1: Cracolândia
Na estreia do Debate de Bolso como podcast independente, tentamos entender o fenômeno da cracolândia. O que ela representa para quem está lá? Trata-se de um fenômeno somente médico? Internações compulsórias realmente funcionam? O que poder público pode fazer? E mais: respostas improvisadas para perguntas aleatórias!
50:49
June 15, 2017
#0: Combo
No episódio piloto do Debate de Bolso, uma recapitulação de três debates sobre política originalmente veiculados no Pouco Pixel: tentamos entender Jair Bolsonaro, posicionamento ideológico e ~protestos com baderna~.
1:28:43
June 7, 2017
Make your own podcast for free with Anchor!